Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Os jovens, a pandemia e o vestibular

Os jovens, a pandemia e o vestibular

08/03/2022 Ivo Carraro

Não tem outro jeito: lavar as mãos continuamente, álcool em gel, máscara e afastamento social.

Os jovens, a pandemia e o vestibular

Trata-se de um imperativo que deverá ser seguido à risca para que a humanidade se proteja do flagelo em que foi acometida: a pandemia. O distanciamento social é o que mais compromete a saúde mental, pois envolve questões emocionais que originam uma realidade psíquica criando estados de ansiedade, insegurança, medo e estresse.

Diante deste mundo de incertezas, os jovens ainda precisam vencer um dos maiores obstáculos de suas vidas: o vestibular. É possível que o concurso seja o primeiro revés vivido por muitos.

Inúmeros deles concebem o vestibular como uma grande ameaça, um perigo surgido no caminho. O medo de não ser aprovado, a cobrança da família, a resposta aos amigos, a alta concorrência para o curso superior pretendido, a postergação da realização do concurso tendo em vista a pandemia, aulas remotas etc., desenvolvem neles um estado emocional alterado que lhes compromete o sono, faz surgir impaciência, provoca oscilações cardíacas e um desespero diante da possibilidade de que os conteúdos estudados não sejam suficientes. Enfim, eles estão diante de uma avalanche de incertezas.

Há de se compreender que o concurso vestibular não é uma fera que vai devorar os vestibulandos. Um bicho de “sete cabeças”, como se diz. Trata-se de um teste composto de perguntas cujas respostas estão arquivadas no cérebro ao longo de toda a vida estudantil. É como um computador que dispõe de arquivos selecionados com as informações ali registradas e que poderão ser resgatadas quando assim se desejar. Assim é o vestibular. Um resgate do conhecimento arquivado ao longo dos anos de estudos nos ensinos fundamental e médio.

Acontece que os arquivos com os conteúdos adquiridos durante os anos de estudo estão guardados nas memórias de longo prazo do cérebro, e que muitos deles solicitados por ocasião do vestibular são acessados, obrigatoriamente, pela porta do emocional.  Toda experiência humana entra e sai por essa porta. Daí o controle das emoções nos dias que precedem a realização do concurso. Se por força da ansiedade a porta estiver fechada, o concurso vestibular estará comprometido, e o candidato experimentará o famoso “branco”, ou seja, os conteúdos arquivados na memória de longo prazo não serão acessados.

Muitas são as orientações para administração do emocional nessas circunstâncias, véspera do concurso. Aqui serão indicadas apenas três delas para tirar o vestibular do foco das atividades cerebrais e, assim, reduzir a ansiedade reinante. A primeira diz respeito ao encontro com os amigos respeitando, evidentemente, os protocolos de segurança. Tal atitude estimula o cérebro a produzir a ocitocina, um hormônio que é produzido nas relações humanas de amizade, e que tanto faz falta no afastamento social em tempos pandêmicos. A segunda orientação é a que se caracteriza como “levar o cérebro a passear” em lugares ligados à natureza.  O verde das plantas faz parte da história humana e contribui significativamente para o equilíbrio emocional. Sem as plantas, a possibilidade da baixa autoestima, da depressão, da insegurança. Por último, reviver em sentimento e pensamento os lugares simbólicos que habitam as profundezas da mente e que trazem suaves e boas recordações como, a casa da vó, os brinquedos dos tempos de infância guardados com carinho, as festas de aniversário, as celebrações de final de ano etc.

A todos os jovens que buscam aprovação nos vestibulares neste ano, os desejos que acreditem no sucesso. ACREDITAR: O primeiro passo para criar uma nova realidade na vida.

Pense nisso!

* Ivo Carraro é professor, psicólogo e orientador educacional do Curso Positivo.

Para mais informações sobre Jovens clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Central Press



A educação é o caminho da liberdade

O atendimento socioeducativo ao adolescente em conflito com a lei é um desafio e necessita de um olhar resiliente e reflexivo, visto que é considerado um momento oportuno de mudanças.


Não são apenas números

Vinte e duas redações receberam nota mil, 95.788, nota zero, e a média geral de 634,16.


Enem divulga datas das provas para os estudantes em 2022

As inscrições começam no dia 10 de maio e se encerram no dia 21.

Enem divulga datas das provas para os estudantes em 2022

Projeto incentiva o plantio de 1 bilhão de árvores em Minas Gerais

Conspiração Mineira pelo Plantio de Árvores é apresentada pela ACMinas.

Projeto incentiva o plantio de 1 bilhão de árvores em Minas Gerais

Olimpíada Mirim de Matemática abrange alunos do 2º ao 5º do fundamental

Essa é a primeira competição nacional a incluir estudantes tão novos.

Olimpíada Mirim de Matemática abrange alunos do 2º ao 5º do fundamental

Enem 2021: 22 estudantes tiraram nota máxima na redação

Correções detalhadas podem ser conferidas na internet.

Enem 2021: 22 estudantes tiraram nota máxima na redação

Webinar gratuito apresenta oportunidades de estudo e trabalho na Irlanda

Evento será transmitido pela SEDA College, no dia 12 de abril.

Webinar gratuito apresenta oportunidades de estudo e trabalho na Irlanda

MEC lança projeto para aproveitamento de estudos de cursos técnicos

Primeira turma do curso de aperfeiçoamento tecnológico será em julho.

MEC lança projeto para aproveitamento de estudos de cursos técnicos

Inscrições para cursos técnicos gratuitos pelo Trilhas de Futuro vão de 7 a 25 de abril

Além da formação profissional gratuita, o Governo de Minas fornece ajuda de custo para transporte e alimentação dos alunos do programa, que chega a sua segunda edição.

Inscrições para cursos técnicos gratuitos pelo Trilhas de Futuro vão de 7 a 25 de abril

Governo de Minas oferece curso gratuito de programação e tecnologia

TecPop Minas, programa da Sede-MG que amplia as políticas de inclusão digital e capacitação profissional, se une a startup para formação de desenvolvedores.


CBCA abre inscrições de concursos para estudantes de engenharia e arquitetura

Vencedores de ambas as áreas dividirão prêmio de R$ 10 mil entre equipe participante e professor orientador.


A pandemia revelou o futuro da educação

No princípio da pandemia, era o caos.

A pandemia revelou o futuro da educação