Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Páscoa: 19 mil vagas ainda estão abertas em todo Brasil

Páscoa: 19 mil vagas ainda estão abertas em todo Brasil

03/03/2016 Da Redação

Indústria e comércio já contrataram 36 mil trabalhadores.

Páscoa: 19 mil vagas ainda estão abertas em todo Brasil

A Páscoa promete ser mais doce para quem está em busca de uma oportunidade no mercado de trabalho.

No total, em todo o País, a expectativa é para a contratação de 55 mil temporários pela indústria e pelo comércio, retração de 34,83% na comparação com o ano anterior (84,4 mil).

De acordo com pesquisa encomendada pela Federação Nacional dos Sindicatos de Empresas de Recursos Humanos, Trabalho Temporário e Terceirizado (Fenaserhtt) e pelo

Sindicato das Empresas de Prestação de Serviços a Terceiros, Colocação e Administração de Mão de Obra e de Trabalho Temporário do Estado de São Paulo (Sindeprestem) ao Centro Nacional de Modernização (Cenam), 19 mil vagas temporárias ainda estão abertas e devem ser preenchidas até o início de março.

Os primeiros contratos temporários normalmente são firmados pela indústria, que começa a fabricar produtos para a Páscoa entre setembro e outubro. Estima-se que 85% das vagas já tenham sido preenchidas e cinco mil estejam abertas.

No comércio a contratação de temporários é mais tardia. Com produtos de Páscoa chegando agora aos supermercados e redes varejistas, a seleção de pessoal se estende até o início de março.

A previsão é para que 30 mil temporários consigam ter a carteira de trabalho assinada, sendo que 16 mil já foram contratados. Há 14 mil vagas abertas no país neste setor.

O Brasil é o terceiro maior mercado consumidor de chocolate do mundo, com 710 mil toneladas em 2015. Para Vander Morales, presidente da Fenaserhtt e do Sindeprestem, o cenário econômico dos últimos tempos influencia diretamente a retração do setor de trabalho temporário, mas o apelo sentimental da data é mais forte:

“A tradição da Páscoa é presentear com chocolates. O consumidor pode gastar menos com produtos, mas não deixará de comprar”.

O trabalho temporário, além de necessário para atender ao aumento da movimentação comercial nesta época do ano, também contribui para a diminuição do desemprego e para a circulação de dinheiro na economia.

De todos os contratos firmados, segundo o levantamento, 62% devem vigorar por um período entre 61 e 90 dias, possivelmente devido à proximidade com o Dia das Mães; 25% por 31 a 60 dias e 12% por menos de 30 dias. Somente 1% por mais de 91 dias.

Efetivação

Diferentemente dos anos anteriores, a efetivação dos temporários pelas empresas tomadoras de serviços é incerta em razão da instabilidade econômica.

“O quadro de funcionários das empresas está enxuto e, em picos sazonais de produção e venda, como acontece na Páscoa, o trabalho temporário é a solução para recompor esta mão de obra e atender pedidos.

A chance de efetivação existe para aquele profissional que se destacar e, mesmo assim, vai depender da combinação de dois fatores determinantes: competência do trabalhador e necessidade do contratante”, explica Vander Morales.

Para as empresas fornecedoras de mão de obra temporária, a perspectiva de efetivação pelo contratante é de 12%; 63% acreditam que serão poucos os efetivados e 25% aposta em nenhuma contratação permanente.

O trabalho temporário é a chance do jovem em busca do primeiro emprego ter uma experiência profissional. Segundo as prestadoras de serviços, 63% dos clientes têm interesse neste público. Os outros 37% correspondem à terceira idade. 



O que é preciso para trabalhar em uma startup?

O número de startups no Brasil não para de crescer.

O que é preciso para trabalhar em uma startup?

Sebrae mapeia cinco dicas para contratar funcionários

Entre as principais recomendações, pelo menos duas são essenciais: não contrate quem você não pode demitir e verifique o perfil do profissional.

Sebrae mapeia cinco dicas para contratar funcionários

O estágio insere o jovem no mercado

A atividade proporciona o primeiro contato do estudante com o mundo corporativo.


4 dicas para alcançar a qualidade de vida no trabalho

Como alcançar a qualidade de vida exercendo suas funções cotidianas?

4 dicas para alcançar a qualidade de vida no trabalho

Ansiedade e Carreira: como lidar com as expectativas profissionais

Considerado um dos grandes vilões dos tempos modernos, a ansiedade vem cada vez mais assolando milhares e milhares de brasileiros.

Ansiedade e Carreira: como lidar com as expectativas profissionais

Minas Gerais se mantém como segundo estado a gerar mais empregos no país

Dados do Caged apontam que ritmo de recuperação de vagas de trabalho se mantém.

Minas Gerais se mantém como segundo estado a gerar mais empregos no país

A ansiedade e o trabalho

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta que o Brasil vive uma epidemia de ansiedade.


Teste vocacional ajuda ou atrapalha?

Especialista em carreira oferece dicas para tomar a importante decisão pela escolha ou troca de profissão.


Taxa de desemprego do país recua e chega a 12% no trimestre

3,35 milhões de desempregados no país procuram trabalho há pelo menos dois anos.

Taxa de desemprego do país recua e chega a 12% no trimestre

Mercantil do Brasil está com 100 novas vagas de TI abertas em Belo Horizonte

Banco busca profissionais da área de tecnologia da informação.

Mercantil do Brasil está com 100 novas vagas de TI abertas em Belo Horizonte

Cresce trabalho com carteira assinada no 2º trimestre, aponta IBGE

Pnad Contínua mostrou que 24,1 milhões estão na informalidade.

Cresce trabalho com carteira assinada no 2º trimestre, aponta IBGE

Com investimento de mais de R$ 800 milhões, startups paranaenses geram 10 mil empregos

Levantamento inédito do Sebrae/PR, apresentado durante o Conecta, fez um mapeamento das 1032 startups no Estado.