Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Especialista aponta que novas vagas em concursos devem ser ofertadas em breve

Especialista aponta que novas vagas em concursos devem ser ofertadas em breve

25/06/2019 Da Redação

Os concursos públicos vão acabar? Como lidar com a insegurança no noticiário?

Especialista aponta que novas vagas em concursos devem ser ofertadas em breve

Decreto presidencial que altera regras para lançar concursos públicos, ausência de verba destinada às vagas na Lei de Diretrizes Orçamentárias, informatização e terceirização: serão esses sinais do fim dos concursos públicos? Mudanças governamentais combinadas à desinformação podem deixar muitos estudantes aflitos, mas é preciso lembrar que a máquina pública precisa renovar seus servidores para manter suas funções e cumprir seus deveres constitucionais.

De acordo com o coordenador das Carreias de Tribunais do AlfaCon, Thállius Moraes, o decreto Nº 9.739, de 28 de março de 2019, que impõe novas regras para concursos federais, não deve acabar com a realização de concursos nesse âmbito, mas trazer transparência aos candidatos. Exemplo disso é a exigência de que o edital preveja o limite de aprovações além de indicar a colocação em que o candidato já esteja desclassificado. Também está previsto no edital a descrição precisa das disciplinas, o que auxiliará os concurseiros no momento de estudo.  Esse decreto também impôs uma maior organização aos órgãos públicos, que terão de apresentar, dentre outros fatores, dados como a necessidade daquela demanda, a quantidade de servidores cedidos, etc.

A substituição das pessoas por máquinas é outro tema recorrente – no mercado de trabalho em geral e também quando se fala sobre o possível fim dos concursos públicos. Esse cenário já é uma realidade, mas sua implementação ocorre de forma gradual. Há cargos, no entanto, que têm de ser necessariamente exercidos por humanos: um policial militar que está na linha de frente de delitos nas ruas, por exemplo, não perderá jamais a sua vaga para um sistema informatizado.

Já no sistema judiciário, cargos organizacionais e administrativos correm mais risco de terem seu ofício exercido por uma máquina, mas oficiais de justiça, técnicos e analistas do judiciário, bem como aquelas carreiras que lidam com o público, precisam ser realizadas por pessoas. Em geral, a informatização é positiva: otimiza recursos, economiza papel, traz segurança e, para o servidor, oferece a possibilidade de realizar o trabalho remotamente.

A terceirização é mais um ponto de argumentação para aqueles que pregam o final dos concursos públicos. É importante ressaltar que esta medida afeta principalmente vagas em empresas públicas e sociedades de economia mista, como o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal. Via de regra, o governo contrata outras companhias para realizar atividades como limpeza, zeladoria e vigilância a fim de otimizar os gastos públicos. Isso significa que cargos técnicos como a receita, o INSS, que detêm grande quantidade de vagas, continuarão exigindo concursos públicos porque exigem conhecimento especializado de servidores.

E, por fim, os concursos não estarem especificados na LDO (Leis de Diretrizes Orçamentárias) é historicamente comum. Em 2016, por exemplo, o edital para o INSS estava ausente no documento, mas mesmo assim ocorreu. Neste momento, a LDO está passando do executivo para o legislativo, o que pode implicar também em novas alterações.

Moraes ainda dá conselhos para que os concurseiros revigorem sua motivação: “É importante filtrar as informações e colocar em prática o que efetivamente se pode fazer, que é estudar. Os concursos virão com atraso ou não, com mais ou menos vagas; mas acontecerão; e é preciso estar preparado”, aconselha.



Belo Horizonte lidera ranking de saldo de emprego em junho

No mês passado, saldo de vagas chegou a 2.184, com 34.535 admissões e 32.351 desligamentos.

Belo Horizonte lidera ranking de saldo de emprego em junho

Mercantil do Brasil está com 100 novas vagas de TI abertas em Belo Horizonte

Banco busca profissionais da área de tecnologia da informação.

Mercantil do Brasil está com 100 novas vagas de TI abertas em Belo Horizonte

Cresce trabalho com carteira assinada no 2º trimestre, aponta IBGE

Pnad Contínua mostrou que 24,1 milhões estão na informalidade.

Cresce trabalho com carteira assinada no 2º trimestre, aponta IBGE

Com investimento de mais de R$ 800 milhões, startups paranaenses geram 10 mil empregos

Levantamento inédito do Sebrae/PR, apresentado durante o Conecta, fez um mapeamento das 1032 startups no Estado.


Lojas do ItaúPower Shopping divulgam vagas de emprego

Veja as oportunidades disponíveis no site do mall.


Os Estados Unidos buscam brasileiros. Veja as áreas mais demandadas

Os EUA buscam talentos estrangeiros e os brasileiros possuem grandes chances de obterem o Green Card baseado em seu histórico profissional.

Os Estados Unidos buscam brasileiros. Veja as áreas mais demandadas

Sinduscon-MG oferece cadastro e envio de currículos gratuitamente

Site de recrutamento cadastra candidatos a vagas no setor da construção civil.


Grupo São Cristóvão abre vagas na área da saúde

As vagas são para profissionais da saúde com experiência para atuar na capital e região metropolitana de São Paulo.


Concursos e depressão: como lidar?

A depressão vem atingindo grande parte da população, principalmente naquelas pessoas que estão fazendo concursos.

Concursos e depressão: como lidar?

Caixa contrata 174 empregados com deficiência

Novos funcionários começam a trabalhar nas agências após capacitação


Sebrae abre vagas para 36 cidades de Minas Gerais

Sebrae abre 80 vagas para Agentes Locais de Inovação (ALI) em Minas Gerais; aprovados receberão bolsa de R$ 4 mil

Sebrae abre vagas para 36 cidades de Minas Gerais

FIDI abre vagas para analista jr de Informática

Para se candidatar, é preciso ter mais de 18 anos e nível superior completo e/ou cursando.