Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Um perigo constante: acidentes com celulares e dispositivos móveis

Um perigo constante: acidentes com celulares e dispositivos móveis

20/05/2019 Da Redação

Segundo dados da Associação Brasileira de Conscientização dos Perigos de Eletricidade (Abracopel), em 2018 foram registrados 41 acidentes com celulares no Brasil, que resultaram em 23 mortes.

Um perigo constante: acidentes com celulares e dispositivos móveis

Carregadores falsificados também pode danificar os dispositivos móveis, já que a produção deles não atendem aos padrões internacionais exigidos pelos fabricantes regularizados. “Eles têm um preço bastante atrativo, mas não trazem segurança alguma”, ressalta Demetrio Aguiar, Engenheiro do Trabalho da Cemig.

“O carregador ‘pirata’ é feito de forma relativamente simplificada. Alguns itens importantes para a segurança dos usuários são inexistentes. Nos casos em que o carregador apresenta defeito, há o risco de a tensão de entrada, que é de 127 ou 220 volts chegar à saída, , podendo danificar o aparelho, ocasionando, ainda, choque elétrico, explosões e princípios de incêndio. Por isso, o ideal é desconectá-lo do carregador ao atender chamadas ou enviar mensagens”, orienta o engenheiro. O mesmo vale para carregadores portáteis (“powerbanks” e capas carregadoras).

O carregamento deve ser feito com o aparelho sobre uma superfície lisa e bem ventilada sem a capinha de proteção para melhorar o arrefecimento, livre de materiais combustíveis como tecidos de toalhas de mesa, cortinas, forração de sofás, entre outros. “Em caso de princípio de incêndio, tais materiais queimarão com facilidade e propagarão as chamas a outros ambientes”, alerta Demetrio.

O especialista destaca também que dispositivos móveis devem ser evitados em alguns ambientes. “O uso em banheiros e cozinhas é ainda mais preocupante, pois esses locais contêm água nas pias, lavatórios e vasos sanitários. Se um aparelho entrar em contato com a água, ele pode estragar e, caso esteja conectado ao carregador, até provocar choque elétrico na pessoa que o manuseia”, afirma.

Outro alerta importante é que, durante as tempestades, o smartphone ou tablet só poderá ser utilizado se ele não estiver conectado ao carregador. Isso porque os raios podem percorrer a rede elétrica do imóvel e atingir o carregador do dispositivo. Eventuais instabilidades na rede elétrica também podem facilitar a passagem de corrente através do carregador.

Há locais em que o uso de celulares é proibido, a exemplo de postos de combustíveis e em alguns ambientes industriais. Deve-se se seguir a sinalização de orientação desses locais.

Fonte: Cemig



Revestimento solar colorido de Dubai chega ao Brasil

Dubai tem metas audaciosas: gerar 25% de sua energia a partir de fontes limpas até 2030 e 75% até 2050, o equivalente a 42 mil megawatts.

Revestimento solar colorido de Dubai chega ao Brasil

Nas festas juninas todo cuidado é pouco

Uma das festividades mais populares do Brasil, os “arraiás juninos” tradicionalmente são os que mais deixam as ruas ornamentadas.

Nas festas juninas todo cuidado é pouco

Oportunidades de negócios no mercado energia

FIEMG realiza workshop gratuito sobre mercado livre de energia. Inscrições abertas.


Redução de gastos na conta de luz pode chegar a 95% com energia solar

O País possui 71.701 sistemas fotovoltaicos conectados à rede, trazendo economia e sustentabilidade ambiental a 88.741 unidades consumidoras.


A crise energética na Venezuela e as consequências para o Brasil

O estado de Roraima é afetado diretamente pelos sucessivos apagões que afetam a Venezuela, já que grande parte da energia consumida no estado é proveniente do país vizinho.


Energia solar fotovoltaica: a próxima onda do mercado livre de energia

A estimativa é de que a fonte ultrapasse a marca de 3.000 MW ainda em 2019.

Energia solar fotovoltaica: a próxima onda do mercado livre de energia

Contas da Cemig terão reajuste médio de 8,73%

Para clientes residenciais, impacto na conta de luz será de 6,93%

Contas da Cemig terão reajuste médio de 8,73%

Falta de energia elétrica pode acabar através do uso de bioprodutos

“A biomassa é uma saída muito interessante para a carência energética. Com os resíduos é possível fazer energia própria”.

Falta de energia elétrica pode acabar através do uso de bioprodutos

IX CIERTEC apresenta inovações na feira de energia

Evento reunirá empresas e especialistas para apresentar as tendências e novidades do mercado elétrico voltados à Indústria.


Acidentes com origem elétrica aumentaram em 2018

Foram registradas 622 mortes por choques elétricos no ano passado

Acidentes com origem elétrica aumentaram em 2018

Maio terá bandeira amarela na tarifa de energia elétrica

Confira dicas para evitar aumento significativo nas contas

Maio terá bandeira amarela na tarifa de energia elétrica

Cemig investe em ações de eficiência energética nos hospitais mineiros

Iniciativas geram economia de energia e otimizam os serviços das instituições.

Cemig investe em ações de eficiência energética nos hospitais mineiros