Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Gerador ligado, economia garantida

Gerador ligado, economia garantida

28/07/2010 Divulgação

Estabelecimentos comerciais recorrem ao uso de geradores para evitar perdas financeiras e garantir sucesso no mercado.

Supermercados, peixarias, escritórios, panificadoras, hospitais, clínicas em geral. Todos estes estabelecimentos dependem de energia elétrica, seja para garantir a qualidade de seus produtos ou manter o funcionamento de aparelhos e máquinas. Hoje, com a instabilidade do setor elétrico, o uso de geradores para fins comerciais já é comum, pois garante proteção contra imprevistos.

Segundo o técnico de produtos da Branco, Gilmar Nied, adotar o uso desse equipamento evita imprevistos e fornece energia para manter os aparelhos em funcionamento. “Não há como trabalhar sem eletricidade. Em um apagão ou quedas bruscas de energia, ficamos sem desenvolver as atividades e perdemos tempo e dinheiro. Então é necessário que fábricas, hospitais, clínicas e outros lugares adquiram um gerador como fonte de reserva para não viverem situações de risco”, explica.

Em alguns casos, quando não há utilização de geradores a economia de seu negócio pode ser totalmente comprometida. Se uma peixaria, por exemplo, não mantiver seus congeladores ligados, toda a pesca pode ser desperdiçada. “Já em locais como lojas e escritórios a ausência de luz elétrica pode dificultar o processamento de dados eletrônicos e o contato com fornecedores”, diz Nied.

Além do convencional, esses equipamentos também são indicados para utilização em locais onde ainda não se tenha energia, como por exemplo, plantas de trabalho em pontos isolados. “Lugares de difícil acesso também podem apresentar dificuldade de obtenção de eletricidade, então o uso de um gerador auxilia o trabalhador neste caso. O equipamento pode garantir luz onde a energia é mínima”, completa o técnico.

Assim como são diferentes as necessidades e ocasiões, são variados os modelos de geradores que a Branco disponibiliza no mercado. No caso de estabelecimentos comerciais os mais indicados são aqueles de pequeno ou médio porte (0,95 KVA a 15KVA). Conforme Gilmar, há modelos que podem ser operados manualmente ou por um painel de controle automático. “Por serem pequenos, são práticos, de fácil manuseio e de transporte, mas é necessário lembrar que a instalação deve ser feita por um eletricista especializado”, ressalta.

Fonte: Literato Comunicação e Conteúdo | Nume Comunicação



Brasil é 4º país no mundo que mais cresceu com projetos de energia solar no último ano

Brasil acrescentou em 2021 cerca de 5,7 gigawatts (GW) da fonte solar na geração própria de energia em residências e empresas.

Brasil é 4º país no mundo que mais cresceu com projetos de energia solar no último ano

Redução da taxa de energia vai favorecer pequenos negócios, diz Sebrae

Segmento foi o mais afetado pela pandemia, afirma economista.

Redução da taxa de energia vai favorecer pequenos negócios, diz Sebrae

Minas Trifásico vai investir R$ 1,8 bilhão na modernização da rede elétrica rural

Até 2027, serão 30 mil quilômetros de novas linhas rurais, aumentando a capacidade de carga em benefício da população.

Minas Trifásico vai investir R$ 1,8 bilhão na modernização da rede elétrica rural

Fontes de energia eólica e solar geraram em 2021, 10% da eletricidade global

Dados estão no relatório Revisão Global de Eletricidade.

Fontes de energia eólica e solar geraram em 2021, 10% da eletricidade global

Lojistas já economizaram mais de R$ 2 milhões na tarifa de energia elétrica

Economia foi possível após contratação, via CDL/BH,de energia solar ofertada pela Cemig SIM.

Lojistas já economizaram mais de R$ 2 milhões na tarifa de energia elétrica

O mercado livre de energia e os novos desafios da era digital

Hoje em dia temos várias fontes além das hidrelétricas, como as energias eólica, biomassa ou solar.

O mercado livre de energia e os novos desafios da era digital

Programa de Gestão Energética de São Paulo economiza R$ 3,3 milhões

Somente com as revisões e adequações de 723 aditivos de contratos por demanda, a economia gerada representará R$ 19 milhões aos cofres do estado.

Programa de Gestão Energética de São Paulo economiza R$ 3,3 milhões

PL que moderniza sistema elétrico brasileiro pode diminuir o preço da energia

O Projeto de Lei 414/2021 oferece a oportunidade do cliente escolher o seu fornecedor e a fonte da energia que irá utilizar.

PL que moderniza sistema elétrico brasileiro pode diminuir o preço da energia

Capacitação sobre Eficiência Energética e Economia de Energia no Poder Público

O programa aborda as diferentes formas e ferramentas para obter maior eficiência energética em edificações e infraestruturas de saneamento.

Capacitação sobre Eficiência Energética e Economia de Energia no Poder Público

Comercializadora assina contrato inédito para importar gás natural da Bolívia

Tradener fecha contrato com a YPFB e poderá trazer inicialmente até 2,2 milhões de metros cúbicos de gás natural para o mercado livre brasileiro.

Comercializadora assina contrato inédito para importar gás natural da Bolívia

Fontes de energia renovável: vantagens e desvantagens das usadas atualmente no Brasil

Embora muito se fale sobre a necessidade de substituir as energias não renováveis por renováveis, alguns detalhes são importantes para entender até onde é possível avançar e colocá-las em prática.

Fontes de energia renovável: vantagens e desvantagens das usadas atualmente no Brasil

O perigo ligado à tomada

Todo circuito elétrico bem dimensionado dispõe de disjuntores que protegem os fios que alimentam as tomadas que por sua vez, atendem as cargas.

O perigo ligado à tomada