Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Shopping Oiapoque adota projetos sustentáveis

Shopping Oiapoque adota projetos sustentáveis

16/02/2009 Divulgação

O Shopping Oiapoque, um dos maiores centros de comércio popular de Belo Horizonte, adotou projeto de eficientização energética e entrou para o hall das empresas sustentáveis.


O Shopping Oi, como é conhecido, passou recentemente por reformas para reduzir o desperdício de energia. As modificações tiveram respaldo num diagnóstico energético e as ações foram realizadas de acordo com um projeto luminotécnico. A economia está atingindo 53% da conta de energia elétrica.

Com 900 lojas e o aumento do número de consumidores o suprimento de energia do shopping não estava atendendo aos lojistas. Havia queda de energia várias vezes ao dia e, com a proximidade do Natal, quando o número de clientes chegaria a 70 mil pessoas por dia, a administração resolveu melhorar a qualidade da instalação. A primeira solução pensada foi a construção de uma subestação subterrânea exclusiva, que foi inviabilizada pelo alto custo de implantação.

A solução veio por meio da parceria entre o shopping, as empresas Eficiência Máxima Consultoria e a Itaim Iluminação. Segundo o diretor administrativo do shopping, Marcílio Nogueira Rocha, a proposta era melhorar a qualidade do fornecimento apenas substituindo alguns equipamentos. “Ficamos interessados na proposta da Eficiência Máxima e Itaim por atender às nossas necessidades de prazo, custo e qualidade. Não pensamos duas vezes em entrar nesse empreendimento”, afirma. 

Parceria para dar certo
A parceria reuniu a Eficiência Máxima, consultoria especializada em soluções energéticas, a Itaim Iluminação, fornecedora de sistemas de iluminação de alto rendimento e o Shopping OI com a determinação de melhorar a qualidade em sua instalação. O projeto eliminou a necessidade da construção de uma subestação apenas com a substituição de equipamentos de iluminação e ventilação.

Segundo o consultor da Eficiência Máxima, Sinval Lins Silva, as oportunidades de ganhos energéticos foram detectadas no diagnóstico, que identificou que os equipamentos utilizados tinham tecnologia obsoleta e desperdiçavam demais. “Ao substituir esses equipamentos, por outros mais modernos e eficientes, os ganhos energéticos foram excelentes. É importante pensar no conforto ambiental dos usuários do local e dos próprios lojistas. Esses são os ingredientes de um estudo de eficiência energética de sucesso”, ressalta Sinval.

O projeto trocou os equipamentos de iluminação dos corredores, lojas e áreas comuns do shopping. Ao todo foram substituídas 1600 lâmpadas, sendo que 500 estão localizadas nos corredores e as demais nas lojas. O novo sistema possui luminárias espelhadas de alto rendimento, lâmpadas de 14 e 28 Watts e reatores de baixa perda.

"O mais interessante neste estudo é que a quantidade de lâmpadas foi dobrada para uniformizar a distribuição de luz do local, embora o consumo de energia tenha sido reduzido quase pela metade."

Anteriormente o shopping utilizava 12 tipos de lâmpadas diferentes, que gerava um elevado estoque de reposição. Hoje, existem somente dois tipos, reduzindo o investimento e a logística desse estoque. 

Ventilação de primeira
Outro ponto relevante do projeto foi a ventilação. Os 125 ventiladores fixos “Furacões” de 200 Watts, utilizados nas lojas, foram substituídos por outros de 40 Watts com a mesma performance e melhor sensação de ventilação. Com a instalação de mais 32 ventiladores de alta potência nos corredores proporcionou um maior conforto aos usuários do shopping.

No telhado foram instalados 36 exaustores eólicos e 8 com acionamento fotovoltaico. Os eólicos são acionados por meio do ar quente que sobe e pressiona os exaustores para que funcionem. Os fotovoltaicos utilizam o sol como fonte de energia elétrica para movimentar um pequeno motor que succiona o ar quente de dentro do ambiente para fora.

Algumas medidas administrativas importantes contribuíram com o sucesso do projeto, como a retirada de letreiros luminosos que funcionavam 24 horas por dia. Circulares foram distribuídas orientando e restringindo o uso de equipamentos que desperdiçam energia.

Após o início das obras, o Shopping Oi não registrou mais nenhuma ocorrência de desligamento. “Passamos a época do Natal com tranqüilidade, sem nos preocupar com o aumento do número de clientes e conseqüente o consumo de energia, que foi 30% superior”, ressalta Marcílio. 

Projeto sustentável
A redução de carga no shopping permitiu que seus administradores investissem na redução do uso de energia e em outros insumos como a água. “Reformamos a parte hidráulica recentemente e, apenas, com a reutilização da água das torneiras do banheiro masculino nos mictórios já estamos economizando cerca de R$ 2 mil por mês”, explica Marcílio.

Os investimentos do Shopping Oiapoque foram de R$ 300 mil, que deverá ter retorno em dois anos. 

Para mais informações:
Eficiência Máxima Consultoria
www.eficienciamaxima.com.br

Itaim Iluminação
www.itaimiluminacao.com.br



Heineken facilita acesso à energia verde para bares e restaurantes

Meta é alcançar 50% dos pontos de venda da marca no Brasil, até 2030.

Heineken facilita acesso à energia verde para bares e restaurantes

Belo Horizonte ganha projeto de energia solar em estação de ônibus

Módulos fotovoltaicos flexíveis da L8 Energy foram instalados na estação tubo da UFMG, em Belo Horizonte, em iniciativa de sustentabilidade.

Belo Horizonte ganha projeto de energia solar em estação de ônibus

Cientistas desenvolvem tecnologia de energia eólica inédita no Brasil

Grupo da UFSC é pioneiro nesse tipo de estudo na América Latina.

Cientistas desenvolvem tecnologia de energia eólica inédita no Brasil

Primeiro marketplace de compra e venda de energia supera expectativas

Hud Cotação, da Esfera Energia, facilita cotações, auditorias e redução de gastos. Após quatro meses do lançamento, plataforma já movimentou R$ 123 milhões.

Primeiro marketplace de compra e venda de energia supera expectativas

Cemig e Governo de Minas investem em 200 novas subestações

Investimentos que vão melhorar o fornecimento de energia e favorecer a geração de empregos foram anunciados em Governador Valadares.

Cemig e Governo de Minas investem em 200 novas subestações

Cemig lista 10 dicas simples para economizar energia

Mudanças nos hábitos de consumo podem fazer grande diferença no final do mês,

Cemig lista 10 dicas simples para economizar energia

Energia solar de grandes usinas ultrapassa carvão na matriz elétrica brasileira

De acordo com ABSOLAR, já são 3,8 gigawatts (GW) em usinas fotovoltaicas de grande porte ante a 3,6 GW em termelétricas fósseis à carvão mineral.

Energia solar de grandes usinas ultrapassa carvão na matriz elétrica brasileira

Condomínios residenciais buscam alternativa para reduzir custo de energia

Além de preservar o meio ambiente, geração de energia a partir do biogás ajuda na redução de gastos.

Condomínios residenciais buscam alternativa para reduzir custo de energia

Cemig investe mais de R$6 milhões na modernização de escolas públicas em 2021 

A meta é de que, até 2022, todas as unidades em Minas Gerais sejam contempladas com as melhorias.

Cemig investe mais de R$6 milhões na modernização de escolas públicas em 2021 

Aneel cria nova bandeira tarifária, e conta de luz fica mais cara

Custo de 100 kilowatt-hora passará de R$ 9,49 para R$ 14,20 até abril.

Aneel cria nova bandeira tarifária, e conta de luz fica mais cara

Conheça as primeiras telhas fotovoltaicas de concreto do Brasil

As vendas começaram voltadas a clientes selecionados no Estado de São Paulo e futuramente serão ampliadas para todo o país.

Conheça as primeiras telhas fotovoltaicas de concreto do Brasil

A “Revolução Solar” chega às empresas

A crescente utilização da energia solar está longe de terminar.

A “Revolução Solar” chega às empresas