Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Novos recursos para expandir oferta de energias

Novos recursos para expandir oferta de energias

05/10/2018 Da Redação

Com recursos do Fundo Clima, linha de crédito foca microempresas e pessoas físicas. BNDES anuncia R$ 2 bilhões para apoiar investimentos.

Novos recursos para expandir oferta de energias

Pessoas físicas e microempresas de todo o país terão acesso a um novo financiamento para instalações de energias renováveis. A medida será possível graças à linha de crédito lançada pelo governo federal. Serão R$ 228 milhões provenientes do Fundo Nacional sobre Mudança do Clima (Fundo Clima), vinculado ao Ministério do Meio Ambiente (MMA).

O diferencial deste financiamento será a redução da taxa de juros e a possibilidade de pessoas físicas e microempresas. A taxa de juros será de 4% para os que têm renda anual de até R$ 90 mil. Para rendimentos anuais superiores a R$ 90 mil, a taxa será de 4,5%. A carência é de três a 24 meses e o prazo máximo de amortização é de 12 anos.

EXPANSÃO

Para facilitar o acesso dos recursos, o BNDES firmou um convênio com a Caixa Econômica Federal e outros bancos de desenvolvimento para que também possam operar o Fundo Clima. Só a Caixa dispõe de 5 mil agências espalhadas por todo o Brasil.

A expectativa é aquecer o mercado e chegar a até 18 mil instalações de painéis solares em pequenas propriedades, principalmente nas zonas rurais, considerando um custo médio de R$ 15 mil a R$ 25 mil.

FINAME

Uma linha permanente para apoiar investimentos em fontes renováveis também foi lançada pelo BNDES. Com dotação inicial de R$ 2 bilhões, a linha Finame Energia Renovável permite que clientes como condomínios, empresas, cooperativas, produtores rurais e pessoas físicas possam financiar até 100% do total a ser aplicado nos equipamentos, com prazos de pagamento de até 120 meses e carência de até 24 meses.

Os equipamentos a serem financiados devem estar habilitados para esta linha de financiamento na base do BNDES, que exige que sejam novos, nacionais e cumpram requisitos de conteúdo local. Com isso, a iniciativa contribui diretamente para a estruturação da cadeia produtiva de fornecedores de equipamentos de geração de energia renovável.

O FUNDO CLIMA

Neste ano, o Fundo Clima já havia oferecido R$ 220 milhões em crédito para o mercado de fotovoltaicas, esgotados em menos de 60 dias. Agora, com esse novo aporte de R$ 228 milhões, o Fundo poderá fechar somente em 2018 com 80% do valor investido desde que foi criado, em 2009, R$ 560 milhões.

O Fundo Nacional sobre Mudança do Clima é um instrumento da Política Nacional sobre Mudança do Clima e tem a finalidade de financiar projetos, estudos e empreendimentos voltados para a redução de emissões de gases de efeito estufa e para a adaptação aos efeitos da mudança do clima.

Vinculado ao MMA, o Fundo Clima disponibiliza recursos em duas modalidades: reembolsável e não-reembolsável. Os recursos reembolsáveis são administrados pelo BNDES e os não reembolsáveis, pelo MMA.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do MMA



Banco do Brasil abre edital para locação de energia solar

Com foco na sustentabilidade, BB é a primeira instituição do segmento público a realizar licitação no modelo de locação para geração distribuída.

Banco do Brasil abre edital para locação de energia solar

Primeira usina hidrelétrica da América Latina completa 130 anos

Geradores do Complexo Hidrelétrico de Marmelos, em Juiz de Fora, estão em atividade até hoje.

Primeira usina hidrelétrica da América Latina completa 130 anos

Seminário gratuito estimula pequenos negócios a produzirem a própria energia

Evento do Sebrae Minas será realizado em Belo Horizonte no dia 3 de setembro.

Seminário gratuito estimula pequenos negócios a produzirem a própria energia

Não perca dinheiro com o ar condicionado

Você sabia que nos setores comercial e de serviços o consumo do ar condicionado pode atingir até 50% do consumo total de uma edificação?

Não perca dinheiro com o ar condicionado

Mortes em incêndios por sobrecarga de energia crescem mais de 100%

Especialista orienta sobre os cuidados necessários para evitar acidentes com a rede elétrica.

Mortes em incêndios por sobrecarga de energia crescem mais de 100%

Pesquisa indica que 87% das pessoas acham conta de luz cara no país

Para 57% da população o custo da energia cairia caso houvesse abertura do mercado.

Pesquisa indica que 87% das pessoas acham conta de luz cara no país

Mercado Livre de Energia Elétrica completa 21 anos

O mercado livre de energia elétrica é uma realidade crescente no Brasil.


BRF reduz em 45% consumo de energia em computadores

Empresa implementou novo dispositivo em cerca de 12.000 máquinas e deixou de usar 1,6 milhão de kWh, o suficiente para abastecer 850 residências ao ano.

BRF reduz em 45% consumo de energia em computadores

Empresa de energia solar anuncia investimento de R$ 21 bi em Minas Gerais

Maior desenvolvedora de projetos solares da América Latina vai ampliar atuação no estado.

Empresa de energia solar anuncia investimento de R$ 21 bi em Minas Gerais

Cemig publica edital de R$ 50 milhões para captação de projetos de eficiência energética

Chamada Pública de 2019 é oportunidade para consumidor adequar consumo de energia.


Congresso discute fontes renováveis de energia em Belo Horizonte

Circuito Nacional do Setor Elétrico reunirá especialistas do setor para discutir futuro da geração, transmissão e distribuição no país.


Porcos geram energia para cidade paranaense

215 t de dejetos suínos são transformados em biogás para cidade de 4 mil habitantes.

Porcos geram energia para cidade paranaense