Portal O Debate
Grupo WhatsApp


BH recebe o maior evento do setor elétrico brasileiro

BH recebe o maior evento do setor elétrico brasileiro

25/07/2019 Da Redação

Seminário promete estimular o debate sobre os novos desafios do setor elétrico.

Belo Horizonte será a capital nacional do setor elétrico entre os dias 10 e 13 de novembro. Nessas datas, a cidade receberá a 25ª edição do Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica (SNPTEE). O evento tem o objetivo de capacitar e desenvolver as habilidades dos profissionais envolvidos com atividades técnicas e ambientais cada vez mais complexas.

O SNPTEE, que surgiu na década de 1970, está prestes a completar 50 anos. Essa será quarta vez em que o seminário acontecerá em solo mineiro. As edições anteriores em Minas Gerais foram realizadas em Belo Horizonte, em 1973 e 1987, e em Uberlândia, em 2003.

O superintendente de Planejamento e Operação de Geração e Transmissão da Cemig e coordenador-geral do XXV SNPTEE, Nelson Benício, destaca o encontro como uma oportunidade de promover o intercâmbio de informações e compartilhar conhecimento sobre os diversos players do setor elétrico nacional e internacional.

“O público do seminário é composto por profissionais experientes e iniciantes, representando diversas empresas, seja de engenharia, consultoria, centros de pesquisa, universidades, fabricantes de equipamentos e outras inúmeras que atuam no setor elétrico, tanto no Brasil como no exterior”, afirma Benício.

A cada edição, o SNPTEE reúne aproximadamente 1,8 mil participantes. Neste ano, a novidade será o Next Generation Network Showcase (NGNS), uma iniciativa do Comitê Internacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica (Cigré). O mostruário visa propiciar aos jovens membros da organização a chance de apresentarem seus trabalhos a um público especializado e desfrutarem da possibilidade de desenvolver e construir networking desde o início de suas carreiras.

A coordenação do SNPTEE tem sido feita em sistema de rodízio desde o seu início, em 1971. À frente da organização do evento estiveram grandes empresas, tais como Itaipu, CTEEP, Cemig, Copel, Furnas, Chesf, Eletrosul e Eletronorte.

As inscrições para o XXV SNPTEE serão abertas no dia 20 de agosto. Mais detalhes podem ser obtidos no site do evento.

Sobre o SNPTEE

Promovido pelo CIGRE-Brasil, o SNPTEE é o maior evento técnico do país e um dos maiores do mundo na área de sistemas elétricos. O seminário tem reunido, a cada dois anos, os principais profissionais das concessionárias de energia elétrica, universidades, centros de pesquisa, empresas de engenharia e consultoria, fabricantes de equipamentos e instituições correlatas, além de consumidores do Brasil e do exterior.

Durante o SNPTEE, o público pode conferir apresentações e discussões de trabalhos técnicos em plenárias, que buscam promover o intercâmbio de informações técnicas e gerenciais.

Os desafios técnicos do sistema elétrico brasileiro e as inovações tecnológicas em escala mundial estão contemplados no escopo e na lista de temas dos 16 grupos de estudo que constituem o SNPTEE. Entre os destaques estão: inserção da geração intermitente; sistema de transmissão associado às grandes usinas hidroelétricas na Região Amazônica; integração de meios de storage (armazenamento); implantação da geração distribuída, da microgeração e redes inteligentes; impacto das alterações climáticas e ambientais; captação e desenvolvimento dos recursos humanos para superar desafios.

Após uma reformulação, o SNPTEE terá dois novos grupos de estudos neste ano: sistemas de distribuição e sistemas de geração eólica, solar e armazenamento. As mudanças alinham-se às tendências observadas no setor elétrico, permitindo aos participantes debater temas relevantes e cruciais para o crescimento sustentável das empresas de energia elétrica.

SERVIÇO | XXV SNPTEE

Data: de 10 a 13 de novembro de 2019
Local: Expominas - Centro de Feiras de Minas Gerais George Norman Kutova
Endereço: Avenida Amazonas, 6200, Gameleira - Belo Horizonte/MG

Mais informações: www.xxvsnptee.com.br

Fonte: Cemig



Aprenda a avaliar os desperdícios de energia elétrica no ar condicionado

Você sabia que nos setores comercial e de serviços o consumo do ar condicionado pode atingir até 50% do consumo total de uma edificação?

Aprenda a avaliar os desperdícios de energia elétrica no ar condicionado

Energia solar gera três vezes mais benefícios do que custos aos brasileiros

Setor rebate cálculos incompletos da Aneel e Ministério da Economia, incluindo na análise os ganhos para consumidores e sociedade.

Energia solar gera três vezes mais benefícios do que custos aos brasileiros

Idec recorre de decisão que mantém subsídios na conta de luz

Entidade contestou posição do TCU de permitir que consumidores paguem na conta de luz incentivos para setores e empresas que não têm relação com o setor de energia.


Governo e Congresso fecham questão em favor da energia solar fotovoltaica

Para a ABSOLAR, Projeto de Lei proposto por Jair Bolsonaro, com o apoio dos presidentes da Câmara e do Senado, beneficia o cidadão, gera empregos e acelera o crescimento do País.

Governo e Congresso fecham questão em favor da energia solar fotovoltaica

Angra 1 bate recorde de produção de energia em 2019

Energia poderia abastecer cidades como Belo Horizonte e Fortaleza.

Angra 1 bate recorde de produção de energia em 2019

Nota em resposta às afirmações do diretor-geral da Aneel de que o incentivo à energia solar gera aumento nas contas de luz

Esta argumentação cria confusão no entendimento do papel do produtor solar no mercado de energia elétrica.


Anel Rodoviário recebe nova iluminação

Uma das vias mais movimentadas de Belo Horizonte , o Anel Rodoviário Celso Melo de Azevedo está recebendo iluminação Led.

Anel Rodoviário recebe nova iluminação

Veja como instalar enfeites natalinos sem correr riscos

Atenção deve ser redobrada para que não aconteçam acidentes envolvendo energia elétrica.

Veja como instalar enfeites natalinos sem correr riscos

A Mori Energia concluiu emissão de R$ 300 milhões em debêntures

A empresa desenvolve e implanta ativos ligados à geração distribuída por fonte de energia renovável, primordialmente usinas solares fotovoltaicas.


Geração distribuída reduziu R$ 66 milhões para o sistema elétrico brasileiro somente em novembro

Audiência pública realizada no Senado debateu mudanças propostas pela Aneel que podem inviabilizar o setor de energia solar no Brasil.

Geração distribuída reduziu R$ 66 milhões para o sistema elétrico brasileiro somente em novembro

Geração Distribuída

Retomada de discussões geram incertezas no setor de energia renováveis.


MEC libera R$ 60 milhões para instalação de usinas fotovoltaicas em instituições federais

A ideia é que a iniciativa alie economia de gastos públicos a sustentabilidade.

MEC libera R$ 60 milhões para instalação de usinas fotovoltaicas em instituições federais