Portal O Debate
Grupo WhatsApp

FAPESP e Shell selecionam projeto para novo Centro de Pesquisa

FAPESP e Shell selecionam projeto para novo Centro de Pesquisa

11/05/2017 Divulgação

Workshop apresentará os principais temas de pesquisa esclarecerá a Chamada de Propostas.

FAPESP e Shell selecionam projeto para novo Centro de Pesquisa

A FAPESP e a Shell realizam em 16 de maio, na sede da FAPESP, um workshop para discussão dos temas de investigação científica e tecnológica do futuro Centro de Pesquisa em Novas Energias, que será cofinanciado pela Fundação e pela empresa.

A chamada de propostas para apresentação de projetos de constituição do Centro foi lançada em abril e o prazo de apresentação de projetos encerra em 9 de junho. A divulgação dos resultados será em 1º de setembro de 2017.

O Centro de Pesquisa em Novas Energias realizará pesquisas que poderão viabilizar novas oportunidades de negócio ao explorar desafios tecnológicos relacionados ao desenvolvimento de novos carregadores de energia de baixo custo, abundantes e limpos, assim como novas rotas para converter metano em produtos químicos.

“A colaboração com a Shell, empresa que tem intensa atividade própria de P&D, é de enorme valor para a FAPESP em seu objetivo de aumentar o impacto da pesquisa feita no Estado de São Paulo. Os desafios científicos e tecnológicos apresentados no edital buscam propostas avançadas e não incrementais, que possam efetivamente ter efeitos em escala mundial, e há em São Paulo uma comunidade de pesquisa apta a enfrentá-los”, disse Carlos Henrique de Brito Cruz, diretor científico da FAPESP.

O Centro poderá ter financiamento por até 10 anos no âmbito do Programa Centros de Pesquisa em Engenharia, da FAPESP. Para os primeiros cinco anos de atividade está previsto um aporte de recursos da ordem de R$ 16,7 milhões compartilhados pela FAPESP e a Shell. A instituição-sede do projeto selecionado na chamada de propostas participará com contrapartida econômica na forma de salários de pesquisadores e pessoal de apoio, infraestrutura e instalações.

O workshop será aberto por José Goldemberg, presidente da FAPESP, Carlos Henrique de Brito Cruz, diretor científico, André Lopes Araújo, presidente da Shell Brasil, e Jane Zhang, gerente-geral de P&D da Shell no Brasil.

“A evolução do sistema energético mundial tem seguido linhas que foram inovadoras há 20 anos atrás, como a energia eólica, energia fotovoltaica e tecnologia de biomassa, mas que estão necessitando agora de um novo impulso. O objetivo do centro não é a melhoria dessas tecnologias, que estão hoje em implantação, mas explorar novas fronteiras, isto é, trabalhar na vanguarda do conhecimento científico”, disse José Goldemberg, presidente da FAPESP.

“Temos hoje um imenso desafio em prover mais energia para uma população mundial crescente e em busca de uma qualidade de vida melhor. Precisaremos acompanhar este crescimento de demanda e, ao mesmo tempo, produzir mais energia com menos emissão de CO2. Para a Shell, estar na vanguarda das pesquisas de novas energias ao lado de instituições de ponta como a FAPESP é a prova de nosso compromisso com o Brasil e com um futuro energético mais limpo”, afirmou André Araújo, presidente da Shell Brasil.

Os temas em foco no workshop Centro de Pesquisa em Novas Energias seguem os temas centrais de pesquisa das quatro divisões do Centro: transportadores de alta densidade de energia; armazenamento avançado de energia; conversão de metano em produtos; e ciência computacional de materiais.

Participam das apresentações e discussões científicas o professor Luiz Nunes de Oliveira, coordenador da área de Programas Especiais e Colaborações em Pesquisa da FAPESP, e os representantes da área de Pesquisa e Desenvolvimento do Grupo Shell Ajay Mehta, gerente-geral de Pesquisa de Longo Alcance (Long Range Research - LRR); Joep Huijsmans, assessor técnico sênior; Leonardo Spanu, pesquisador sênior; e Flávia Cassiola, pesquisadora brasileira da Shell Internacional, Produção e Exploração.

O texto da Chamada de Propostas está publicado em: http://www.fapesp.br/en/10896

Fonte:Agência FAPESP



Cemig abre chamada pública de “Eficiência Energética 2021”

Serão disponibilizados R$ 140 milhões para substituição de equipamentos e instalação de fontes incentivadas.

Cemig abre chamada pública de “Eficiência Energética 2021”

Minas isenta tributos para importação de equipamentos de energia solar e eólica

A medida garante aos projetos instalados em território mineiro acesso a bons fornecedores de componentes.

Minas isenta tributos para importação de equipamentos de energia solar e eólica

Usinas solares de grande porte atingem 4 GW e R$ 21,3 bilhões de investimentos no Brasil

Desde 2012, os empreendimentos fotovoltaicos geraram mais de 120 mil empregos acumulados e equivalem hoje a 2,2% da matriz elétrica no País,

Usinas solares de grande porte atingem 4 GW e R$ 21,3 bilhões de investimentos no Brasil

Inteligência Artificial: um novo patamar para o gerenciamento de energia

Gerenciamento de energia, eficiência energética, redução de custos, maior produtividade....

Inteligência Artificial: um novo patamar para o gerenciamento de energia

Risco de apagão. Mais um desafio

O Brasil vive, no ano de 2021, a maior seca em mais de 100 anos.

Risco de apagão. Mais um desafio

O futuro da independência energética

A possibilidade de gerar energia própria em nossas casas, escritórios, hotéis e hospitais é algo bastante atraente do ponto de vista econômico e ambiental.

O futuro da independência energética

Horário de verão não resulta em economia de energia, aponta estudo do MME

Medidas adotadas são suficientes para os períodos seco e úmido

Horário de verão não resulta em economia de energia, aponta estudo do MME

Eficiência Energética em Ferrovias

O setor ferroviário brasileiro, representado por sua indústria e pelas concessionárias de transporte de passageiros e de carga, encontra-se em permanente desenvolvimento tecnológico.

Eficiência Energética em Ferrovias

Fonte solar atinge marca histórica de 11 gigawatts no Brasil, celebra ABSOLAR

Desde 2012, setor já atraiu mais de R$ 57,2 bilhões em novos investimentos e gerou mais de 330 mil empregos acumulados no País.

Fonte solar atinge marca histórica de 11 gigawatts no Brasil, celebra ABSOLAR

Heineken facilita acesso à energia verde para bares e restaurantes

Meta é alcançar 50% dos pontos de venda da marca no Brasil, até 2030.

Heineken facilita acesso à energia verde para bares e restaurantes

Belo Horizonte ganha projeto de energia solar em estação de ônibus

Módulos fotovoltaicos flexíveis da L8 Energy foram instalados na estação tubo da UFMG, em Belo Horizonte, em iniciativa de sustentabilidade.

Belo Horizonte ganha projeto de energia solar em estação de ônibus

Cientistas desenvolvem tecnologia de energia eólica inédita no Brasil

Grupo da UFSC é pioneiro nesse tipo de estudo na América Latina.

Cientistas desenvolvem tecnologia de energia eólica inédita no Brasil