Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Aparelhos ligados no modo standby encarecem a tarifa de energia

Aparelhos ligados no modo standby encarecem a tarifa de energia

11/05/2016 Divulgação

O acréscimo pode chegar a 15% na conta de energia elétrica.

O consumidor, no entanto, tem a chance de evitar o desperdício com uma pequena mudança de hábito: desligar os eletrônicos da tomada quando não estiverem em uso.

O gerente de eficiência energética da Cemig, Leonardo Resende Rivetti, destaca que as pessoas costumam ter em casa muitos equipamentos, como DVDs ou Blu-Rays, receptores de TV por assinatura, computadores, televisão, dentre outros, e esses aparelhos – que costumam ficar normalmente ligados em modo de standby 24 horas por dia – podem elevar o valor da conta no final do mês.

“Se você deixa um equipamento ligado desnecessariamente, está desperdiçando energia. Em standby, os aparelhos consomem menos do que em uso normal, mas seria como uma torneira pingando 24 horas, todos os dias, e essa água não é utilizada. Para economizar, é necessário que o consumidor retire o equipamento da tomada. Vale ressaltar, ainda, que os equipamentos mais antigos consomem mais, no modo de espera, do que os mais modernos”, afirma.

Atualmente, os receptores de TV por assinatura são os que mais consomem energia no modo standby. Assim, apenas com o simples ato de desligar os aparelhos da tomada, o consumidor interrompe esse consumo indesejado e dispensável e ajuda na redução da fatura de energia.

“Não há dúvida de que a mudança de hábito é a melhor maneira de se evitar o consumo desnecessário. Se o consumidor sabe que vai ficar muito tempo sem usar a TV, não custa nada desligá-la. Também é importante não deixar o microondas ligado só por causa do relógio digital ou o carregador de celular conectado sem necessidade à tomada”, afirma.

Além de não deixar os equipamentos em modo standby, é sempre bom escolher o equipamento com o selo Procel ou com a etiqueta do Inmetro com a letra "A", pois são os equipamentos mais eficientes e econômicos.

Outras dicas de energia

Apesar dos desligamentos das térmicas e da recuperação do nível dos reservatórios no País - e a consequente adoção da bandeira verde nas tarifas de energia, o consumidor deve estar sempre alerta.

Dessa forma, as pessoas devem utilizar a energia de forma racional e evitar o desperdício. 

Reduzir termostatos: Seja no chuveiro, aquecedor, condicionador de ar, geladeira ou freezer, reduzir um grau no termostato pode representar uma economia de até 5% da sua conta.

Receptor de antena e de canal: Uma atenção especial deve ser dada aos aparelhos de TVs com receptores. Ao desligarmos a TV, devemos desligar também o receptor.

Iluminação: Evite acender lâmpadas durante o dia e aproveite ao máximo a iluminação natural. Prefira as lâmpadas LED, pois elas duram mais e consomem menos. Pinte paredes e tetos com cores claras, que refletem melhor a luz, diminuindo a necessidade de iluminação artificial.

Geladeira: Evite abrir a geladeira frequentemente. Retire de uma só vez os alimentos de que precisa. Não guarde alimentos ainda quentes. Para saber se a borracha de vedação está em bom estado, faça o seguinte teste: coloque uma folha de papel entre a porta e a geladeira, feche a porta e tente retirar a folha; se ela sair com facilidade, está na hora de trocar a borracha. Repita o teste em vários pontos da porta da geladeira. Nunca utilize a grade traseira para secar roupas ou calçados.

Tomadas e fios: Tomadas quentes são sinônimo de desperdício e risco de acidentes. Por isso, evite o uso de benjamins. Emendas mal feitas causam perda de energia.

Celulares e Câmeras: Nunca deixe seu aparelho celular "dormir" carregando, ou seja, dê a carga e retire-os da tomada. Para câmeras digitais que não usam pilhas, aplica-se a mesma regra do celular. Só carregue o tempo necessário especificado no manual.

Computadores: Quando não estiver usando, mantenha o computador desligado. Dê preferência aos notebooks, que consomem menos energia. Não deixe os acessórios do computador (impressora, scanners etc.) ligados sem necessidade.



Energia solar deve trazer mais de R$ 50,8 bilhões de investimentos no País este ano

Segundo a entidade, setor fotovoltaico deverá gerar mais de 357 mil novos empregos em 2022 e proporcionar uma arrecadação de mais de R$ 15,8 bilhões aos cofres públicos.

Energia solar deve trazer mais de R$ 50,8 bilhões de investimentos no País este ano

Virando energia, 31 mil toneladas de casca de arroz deixaram de ser descartadas em 2021

Superando os números de 2020, usina termelétrica própria da Fumacense Alimentos gerou 6.720 MW/h de energia no ano passado.

Virando energia, 31 mil toneladas de casca de arroz deixaram de ser descartadas em 2021

5 dicas para economizar energia e começar com o pé direito em 2022

Sabendo dessas dicas, que tal colocar a mão na massa e já se preparar para economizar energia em 2022?

5 dicas para economizar energia e começar com o pé direito em 2022

Dicas para evitar acidentes com eletricidade durante pinturas residenciais

De acordo com a Abracopel, apenas no ano passado, 21 pessoas morreram em acidentes na construção civil em todo o país.

Dicas para evitar acidentes com eletricidade durante pinturas residenciais

Monitoramento remoto de climatização: economia à base da tecnologia

O trabalho de monitoramento acontece por meio de softwares que identificam detalhadamente o desempenho de cada parte do aparelho.

Monitoramento remoto de climatização: economia à base da tecnologia

Majoração do ICMS sobre a conta de energia elétrica – abuso do poder Estatal

A explicação para a discrepante alíquota é simples, todas as pessoas, com maior ou menor poder aquisitivo, consomem energia elétrica.

Majoração do ICMS sobre a conta de energia elétrica – abuso do poder Estatal

Consumo no Mercado Livre de Energia cresce em novembro e setor prevê adesão de mais agentes

Retomada da economia, queda dos preços de mercado e entrada de novos consumidores no ambiente de contratação livre explicam alta.

Consumo no Mercado Livre de Energia cresce em novembro e setor prevê adesão de mais agentes

Brasil inaugura projeto de energia hidrossolar com produção de hidrogênio verde

Usina fica na divisa entre os estados de Minas Gerais e Goiás.

Brasil inaugura projeto de energia hidrossolar com produção de hidrogênio verde

Vai fazer decoração natalina? Confira dicas para evitar acidentes com a rede elétrica

A atenção deve ser redobrada para que não ocorram acidentes, envolvendo a eletricidade.

Vai fazer decoração natalina? Confira dicas para evitar acidentes com a rede elétrica

Cemig abre chamada pública de “Eficiência Energética 2021”

Serão disponibilizados R$ 140 milhões para substituição de equipamentos e instalação de fontes incentivadas.

Cemig abre chamada pública de “Eficiência Energética 2021”

Minas isenta tributos para importação de equipamentos de energia solar e eólica

A medida garante aos projetos instalados em território mineiro acesso a bons fornecedores de componentes.

Minas isenta tributos para importação de equipamentos de energia solar e eólica

Usinas solares de grande porte atingem 4 GW e R$ 21,3 bilhões de investimentos no Brasil

Desde 2012, os empreendimentos fotovoltaicos geraram mais de 120 mil empregos acumulados e equivalem hoje a 2,2% da matriz elétrica no País,

Usinas solares de grande porte atingem 4 GW e R$ 21,3 bilhões de investimentos no Brasil