Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Indústria e comércio têm 14 mil vagas abertas

Indústria e comércio têm 14 mil vagas abertas

26/03/2017 Da Redação

No total, 50 mil devem ser contratados. Número é 9% menor do que no ano passado.

Apesar da retração econômica, a Páscoa continua a figurar como uma das três melhores datas comemorativas – as outras são Natal e Dia das Mães – para conseguir uma vaga de trabalho temporário.

De acordo com pesquisa encomendada pela Fenaserhtt e pelo Sindeprestem (federação nacional e sindicato paulista do setor) ao Centro Nacional de Modernização Empresarial (Cenam), as empresas de trabalho temporário ainda têm 14 mil oportunidades à espera de candidatos: 12 mil vagas no comércio e duas mil na indústria. A remuneração varia entre R$ 1.100,00 a R$2.179,00 de acordo com a função.

No total, devem ser abertas 50 mil vagas em todo o País, redução de 9% na comparação com 2016, quando foram estimadas 55 mil contratações temporárias.

No comércio (83%) e na indústria (78%) a experiência profissional anterior foi apontada como principal pré-requisito para contratação. Vander Morales, presidente da Fenaserhtt e do Sindeprestem, justifica: “Quando a economia deu sinais de queda, as contratantes foram obrigadas a rever o quadro de funcionários e demitir, deixando muita gente qualificada disponível no mercado. Em picos sazonais como a Páscoa, a indústria do chocolate, por exemplo, precisa de mão de obra extra e, sem tempo e nem recursos para o treinamento dos temporários, prefere quem já tenha experiência”.

Devido à proximidade entre a celebração da Páscoa e o Dia das Mães, alguns segmentos contratam temporários para permanecer na vaga por todo o período. A pesquisa mostra maior porcentagem de contratos com duração de menos de 30 dias (33%) e de 61 a 90 dias (32%).

EFETIVAÇÃO

Os temporários ainda têm chance de efetivação, mas, diferentemente de anos anteriores, a expectativa é baixa. Nesta pesquisa, 18% das empresas de trabalho temporário afirmam haver muita intenção de efetivação por parte da contratante; 66% dizem ter pouca e 16% nenhuma chance de efetivação.

COMÉRCIO

Funções requisitadas: vendedor (74%); repositor (22%); balconista (2%); auxiliar administrativo (1%); degustador (1%).
Benefícios: vale-refeição (66%); vale-alimentação (30%); premiação por desempenho (3%); seguro de vida (1%).
Pré-requisitos: experiência anterior desejada (83%); facilidade em lidar com público (15%); organização (1%); dinamismo (1%).

INDÚSTRIA

Funções requisitadas: promotor de vendas (38%); auxiliar de produção (36%); operador de empilhadeira (8%); estoquista (8%); auxiliar de expedição (6%); entregador (2%); motorista (1%); analista (1%).
Benefícios: vale-refeição (66%); vale-alimentação (26%); seguro de vida (6%); premiação por desempenho (2%).
Pré-requisitos: experiência anterior desejada (78%); facilidade para trabalhar em grupo (16%); organização (4%); dinamismo (2%).



O novo mundo profissional

Nós estudamos o perfil de cada um e mostramos os caminhos que há para alcançar aquilo que se deseja.

O novo mundo profissional

Plano de carreira é coisa do passado

A carreira deixa de ser responsabilidade da empresa e passa a caber ao indivíduo.

Plano de carreira é coisa do passado

Entenda as diferenças entre temporários e terceirizados

Especialista da Luandre detalha o que foi atualizado com o novo decreto e o que muda para contratantes e contratados.


Evento em São Paulo oferece 2,2 mil vagas para pessoas com deficiência

Há oportunidades em supermercados atacadistas, call centers, tratamento de resíduos, saneamento, recursos humanos, hospitais e restaurantes.


Começa a corrida para as contratações temporárias

Para atender o aumento de vendas de cerca de 13% no Natal, lojistas precisarão elevar contratações temporárias e deverão ficar atentos às obrigações legais para as vagas.

Começa a corrida para as contratações temporárias

Consultoria de RH inova e lança aplicativo gratuito que conecta empresas a profissionais

Acesso ilimitado e gratuito a diversas oportunidades de emprego, a qualquer hora, na palma da mão.

Consultoria de RH inova e lança aplicativo gratuito que conecta empresas a profissionais

CNI e Senai listam 30 profissões promissoras para a indústria 4.0

Profissões estarão ligadas ao setor automotivo, indústria de alimentos e bebidas e construção civil.

CNI e Senai listam 30 profissões promissoras para a indústria 4.0

Estágio x Emprego: entenda a diferença!

A modalidade não se configura como um trabalho formal, mas uma atividade voltada ao aprendizado.

Estágio x Emprego: entenda a diferença!

O que sua Profissão vai ser quando você crescer?

Uma pergunta interessante que sempre fazemos às crianças é “o que você vai ser quando crescer?”


O mercado de trabalho depois do câncer de mama

O câncer ainda é visto, de maneira geral, como sinônimo de grande adversidade para muitas pessoas.


A Lei da Liberdade Econômica e seus impactos trabalhistas e previdenciários

Com o fim do antigo Ministério do Trabalho e Emprego, que foi aglutinado pelos Ministérios da Economia, Justiça e Cidadania.


Uber lança versão para vagas temporárias

O aplicativo está disponível por enquanto apenas em Chicago.

Uber lança versão para vagas temporárias