Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Por que formar pesquisadores comunicadores?

Por que formar pesquisadores comunicadores?

24/11/2020 Diana Daste

Em 2020, a ciência se reafirmou como essencial nas soluções dos grandes desafios da humanidade e na operação do nosso dia a dia.

Por que formar pesquisadores comunicadores?

Desde os estudos em busca de uma vacina eficaz contra o novo coronavírus aos recursos tecnológicos que passamos a utilizar com mais frequência em busca de uma interação social segura. Se antes ela não tinha um palco, agora a ciência é a estrela.

Todos estão com os olhos voltados para os cientistas em busca de uma resposta e, nesse processo, estamos trocando mais informações a respeito. A qualidade dessa troca é uma preocupação comum e é diretamente afetada pelo modo como lidávamos com esses assuntos anteriormente. Um estudo da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) com dados captados entre 17 de março e 10 de abril revelou que 65% das fake news envolviam curas não comprovadas para a COVID-19.

As notícias falsas se aproveitam de um vácuo comunicacional entre o público em geral e as pesquisas que são realizadas. De acordo com o estudo “Percepção Pública da Ciência e Tecnologia no Brasil” realizado em 2019 pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e pelo Centro de Gestão em Estudos Estratégicos (CCGE), o brasileiro reconhece a importância sobre a ciência e tecnologia no país, mas conhece pouco.

Outro dado interessante da mesma pesquisa do MCTI é que a maioria das pessoas afirma ser capaz de entender o conhecimento científico se ele for bem explicado. Portanto, estamos falando de um problema de comunicação evidente. É necessário formarmos cientistas comunicadores expressivos, que defendam e promovam sua pesquisa e que se conectem com a sociedade.

Devemos deixar de lado a imagem do cientista enclausurado em seu laboratório e inacessível. O trabalho com as competências científicas de comunicação é transversal; ele beneficia o projeto de pesquisa, mas ultrapassa o universo acadêmico e se consolida também como uma competência para a vida, como competência do Século XXI. Um bom pesquisador deve saber expressar sua criatividade e seu pensamento crítico e responder aos estímulos de outras pessoas ao passo que lida com as próprias emoções.

Nesse ano tão simbólico a todos, o FameLab Brasil, competição de comunicação científica realizada pelo British Council que visa formar jovens pesquisadores, anunciou pela primeira vez a vitória de uma mulher. Gabriela Ramos Leal, de 34 anos, médica veterinária, mestre e doutora em Clínica e Reprodução Animal, também conseguiu pela primeira vez levar o Brasil tão longe na competição e vai representá-lo na final do evento Internacional, que acontece no dia 26 de novembro e será transmitida pelo canal do FameLab no Youtube.

Gabriela, que traz consigo também a representatividade negra, carregará seu legado para além do seu trabalho científico. Ela será um exemplo para jovens mulheres de todas as etnias, mas principalmente jovens negras, que não encontram nos meios tradicionais exemplos de uma realidade onde o ensino superior é possível. A importância de comunicar a ciência também está aí, nas pessoas, no imaginário e em criar um mundo possível.

Democratizar e promover a ciência é urgente e pode começar já, com os nossos pesquisadores desenvolvendo suas habilidades de comunicação, para que mesmo no pós-pandemia continuemos engajados e com os olhos voltados para o material extremamente relevante produzido nas universidades.

* Diana Daste, diretora de Educação do British Council no Brasil

Fonte: Mira Comunicação



Enem: 6 dicas para aumentar o foco

É muito comum se distrair enquanto estamos estudando.

Enem: 6 dicas para aumentar o foco

Qualidade na educação: muito mais que índices de aprendizagem

Qualidade na educação é um conceito complexo que pode se modificar conforme o contexto, os valores, a cultura e a identidade de cada local.

Qualidade na educação: muito mais que índices de aprendizagem

Um em cada dez estudantes já foi ofendido nas redes sociais, mostra IBGE

A coleta dos dados foi feita antes da pandemia, entre abril e setembro de 2019.

Um em cada dez estudantes já foi ofendido nas redes sociais, mostra IBGE

Senai abre inscrições para o Grand Prix de inovação

Desafios terão de ser resolvidos por estudantes.


Brincadeiras para fazer no Dia Mundial da Alfabetização

Para que o processo de alfabetização ocorra, as crianças precisam se conscientizar dos sons das palavras.

Brincadeiras para fazer no Dia Mundial da Alfabetização

Novo modelo de gestão para personalizar o ensino vai além da tecnologia

Precisamos falar de transformação digital. Ou melhor, precisamos traduzir a transformação digital (TD) para sua expressão mais completa e abrangente.

Novo modelo de gestão para personalizar o ensino vai além da tecnologia

O impacto das novas gerações nos modelos escolares

Seja nas instituições de ensino públicas ou privadas, a chegada de uma nova geração às salas de aula afeta os modelos escolares.

O impacto das novas gerações nos modelos escolares

Fundação Dom Cabral e Cotemig concedem bolsas de estudos para jovens de baixa renda

As oportunidades serão para Ensino Médio Técnico e graduação na área tecnológica.


Instituto Ling concede 25 bolsas de estudos para jovens brasileiros

Somente neste ano, a entidade investiu US$ 589 mil para auxiliar jornalistas, advogados, administradores, engenheiros e economistas a estudarem nos Estados Unidos e na Europa.

Instituto Ling concede 25 bolsas de estudos para jovens brasileiros

Técnicas para se concentrar nos estudos ouvindo música

Muitos alunos têm dúvidas se ouvir música durante os estudos pode melhorar o desempenho.

Técnicas para se concentrar nos estudos ouvindo música

Dicas para ajudar os pais na hora de fazer a matrícula dos filhos

Saiba o que considerar na hora de escolher a escola ideal, levando em conta questões como valores, religião, distância e formação dos professores.

Dicas para ajudar os pais na hora de fazer a matrícula dos filhos

Estímulo para o ensino de crianças se baseia no despertar de seu interesse

Um dos grandes desafios dos profissionais que lidam com o ensino infantil também passou a ser responsabilidade dos pais.

Estímulo para o ensino de crianças se baseia no despertar de seu interesse