Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Professor em chamas

Professor em chamas

21/10/2020 Daniel Medeiros

Aos que ardem, aos que aquecem, aos que irradiam, aos que transformam, aos que tiram o fôlego, aos que iluminam.

Professor em chamas

Heráclito, o filósofo grego, falava que a verdade era o vir a ser, o movimento de transformação do mundo: ninguém pode se banhar duas vezes nas águas do mesmo rio. Tudo é mudança e os estados sólidos são apenas o tempo agindo devagar. O conhecimento é como o fogo que cria e consome: começo e fim.

O professor é o profissional que mostra o mundo aos novos, o mundo no qual todos conviveremos até o fim de nossas vidas. Não somos apenas humanos. Somos seres humanos no mundo. E esse mundo público, comum, único, é nossa morada. O professor dirá como ele é, como funciona, suas fragilidades e suas bênçãos. O professor é o guia nesse ingresso ao mundo que é herança e promessa ao mesmo tempo.

As crianças e os jovens precisam a aprender a viver, conviver, manter e transformar o mundo. Verbos complexos e, muitas vezes, conflitantes. Principalmente em uma sociedade na qual, cada vez mais, o espaço vai sendo privatizado, assenhorado como um privilégio e não um direito. E os que pensam assim acreditam ser possível isolar-se e isolar os outros “no seu pedaço”. Daí os discursos de ódio e de preconceito: a crença de que é possível ter o mundo e não apenas estar no mundo.

O professor é o mediador da passagem do pequeno mundo privado para o grande mundo público. O professor é o responsável por lembrar que ar, água, terra, frutos, estavam aqui antes, devem estar durante, devem permanecer depois. E que também as pessoas, todas as pessoas, chegaram ao mundo do mesmo jeito. Os privilégios não são uma natureza do mundo, são uma criação das pessoas no mundo. Algumas pessoas.

Cabe ao professor contar e fazer lembrar. Cabe ao professor prestar contas de onde vêm as histórias e durante quanto tempo elas já são contadas. Cabe ao professor insistir que as histórias também são uma herança preciosa do mundo e que os que ainda não ouvem merecem aprender com a voz daqueles que já não falam.

Pois que o mundo é um só, mas não é uma coisa parada. É como fogo: vida e morte, brasa e fumaça, azul/amarelo, perigo e salvação, incêndio, lareira.

Pois que o professor é um decifrador das mensagens deixadas pelo mundo para os que chegam; um guardião das marcas que não podem ser apagadas; um provocador a estimular novas marcas e novas mensagens.

Ser professor é estar em chamas.

Aos que ardem, aos que aquecem, aos que irradiam, aos que transformam, aos que tiram o fôlego, aos que iluminam.

Parabéns. E obrigado.

* Daniel Medeiros é Doutor em História pela UFPR e professor no Curso Positivo.

Fonte: Central Press



Enem: 6 dicas para aumentar o foco

É muito comum se distrair enquanto estamos estudando.

Enem: 6 dicas para aumentar o foco

Qualidade na educação: muito mais que índices de aprendizagem

Qualidade na educação é um conceito complexo que pode se modificar conforme o contexto, os valores, a cultura e a identidade de cada local.

Qualidade na educação: muito mais que índices de aprendizagem

Um em cada dez estudantes já foi ofendido nas redes sociais, mostra IBGE

A coleta dos dados foi feita antes da pandemia, entre abril e setembro de 2019.

Um em cada dez estudantes já foi ofendido nas redes sociais, mostra IBGE

Senai abre inscrições para o Grand Prix de inovação

Desafios terão de ser resolvidos por estudantes.


Brincadeiras para fazer no Dia Mundial da Alfabetização

Para que o processo de alfabetização ocorra, as crianças precisam se conscientizar dos sons das palavras.

Brincadeiras para fazer no Dia Mundial da Alfabetização

Novo modelo de gestão para personalizar o ensino vai além da tecnologia

Precisamos falar de transformação digital. Ou melhor, precisamos traduzir a transformação digital (TD) para sua expressão mais completa e abrangente.

Novo modelo de gestão para personalizar o ensino vai além da tecnologia

O impacto das novas gerações nos modelos escolares

Seja nas instituições de ensino públicas ou privadas, a chegada de uma nova geração às salas de aula afeta os modelos escolares.

O impacto das novas gerações nos modelos escolares

Fundação Dom Cabral e Cotemig concedem bolsas de estudos para jovens de baixa renda

As oportunidades serão para Ensino Médio Técnico e graduação na área tecnológica.


Instituto Ling concede 25 bolsas de estudos para jovens brasileiros

Somente neste ano, a entidade investiu US$ 589 mil para auxiliar jornalistas, advogados, administradores, engenheiros e economistas a estudarem nos Estados Unidos e na Europa.

Instituto Ling concede 25 bolsas de estudos para jovens brasileiros

Técnicas para se concentrar nos estudos ouvindo música

Muitos alunos têm dúvidas se ouvir música durante os estudos pode melhorar o desempenho.

Técnicas para se concentrar nos estudos ouvindo música

Dicas para ajudar os pais na hora de fazer a matrícula dos filhos

Saiba o que considerar na hora de escolher a escola ideal, levando em conta questões como valores, religião, distância e formação dos professores.

Dicas para ajudar os pais na hora de fazer a matrícula dos filhos

Estímulo para o ensino de crianças se baseia no despertar de seu interesse

Um dos grandes desafios dos profissionais que lidam com o ensino infantil também passou a ser responsabilidade dos pais.

Estímulo para o ensino de crianças se baseia no despertar de seu interesse