Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Atrasos na homologação de fotovoltaicos geram perdas

Atrasos na homologação de fotovoltaicos geram perdas

26/06/2018 Da Redação

Cada projeto instalado demora, em média, quatro meses para ser homologado.

Atrasos na homologação de fotovoltaicos geram perdas

De acordo com o levantamento, a distribuidora demora, em média, quatro meses para homologar cada instalação de sistema fotovoltaico de geração distribuída, período que deveria durar, no máximo, uma semana. Este atraso acarreta cobranças de impostos e impede que o consumidor possa utilizar os créditos de energia junto às concessionárias de imediato, que segundo a regulamentação da ANEEL, deveria ser, na maioria dos casos, de até 34 dias.

Segundo dados do setor, o Brasil possui atualmente 30 mil telhados com sistemas fotovoltaicos instalados, que representam 270 megawatts de potência. “Como a demanda pela energia solar em residências tem crescido significativamente nos últimos anos, o prazo de homologação precisa ser reduzido e o processo deve ser acompanhado mais de perto pela agência reguladora, justamente para não impactar no consumidor”, esclarece Rodolfo Meyer, CEO do Portal Solar.

Fonte: Retoque Comunicação 



Nas festas juninas todo cuidado é pouco

Uma das festividades mais populares do Brasil, os “arraiás juninos” tradicionalmente são os que mais deixam as ruas ornamentadas.

Nas festas juninas todo cuidado é pouco

Oportunidades de negócios no mercado energia

FIEMG realiza workshop gratuito sobre mercado livre de energia. Inscrições abertas.


Redução de gastos na conta de luz pode chegar a 95% com energia solar

O País possui 71.701 sistemas fotovoltaicos conectados à rede, trazendo economia e sustentabilidade ambiental a 88.741 unidades consumidoras.


A crise energética na Venezuela e as consequências para o Brasil

O estado de Roraima é afetado diretamente pelos sucessivos apagões que afetam a Venezuela, já que grande parte da energia consumida no estado é proveniente do país vizinho.


Energia solar fotovoltaica: a próxima onda do mercado livre de energia

A estimativa é de que a fonte ultrapasse a marca de 3.000 MW ainda em 2019.

Energia solar fotovoltaica: a próxima onda do mercado livre de energia

Contas da Cemig terão reajuste médio de 8,73%

Para clientes residenciais, impacto na conta de luz será de 6,93%

Contas da Cemig terão reajuste médio de 8,73%

Um perigo constante: acidentes com celulares e dispositivos móveis

Segundo dados da Associação Brasileira de Conscientização dos Perigos de Eletricidade (Abracopel), em 2018 foram registrados 41 acidentes com celulares no Brasil, que resultaram em 23 mortes.

Um perigo constante: acidentes com celulares e dispositivos móveis

Falta de energia elétrica pode acabar através do uso de bioprodutos

“A biomassa é uma saída muito interessante para a carência energética. Com os resíduos é possível fazer energia própria”.

Falta de energia elétrica pode acabar através do uso de bioprodutos

IX CIERTEC apresenta inovações na feira de energia

Evento reunirá empresas e especialistas para apresentar as tendências e novidades do mercado elétrico voltados à Indústria.


Acidentes com origem elétrica aumentaram em 2018

Foram registradas 622 mortes por choques elétricos no ano passado

Acidentes com origem elétrica aumentaram em 2018

Maio terá bandeira amarela na tarifa de energia elétrica

Confira dicas para evitar aumento significativo nas contas

Maio terá bandeira amarela na tarifa de energia elétrica

Cemig investe em ações de eficiência energética nos hospitais mineiros

Iniciativas geram economia de energia e otimizam os serviços das instituições.

Cemig investe em ações de eficiência energética nos hospitais mineiros