Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Conheça as primeiras telhas fotovoltaicas de concreto do Brasil

Conheça as primeiras telhas fotovoltaicas de concreto do Brasil

31/08/2021 Divulgação

As vendas começaram voltadas a clientes selecionados no Estado de São Paulo e futuramente serão ampliadas para todo o país.

Conheça as primeiras telhas fotovoltaicas de concreto do Brasil

A Eternit – companhia especializada no fornecimento de matérias-primas, produtos e soluções para o setor de construção civil, e líder de mercado no segmento de coberturas – iniciou a comercialização, neste mês, das suas telhas fotovoltaicas de concreto BIG-F10. O produto Tégula Solar, uma das principais apostas em tecnologia da companhia, é inédito no mercado brasileiro e permite a transformação da luz solar em energia elétrica

Neste primeiro momento, as telhas foram vendidas para clientes selecionados no Estado de São Paulo e próximos à unidade fabril, em Atibaia. A seleção foi feita pela equipe técnica e comercial da empresa com base na capacidade inicial de produção e na formação de um portfólio de projetos de referência para diversas condições climáticas, padrões construtivos e possibilidades de aplicação.

O novo produto é parte do processo de reestruturação da empresa e está alinhado à estratégia de construção de um portfólio de produtos sustentável e inovador. “Queremos democratizar o acesso à energia elétrica originada a partir de fontes renováveis no Brasil, através de uma tecnologia revolucionária que pode gerar retornos sobre o investimento em um período de 3 a 5 anos", destaca o presidente do Grupo Eternit, Luís Augusto Barbosa.

“O que existe hoje em larga escala são placas fotovoltaicas cujos modelos precisam ser instalados em cima dos telhados, nem sempre prezando pela melhor estética”, explica Luiz Antonio Lopes, responsável pela área de Desenvolvimento de Novos Negócios da Eternit. “O Grupo Eternit aposta no imenso potencial de mercado da nova telha fotovoltaica em todo o país. Seus diferenciais são únicos no mundo, por ser um produto de alto valor agregado, fácil instalação, seguro e mais disruptivo do que as soluções atuais a partir de um modelo esteticamente avançado. Foram três anos de testes e de adaptações para chegarmos ao modelo ideal, com as células fotovoltaicas integradas no material. No caso da Tégula Solar, aplicadas diretamente no concreto respeitando o formato em curvas das telhas. O efeito visual fica muito bonito”, diz.

A empresa se prepara para uma comercialização mais ampla e em volume crescente nos próximos meses.

Testes rigorosos

Aprovada e registrada pelo Inmetro desde 2019, a telha Tégula Solar mede 36,5 cm por 47,5 cm e é composta de concreto, com a incorporação de células fotovoltaicas em sua superfície. Possui uma potência de 9,16 watts, o que representa uma capacidade média mensal de produção de 1,15 Kwh, com vida útil estimada em 20 anos.

“É um produto de fácil instalação e que não interfere na arquitetura das construções, com peso e estrutura semelhantes ao das telhas convencionais, mas que agrega valor ao telhado, além de oferecer proteção, conforto térmico e acústico”, acrescenta Luiz Antonio Lopes.

Para alcançar o resultado esperado, o produto passou por uma série de rigorosos testes de desempenho e durabilidade, no Brasil e no exterior, ao longo de quase três anos. Em 2019, foram iniciados testes em instalações internas. Já no início de 2020, foram realizadas instalações no laboratório de sistemas fotovoltaicos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em Florianópolis, e no Instituto de Engenharia e Ambiente da Universidade de São Paulo (IEE/USP). Na sequência, vieram as implementações de projetos-pilotos em localidades e condições climáticas diversas do país.

Neste ano, em mais uma demonstração de rigor e preocupação com a vida útil do produto, a Eternit enviou novas amostras para o Instituto PI Berlin, na Alemanha, laboratório referência em testes de produtos fotovoltaicos no mundo. “O Instituto é capaz de realizar testes que não são viáveis no Brasil. Portanto, foi uma etapa crucial para a validação da tecnologia”, ressalta Lopes. 

Para mais informações sobre Energia Solar clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Ryto Comunicação Estratégica



Energia solar de grandes usinas ultrapassa carvão na matriz elétrica brasileira

De acordo com ABSOLAR, já são 3,8 gigawatts (GW) em usinas fotovoltaicas de grande porte ante a 3,6 GW em termelétricas fósseis à carvão mineral.

Energia solar de grandes usinas ultrapassa carvão na matriz elétrica brasileira

Condomínios residenciais buscam alternativa para reduzir custo de energia

Além de preservar o meio ambiente, geração de energia a partir do biogás ajuda na redução de gastos.

Condomínios residenciais buscam alternativa para reduzir custo de energia

Cemig investe mais de R$6 milhões na modernização de escolas públicas em 2021 

A meta é de que, até 2022, todas as unidades em Minas Gerais sejam contempladas com as melhorias.

Cemig investe mais de R$6 milhões na modernização de escolas públicas em 2021 

Aneel cria nova bandeira tarifária, e conta de luz fica mais cara

Custo de 100 kilowatt-hora passará de R$ 9,49 para R$ 14,20 até abril.

Aneel cria nova bandeira tarifária, e conta de luz fica mais cara

A “Revolução Solar” chega às empresas

A crescente utilização da energia solar está longe de terminar.

A “Revolução Solar” chega às empresas

Cemig e TJMG firmam parceria para economia de energia

Energia economizada com a modernização da iluminação do TJMG é equivalente ao abastecimento de 1.560 residências de famílias classificadas como baixa renda.

Cemig e TJMG firmam parceria para economia de energia

Curso: Economia de Energia nos Aparelhos de Ar Condicionado

Você sabia que o consumo do ar condicionado pode atingir até 50% do consumo total de uma edificação?  Neste curso você vai aprender como reduzir estas despesas.

Curso: Economia de Energia nos Aparelhos de Ar Condicionado

EDP lança podcast Energia para Inovar

Episódios discutirão temas relacionados às mudanças no setor elétrico e suas implicações na sociedade.

EDP lança podcast Energia para Inovar

Energia limpa para a recuperação econômica

O etanol de cana-de-açúcar completa o aporte do setor à matriz energética nacional.

Energia limpa para a recuperação econômica

Confira dicas para economizar na hora do banho

No inverno, a regulagem e o maior tempo de funcionamento do chuveiro elevam a conta de energia.

Confira dicas para economizar na hora do banho

Eletrobras: uma nova empresa

A Câmara dos Deputados aprovou as mudanças na medida provisória (MP) que abre caminho para a privatização da Eletrobras.

Eletrobras: uma nova empresa

Cemig expande serviços de alerta de reservatórios

Ferramenta, que já reúne informações dos 42 reservatórios da companhia em Minas Gerais, vai ser aprimorado e terá também informações de mineradoras e outros setores.

Cemig expande serviços de alerta de reservatórios