Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Seis dicas para se preparar antes do intercâmbio

Seis dicas para se preparar antes do intercâmbio

08/11/2016 Da Redação

Dicas para se ambientar com o inglês antes de seguir para o destino.

Seis dicas para se preparar antes do intercâmbio

A decisão por um programa de intercâmbio está praticamente ligada ao desejo de se obter mais conhecimento: seja o aprimoramento de um idioma, a troca de culturas, o contato com a história das nações, o aprofundamento nas relações humanas ou ainda a continuidade dos estudos. Para que todas as oportunidades geradas sejam aproveitadas ao máximo, um ponto precisa ser levado em consideração: o domínio do inglês.

Entre os destinos mais procurados pelos brasileiros estão países falantes do idioma, como Austrália, Canadá, Estados Unidos e Reino Unido. Conseguir se comunicar e interagir em inglês já na chegada facilita a adaptação, permite maior riqueza na vivência e também a chance de escolher entre os cursos mais completos, já que muitos deles exigem níveis específicos de conhecimento.

A seguir, os especialistas Vinicius Nobre, gerente acadêmico da Cultura Inglesa São Paulo e Alberto Costa, senior assessment manager de Cambridge English no Brasil (departamento da Universidade de Cambridge dedicado à certificação internacional de inglês), listam algumas dicas para você se preparar antes de embarcar:

Seja participativo e extraia o máximo das aulas de inglês

Aproveite o momento em sala de aula para interagir com os colegas colocando em prática o aprendizado e trazendo para o exercício de conversação temas que farão parte do cotidiano, como descrever a si mesmo e seus interesses, assim como aprofundar o conhecimento do outro. Além disso, fale com o professor sobre seu objetivo e dificuldades para que ele possa trabalhar focado em atender essas necessidades. Treinar esses pontos fará com que o nível de insegurança seja menor, o que diminui as chances de retração e aumenta o preparo para desbravar o território, conhecer pessoas e habituar-se à nova rotina.

Faça buscas sobre o destino em inglês
Após escolher o destino, amplie a busca de detalhes, passeios e cotidiano do local para canais que trazem informação em inglês. Dessa forma, além de entrar em contato com conteúdos produzidos por pessoas do mundo todo, você passará a ter proximidade com descrições, gírias e expressões que certamente farão parte do novo dia a dia. A familiarização com os termos e com a maneira de definir os lugares e os costumes ajudará depois no relacionamento e na interação com moradores locais ou mesmo outros visitantes estrangeiros. Ler o jornal da cidade pela internet também é uma boa forma de se aproximar do idioma e de ficar por dentro das notícias regionais.

Treine atividades cotidianas
Coisas simples, como a leitura de um cardápio, pedir uma informação ou preencher um formulário podem representar desperdício de tempo para quem tem dificuldades com o inglês. Para evitar essa situação, busque por atividades que estimulem o treino destas tarefas de forma remota. É possível encontrar opções na internet, como a seção Learning English, disponível no link http://www.cambridgeenglish.org/learning-english, que reúne mais de 80 opções de exercícios gratuitos, com temas cotidianos como alimentação, entretenimento, relacionamentos interpessoais e trabalho.

Crie um glossário com termos relevantes

Organizar bem o conhecimento é fundamental para garantir maior segurança e desenvoltura na comunicação. Ao decidir fazer um intercâmbio, comece a selecionar termos e expressões que aparecem nas aulas, filmes e músicas e mantenha um registro que possa ser rapidamente acessado. Tente focar na língua usada em interações informais e agrupe-as de acordo com a sua função (negociar, começar uma conversa, expressar interesse, discordar, etc). A Cultura Inglesa oferece um aplicativo gratuito e de fácil uso, que permite que todo o seu aprendizado fique armazenado no seu celular, Lexical Book App.

Aumente a sua exposição ao idioma
Hoje em dia é possível criar oportunidades para o uso do inglês mesmo antes de mudar para outro país. Através de pequenas mudanças na sua rotina, o idioma pode entrar na sua vida de maneira mais direta, aumentando a sua segurança e o seu conforto ao se comunicar. Mude a configuração do seu celular para inglês, por exemplo. Faça anotações pessoais, como listas de compras e pendências, em inglês. Mude o idioma principal do seu computador e privilegie leituras e programas de televisão na língua inglesa. Dessa forma, a imersão no idioma pode começar antes mesmo do intercâmbio.

Estude a cultura do seu destino

Um dos fatores mais importantes para uma comunicação de sucesso é a sensibilização aos aspectos culturais. Ao limitar sua preparação a palavras novas e estruturas gramaticais você pode desconsiderar fatores críticos de sucesso para uma comunicação eficiente. Busque investigar, através de cursos de inglês que privilegiam o ensino da cultura, da internet e filmes, como os falantes de inglês do seu destino se comportam e como eles interagem socialmente. Muitas vezes desconhecemos regras de interações que podem garantir uma adaptação mais tranquila em um outro contexto. Aspectos relacionados à privacidade, assuntos proibidos ou inapropriados e linguagem corporal são fundamentais para uma comunicação eficiente. Comunicar-se bem vai muito além do conhecimento de vocabulário e gramática.



Filhos em férias. E agora?

Criança é sinônimo de alegria! Aproveite para mostrar que esta festa é mais completa quando tem a participação de todos.

Filhos em férias. E agora?

Mensalidades escolares mais que dobraram em 10 anos

Maior variação foi no primeiro ano do curso fundamental: 138,2%, diz Procon-SP.

Mensalidades escolares mais que dobraram em 10 anos

Instituto MRV divulga projetos pré-selecionados no programa “Educar para Transformar”

O programa tem o objetivo de promover transformações por meio da educação, estimulando aprendizados e mudanças culturais em seus públicos diretos e indiretos.


Estudantes de baixa renda poderão estudar nos EUA

Programa oferece possibilidade de candidatura em universidades americanas.

Estudantes de baixa renda poderão estudar nos EUA

EaD amplia a acessibilidade na Educação Superior

Elaboração de um plano para assegurar a manutenção dos alunos portadores de necessidades especiais na evolução nos níveis educacionais é fundamental.

EaD amplia a acessibilidade na Educação Superior

Inscrições abertas: programa de estágio da VLI

Estudantes dos níveis técnico e superior podem concorrer a mais de 30 oportunidades.


Escola do Sebrae abre inscrições para curso técnico em Administração gratuito

Jovens da rede pública podem se inscrever até o dia 10 de dezembro. Serão oferecidas 165 vagas.


Brasil não registra avanços em ranking mundial de educação

Exame mede desempenho de jovens de 15 anos em Leitura, Matemática e Ciência.

Brasil não registra avanços em ranking mundial de educação

Vagas para estagiários e aprendizes crescem de janeiro a outubro

De janeiro a outubro houve aumento de 3,7% do número de vagas.

Vagas para estagiários e aprendizes crescem de janeiro a outubro

Meu bebê está indo para a escola. E agora?

O processo de separação será realmente difícil.

Meu bebê está indo para a escola. E agora?

Curso de Mediação Extrajudicial

Curso inovador em Belo Horizonte analisará a aplicação da mediação no mundo do trabalho e sindical.


Cresce inadimplência em escolas particulares do país

Inadimplência de alunos é de 5,9% no 1º semestre, revela pesquisa.

Cresce inadimplência em escolas particulares do país