Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Brasil não adotará mais o horário de verão

Brasil não adotará mais o horário de verão

25/04/2019 Da Redação

Segundo governo, a economia de energia com o horário de verão diminuiu nos últimos anos e, neste ano, estaria perto da neutralidade

Brasil não adotará mais o horário de verão

O Brasil não adotará mais o horário de verão a partir deste ano. O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta quinta-feira (25/04) decreto que extingue a medida, em cerimônia no Palário do Planalto.

A decisão foi baseada em recomendação do Ministério de Minas e Energia, que apontou pouca efetividade na economia energética, e estudos da área da saúde, sobre o quanto o horário de verão afeta o relógio biológico das pessoas.

“As conclusões foram coincidentes. O horário de pico hoje é às 15 horas e [o horário de verão] não economizava mais energia. Na saúde, mesmo sendo só uma hora, mexia com o relógio biológico das pessoas”, disse, ressaltando que não deve haver queda na produtividade dos trabalhadores nesse período.

De acordo com o secretário de Energia Elétrica do MME, Ricardo Cyrino, a economia de energia com o horário de verão diminuiu nos últimos anos e, neste ano, estaria perto da neutralidade. “Na ótica do setor elétrico, deixamos de ter o benefício”, disse.

O horário de verão foi criado em 1931 e aplicado no país em anos irregulares até 1968, quando foi revogado. A partir de 1985, foi novamente instituído e vinha sendo aplicado todos os anos, sem interrupção. Normalmente, o horário de verão começava entre os meses de outubro e novembro e ia até fevereiro do ano subsequente, quando os relógios deveriam ser adiantados em uma hora em parte do território nacional.

Fonte: Agência Brasil



Contas da Cemig terão reajuste médio de 8,73%

Para clientes residenciais, impacto na conta de luz será de 6,93%

Contas da Cemig terão reajuste médio de 8,73%

Um perigo constante: acidentes com celulares e dispositivos móveis

Segundo dados da Associação Brasileira de Conscientização dos Perigos de Eletricidade (Abracopel), em 2018 foram registrados 41 acidentes com celulares no Brasil, que resultaram em 23 mortes.

Um perigo constante: acidentes com celulares e dispositivos móveis

Falta de energia elétrica pode acabar através do uso de bioprodutos

“A biomassa é uma saída muito interessante para a carência energética. Com os resíduos é possível fazer energia própria”.

Falta de energia elétrica pode acabar através do uso de bioprodutos

IX CIERTEC apresenta inovações na feira de energia

Evento reunirá empresas e especialistas para apresentar as tendências e novidades do mercado elétrico voltados à Indústria.


Acidentes com origem elétrica aumentaram em 2018

Foram registradas 622 mortes por choques elétricos no ano passado

Acidentes com origem elétrica aumentaram em 2018

Maio terá bandeira amarela na tarifa de energia elétrica

Confira dicas para evitar aumento significativo nas contas

Maio terá bandeira amarela na tarifa de energia elétrica

Cemig investe em ações de eficiência energética nos hospitais mineiros

Iniciativas geram economia de energia e otimizam os serviços das instituições.

Cemig investe em ações de eficiência energética nos hospitais mineiros

Perspectivas para a Geração Centralizada Solar Fotovoltaica no Brasil

O mito de que a energia solar fotovoltaica era cara já caiu por terra.

Perspectivas para a Geração Centralizada Solar Fotovoltaica no Brasil

Financiamento para energia solar fotovoltaica: informação é ferramenta indispensável

Mais da metade dos novos projetos entraram em operação em 2018.

Financiamento para energia solar fotovoltaica: informação é ferramenta indispensável

Mitos e verdades sobre a energia solar

A instalação dos painéis solares pode ser considerado um investimento de médio e longo prazo

Mitos e verdades sobre a energia solar

Uso inadequado de instalações elétricas pode causar incêndios

Ventilador e ar condicionado são principais causadores de acidentes.

Uso inadequado de instalações elétricas pode causar incêndios

Governo confirma que não haverá horário de verão em 2019

Bolsonaro diz que tomou decisão com base em estudos que apontaram para o fim dos benefícios da mudança de horário.

Governo confirma que não haverá horário de verão em 2019