Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Luz mais cara: veja como reduzir os custos

Luz mais cara: veja como reduzir os custos

04/07/2018 Divulgação

Mesmo para quem já tem o hábito de poupar, é preciso redrobrar o cuidado e para que não haja susto na hora de pagar a conta.

Luz mais cara: veja como reduzir os custos

Um valor que poucos se atentam e causam danos nas finanças das famílias é a conta de luz, porém, por mais que sempre escutássemos nossas mães gritando para apagarmos a luz, nunca o impacto nos bolsos foram tão grandes, principalmente com aumentos recentes na cobrança desse serviço em praticamente todo país.

Só para ficar em alguns exemplos, em São Paulo o aumento ficará em 15% neste mês, no Rio em junho o aumento foi de 13% e em Tocantins o aumento médio está em torno de 10,3%. Assim, a recomendação um olhar mais atento para esse gasto e ter estratégias para mudanças.

Veja algumas orientações de consumo consciente que podem fazer a diferença na ponta do lápis:

De olho no chuveiro

Segundo dados do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel), o chuveiro elétrico é um dos grandes vilões no preço da conta de luz, representando cerca de 25% do valor em uma casa com quatro pessoas. Por isso é preciso sempre ficar atento à duração dos banhos diários, mesmo que no inverno, principalmente das crianças, que aproveitam para se divertir nesse momento.

Substitua as lâmpadas

Outra medida que pode fazer a diferença é substituir as lâmpadas convencionais por lâmpadas de LED, que além de economizar muito mais energia, iluminam melhor e têm uma durabilidade maior, sem a necessidade de serem trocadas com tanta frequência.

Abra as janelas

Durante o dia, tente aproveitar melhor a luz natural dos ambientes da sua casa ou apartamento abrindo as cortinas ou janelas. Nem sempre é preciso acender a luz para todas as atividades do cotidiano.

Ar condicionado

Em dias mais quentes, utilizar o ar condicionado para manter o ambiente climatizado é, sem dúvida, muito bom, mas é válido manter o aparelho entre 23ºC e 26ºC, pois quanto mais as temperaturas baixerem, o consumo tende a aumentar proporcionalmente.

Desligue os aparelhos

Nem todos se atentam a esse detalhe, mas deixar aparelhos eletrônicos conectados na tomada, mesmo que desligados, gera o consumo de energia elétrica, portanto lembre-se de conectá-los apenas quando for utilizá-los.

Cuidado com a geladeira

Ficar abrindo a geladeira a todo momento sem necessidade faz com que ela consuma mais energia, portanto abra-a apenas quando for pegar ou guardar algum alimento. Sempre que possível, faça o degelo do seu refrigerador, pois o gelo acumulado faz o motor trabalhar mais, consequentemente gastanto mais energia. Verifique se a borracha da porta está em boas condições: uma boa forma de fazer isso é prender uma folha de papel na porta, se ela sair com facilidade é sinal que está na hora de trocar a borracha.

Viu como pode ser simples e fácil se tornar um consumidor mais consciente? Além de contribuir para o seu bolso, você também ajuda na preservação do meio ambiente, portanto faça o exercício de tentar mudar os hábitos no dia-a-dia e drible o aumento da energia.

Se você quer ver mais dicas para economizar em sua empresa ou na sua propriedade rural veja o site Eficiência Máxima

Fonte: DSOP Educação Financeira 



Brasil é 4º país no mundo que mais cresceu com projetos de energia solar no último ano

Brasil acrescentou em 2021 cerca de 5,7 gigawatts (GW) da fonte solar na geração própria de energia em residências e empresas.

Brasil é 4º país no mundo que mais cresceu com projetos de energia solar no último ano

Redução da taxa de energia vai favorecer pequenos negócios, diz Sebrae

Segmento foi o mais afetado pela pandemia, afirma economista.

Redução da taxa de energia vai favorecer pequenos negócios, diz Sebrae

Minas Trifásico vai investir R$ 1,8 bilhão na modernização da rede elétrica rural

Até 2027, serão 30 mil quilômetros de novas linhas rurais, aumentando a capacidade de carga em benefício da população.

Minas Trifásico vai investir R$ 1,8 bilhão na modernização da rede elétrica rural

Fontes de energia eólica e solar geraram em 2021, 10% da eletricidade global

Dados estão no relatório Revisão Global de Eletricidade.

Fontes de energia eólica e solar geraram em 2021, 10% da eletricidade global

Lojistas já economizaram mais de R$ 2 milhões na tarifa de energia elétrica

Economia foi possível após contratação, via CDL/BH,de energia solar ofertada pela Cemig SIM.

Lojistas já economizaram mais de R$ 2 milhões na tarifa de energia elétrica

O mercado livre de energia e os novos desafios da era digital

Hoje em dia temos várias fontes além das hidrelétricas, como as energias eólica, biomassa ou solar.

O mercado livre de energia e os novos desafios da era digital

Programa de Gestão Energética de São Paulo economiza R$ 3,3 milhões

Somente com as revisões e adequações de 723 aditivos de contratos por demanda, a economia gerada representará R$ 19 milhões aos cofres do estado.

Programa de Gestão Energética de São Paulo economiza R$ 3,3 milhões

PL que moderniza sistema elétrico brasileiro pode diminuir o preço da energia

O Projeto de Lei 414/2021 oferece a oportunidade do cliente escolher o seu fornecedor e a fonte da energia que irá utilizar.

PL que moderniza sistema elétrico brasileiro pode diminuir o preço da energia

Capacitação sobre Eficiência Energética e Economia de Energia no Poder Público

O programa aborda as diferentes formas e ferramentas para obter maior eficiência energética em edificações e infraestruturas de saneamento.

Capacitação sobre Eficiência Energética e Economia de Energia no Poder Público

Comercializadora assina contrato inédito para importar gás natural da Bolívia

Tradener fecha contrato com a YPFB e poderá trazer inicialmente até 2,2 milhões de metros cúbicos de gás natural para o mercado livre brasileiro.

Comercializadora assina contrato inédito para importar gás natural da Bolívia

Fontes de energia renovável: vantagens e desvantagens das usadas atualmente no Brasil

Embora muito se fale sobre a necessidade de substituir as energias não renováveis por renováveis, alguns detalhes são importantes para entender até onde é possível avançar e colocá-las em prática.

Fontes de energia renovável: vantagens e desvantagens das usadas atualmente no Brasil

O perigo ligado à tomada

Todo circuito elétrico bem dimensionado dispõe de disjuntores que protegem os fios que alimentam as tomadas que por sua vez, atendem as cargas.

O perigo ligado à tomada