Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Atenção na contratação de profissionais para reparos no lar

Atenção na contratação de profissionais para reparos no lar

27/06/2017 Marcos Bisi

Para se cercar de todos os cuidados procure saber quem é o profissional e documente tudo.

Atenção na contratação de profissionais para reparos no lar

Para o mais simples ou para o mais complexo reparo em uma residência, existe uma lista sem-fim de profissionais: eletricistas, encanadores, pintores, pedreiros, marceneiros e por aí vai. Seja apenas para o conserto de uma torneira ou para a renovação de toda a instalação elétrica do imóvel, é possível encontrar gente disponível e interessada em auxiliar no socorro necessário. A questão é: quem contratar? Diante desse cenário, importante certificar-se de que o profissional é realmente idôneo. Para tanto, converse com outros clientes, amigos e vizinhos sobre os serviços por ele prestados. Procure saber da qualidade, da pontualidade e do preço praticados e sempre consulte mais de um orçamento, três dará uma boa referência.

Feita a escolha, deixe registrado em contrato tudo aquilo que for combinado com o prestador do serviço, seja ele uma empresa ou profissional liberal (autônomo). Nesse “contrato” procure inserir todas as obrigações e os direitos de cada uma das partes, de forma bem detalhada. No caso de um pedreiro que precisa efetuar algum reparo, por exemplo, descreva o que deve ser reparado, de preferência com todo o material que deverá ser aplicado, a quantidade de profissionais envolvidos na equipe e, principalmente, o prazo de execução, a forma de pagamento e a garantia pelos serviços prestados. Lembre-se que tanto você, quanto o profissional/empresa devem assinar o documento.

Evite fazer pagamentos antecipados e não quite todo o serviço adiantado. Desta maneira, o prestador de serviços perde o interesse, pois já estará com todo o dinheiro no bolso. Uma dica: pague a última parcela somente com a conclusão e teste do serviço prestado. Exija Nota Fiscal e guarde todo e qualquer documento e/ou recibo. Em caso de defeito ou dúvida, pague apenas quando o problema for resolvido. Se isso não acontecer, tente solucionar de forma amigável, caso contrário, procure o Procon de sua cidade ou um dos Juizados Especiais Cíveis (indicados para as causas com valor de até 40 vezes o salário mínimo vigente).

*Marcos Bisi é responsável pelos departamentos Jurídico e de Recursos Humanos da SIL, uma das principais fabricantes brasileiras de fios e cabos destinados às instalações elétricas com tensões até 1kV (baixa tensão). 



Revestimento solar colorido de Dubai chega ao Brasil

Dubai tem metas audaciosas: gerar 25% de sua energia a partir de fontes limpas até 2030 e 75% até 2050, o equivalente a 42 mil megawatts.

Revestimento solar colorido de Dubai chega ao Brasil

Nas festas juninas todo cuidado é pouco

Uma das festividades mais populares do Brasil, os “arraiás juninos” tradicionalmente são os que mais deixam as ruas ornamentadas.

Nas festas juninas todo cuidado é pouco

Oportunidades de negócios no mercado energia

FIEMG realiza workshop gratuito sobre mercado livre de energia. Inscrições abertas.


Redução de gastos na conta de luz pode chegar a 95% com energia solar

O País possui 71.701 sistemas fotovoltaicos conectados à rede, trazendo economia e sustentabilidade ambiental a 88.741 unidades consumidoras.


A crise energética na Venezuela e as consequências para o Brasil

O estado de Roraima é afetado diretamente pelos sucessivos apagões que afetam a Venezuela, já que grande parte da energia consumida no estado é proveniente do país vizinho.


Energia solar fotovoltaica: a próxima onda do mercado livre de energia

A estimativa é de que a fonte ultrapasse a marca de 3.000 MW ainda em 2019.

Energia solar fotovoltaica: a próxima onda do mercado livre de energia

Contas da Cemig terão reajuste médio de 8,73%

Para clientes residenciais, impacto na conta de luz será de 6,93%

Contas da Cemig terão reajuste médio de 8,73%

Um perigo constante: acidentes com celulares e dispositivos móveis

Segundo dados da Associação Brasileira de Conscientização dos Perigos de Eletricidade (Abracopel), em 2018 foram registrados 41 acidentes com celulares no Brasil, que resultaram em 23 mortes.

Um perigo constante: acidentes com celulares e dispositivos móveis

Falta de energia elétrica pode acabar através do uso de bioprodutos

“A biomassa é uma saída muito interessante para a carência energética. Com os resíduos é possível fazer energia própria”.

Falta de energia elétrica pode acabar através do uso de bioprodutos

IX CIERTEC apresenta inovações na feira de energia

Evento reunirá empresas e especialistas para apresentar as tendências e novidades do mercado elétrico voltados à Indústria.


Acidentes com origem elétrica aumentaram em 2018

Foram registradas 622 mortes por choques elétricos no ano passado

Acidentes com origem elétrica aumentaram em 2018

Maio terá bandeira amarela na tarifa de energia elétrica

Confira dicas para evitar aumento significativo nas contas

Maio terá bandeira amarela na tarifa de energia elétrica