Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Pelo segundo ano consecutivo, Colégio Santo Agostinho é 1º lugar em Medicina na UFMG

Pelo segundo ano consecutivo, Colégio Santo Agostinho é 1º lugar em Medicina na UFMG

29/04/2021 Divulgação

Além disso, são centenas de estudantes aprovados nas principais universidades do país.

Pelo segundo ano consecutivo, Colégio Santo Agostinho é 1º lugar em Medicina na UFMG

Mais uma vez, os alunos das quatro unidades do Colégio Santo Agostinho tiveram um desempenho de destaque no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e nos vestibulares.  Em uma checagem inicial feita pelo Colégio, na edição de 2020, até agora, são 401 aprovações nas principais universidades do país, como a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Universidade de São Paulo (USP), Universidade de Campinas (Unicamp), Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (IBMEC), Pontifícia Universidade Católica (PUC), Faculdade de Minas (FAMINAS BH), entre outras. Foram 126 alunos que atingiram notas entre 880 e 980 na redação.

O primeiro lugar em Medicina da UFMG é, pelo segundo ano consecutivo, do Colégio Santo Agostinho. Além disso, outros estudantes conquistaram os primeiros lugares em Ciência da Computação, Matemática Computacional, Engenharia de Sistemas, Engenharia de Produção, Gestão de Serviços de Saúde e Ciências Econômicas. Em outras universidades do estado, o Colégio Santo Agostinho foi destaque como o primeiro lugar em Engenharia Agrícola e Ambiental, na Universidade Federal de Viçosa (UFV).

A ex-aluna Ana Luiza França, primeiro lugar em Medicina na UFMG, se formou na 3ª série em 2020 e era aluna do Colégio desde os cinco anos. “Eu queria muito agradecer ao colégio, porque tudo o que eu consegui alcançar foi por causa do apoio, dedicação e disposição dos professores e de toda a equipe nesses 13 anos. Foi muito importante pra mim. Todos estiveram muito dispostos a me ajudar e sempre me encorajaram a fazer o meu melhor”, diz Ana Luiza.

O adiamento do Enem 2020 permitiu aos estudantes do Colégio Santo Agostinho se aprofundarem até o mês de janeiro deste ano na revisão dos conteúdos do Ensino Fundamental e Ensino Médio, que compõem a matriz de referência do Enem. Foram realizadas aulas temáticas, com conteúdo de maior recorrência no exame, monitorias com foco na resolução de questões, correção de produção de texto, técnicas de relaxamento e respiração.

De acordo com a diretora de Relações Institucionais, Aleluia Heringer, esse resultado é mérito de todos os que contribuem direta e indiretamente para que a Instituição possa continuar oferecendo uma educação de excelência, humana, inovadora e sustentável.  “Lidar com o inesperado nessa pandemia, cenário nunca vivenciado por nenhuma escola, foi uma situação totalmente atípica. Seguimos aprendendo todos juntos, professores e colaboradores de todas as Unidades da Instituição, estudantes e famílias. O Colégio Santo Agostinho se reestruturou rapidamente e tem buscado se reinventar sempre, para formar alunos que serão verdadeiros protagonistas de uma transformação social”, destaca Aleluia.  

Sobre o Colégio

O Colégio Santo Agostinho foi fundado em Belo Horizonte (MG), em 1934, pelos freis agostinianos recém-chegados da Espanha. Já formou gerações de crianças e jovens ao longo de décadas de ensino, sempre primando pela excelência da educação oferecida e pelo trabalho de formação humano-cristã de seus alunos. Prestando serviços da Educação Infantil ao Ensino Médio, atende, atualmente, a cerca de 8,5 mil alunos nas Unidades de Belo Horizonte (nos bairros Santo Agostinho e Gutierrez), Contagem e Nova Lima.

Para mais informações sobre Ensino Médio clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Interface Comunicação



A educação é o caminho da liberdade

O atendimento socioeducativo ao adolescente em conflito com a lei é um desafio e necessita de um olhar resiliente e reflexivo, visto que é considerado um momento oportuno de mudanças.


Não são apenas números

Vinte e duas redações receberam nota mil, 95.788, nota zero, e a média geral de 634,16.


Enem divulga datas das provas para os estudantes em 2022

As inscrições começam no dia 10 de maio e se encerram no dia 21.

Enem divulga datas das provas para os estudantes em 2022

Projeto incentiva o plantio de 1 bilhão de árvores em Minas Gerais

Conspiração Mineira pelo Plantio de Árvores é apresentada pela ACMinas.

Projeto incentiva o plantio de 1 bilhão de árvores em Minas Gerais

Olimpíada Mirim de Matemática abrange alunos do 2º ao 5º do fundamental

Essa é a primeira competição nacional a incluir estudantes tão novos.

Olimpíada Mirim de Matemática abrange alunos do 2º ao 5º do fundamental

Enem 2021: 22 estudantes tiraram nota máxima na redação

Correções detalhadas podem ser conferidas na internet.

Enem 2021: 22 estudantes tiraram nota máxima na redação

Webinar gratuito apresenta oportunidades de estudo e trabalho na Irlanda

Evento será transmitido pela SEDA College, no dia 12 de abril.

Webinar gratuito apresenta oportunidades de estudo e trabalho na Irlanda

MEC lança projeto para aproveitamento de estudos de cursos técnicos

Primeira turma do curso de aperfeiçoamento tecnológico será em julho.

MEC lança projeto para aproveitamento de estudos de cursos técnicos

Inscrições para cursos técnicos gratuitos pelo Trilhas de Futuro vão de 7 a 25 de abril

Além da formação profissional gratuita, o Governo de Minas fornece ajuda de custo para transporte e alimentação dos alunos do programa, que chega a sua segunda edição.

Inscrições para cursos técnicos gratuitos pelo Trilhas de Futuro vão de 7 a 25 de abril

Governo de Minas oferece curso gratuito de programação e tecnologia

TecPop Minas, programa da Sede-MG que amplia as políticas de inclusão digital e capacitação profissional, se une a startup para formação de desenvolvedores.


CBCA abre inscrições de concursos para estudantes de engenharia e arquitetura

Vencedores de ambas as áreas dividirão prêmio de R$ 10 mil entre equipe participante e professor orientador.


A pandemia revelou o futuro da educação

No princípio da pandemia, era o caos.

A pandemia revelou o futuro da educação