Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Um perigo constante: acidentes com celulares e dispositivos móveis

Um perigo constante: acidentes com celulares e dispositivos móveis

20/05/2019 Da Redação

Segundo dados da Associação Brasileira de Conscientização dos Perigos de Eletricidade (Abracopel), em 2018 foram registrados 41 acidentes com celulares no Brasil, que resultaram em 23 mortes.

Um perigo constante: acidentes com celulares e dispositivos móveis

Carregadores falsificados também pode danificar os dispositivos móveis, já que a produção deles não atendem aos padrões internacionais exigidos pelos fabricantes regularizados. “Eles têm um preço bastante atrativo, mas não trazem segurança alguma”, ressalta Demetrio Aguiar, Engenheiro do Trabalho da Cemig.

“O carregador ‘pirata’ é feito de forma relativamente simplificada. Alguns itens importantes para a segurança dos usuários são inexistentes. Nos casos em que o carregador apresenta defeito, há o risco de a tensão de entrada, que é de 127 ou 220 volts chegar à saída, , podendo danificar o aparelho, ocasionando, ainda, choque elétrico, explosões e princípios de incêndio. Por isso, o ideal é desconectá-lo do carregador ao atender chamadas ou enviar mensagens”, orienta o engenheiro. O mesmo vale para carregadores portáteis (“powerbanks” e capas carregadoras).

O carregamento deve ser feito com o aparelho sobre uma superfície lisa e bem ventilada sem a capinha de proteção para melhorar o arrefecimento, livre de materiais combustíveis como tecidos de toalhas de mesa, cortinas, forração de sofás, entre outros. “Em caso de princípio de incêndio, tais materiais queimarão com facilidade e propagarão as chamas a outros ambientes”, alerta Demetrio.

O especialista destaca também que dispositivos móveis devem ser evitados em alguns ambientes. “O uso em banheiros e cozinhas é ainda mais preocupante, pois esses locais contêm água nas pias, lavatórios e vasos sanitários. Se um aparelho entrar em contato com a água, ele pode estragar e, caso esteja conectado ao carregador, até provocar choque elétrico na pessoa que o manuseia”, afirma.

Outro alerta importante é que, durante as tempestades, o smartphone ou tablet só poderá ser utilizado se ele não estiver conectado ao carregador. Isso porque os raios podem percorrer a rede elétrica do imóvel e atingir o carregador do dispositivo. Eventuais instabilidades na rede elétrica também podem facilitar a passagem de corrente através do carregador.

Há locais em que o uso de celulares é proibido, a exemplo de postos de combustíveis e em alguns ambientes industriais. Deve-se se seguir a sinalização de orientação desses locais.

Fonte: Cemig



Mercado Livre de Energia Elétrica completa 21 anos

O mercado livre de energia elétrica é uma realidade crescente no Brasil.


BRF reduz em 45% consumo de energia em computadores

Empresa implementou novo dispositivo em cerca de 12.000 máquinas e deixou de usar 1,6 milhão de kWh, o suficiente para abastecer 850 residências ao ano.

BRF reduz em 45% consumo de energia em computadores

Não perca dinheiro com o ar condicionado

Você sabia que nos setores comercial e de serviços o consumo do ar condicionado pode atingir até 50% do consumo total de uma edificação?

Não perca dinheiro com o ar condicionado

Empresa de energia solar anuncia investimento de R$ 21 bi em Minas Gerais

Maior desenvolvedora de projetos solares da América Latina vai ampliar atuação no estado.

Empresa de energia solar anuncia investimento de R$ 21 bi em Minas Gerais

Cemig publica edital de R$ 50 milhões para captação de projetos de eficiência energética

Chamada Pública de 2019 é oportunidade para consumidor adequar consumo de energia.


Congresso discute fontes renováveis de energia em Belo Horizonte

Circuito Nacional do Setor Elétrico reunirá especialistas do setor para discutir futuro da geração, transmissão e distribuição no país.


Porcos geram energia para cidade paranaense

215 t de dejetos suínos são transformados em biogás para cidade de 4 mil habitantes.

Porcos geram energia para cidade paranaense

Os sistemas fotovoltaicos perdem efetividade no inverno?

Um dos mitos mais propagados é de que os sistemas fotovoltaicos perdem a eficiência durante os períodos mais frios do ano, ou seja, no outono e inverno.

Os sistemas fotovoltaicos perdem efetividade no inverno?

Crescimento da energia solar fotovoltaica é suficiente para abastecer mais de 500 residências por dia no País

Segundo mapeamento da ABSOLAR, uso da tecnologia solar fotovoltaica em telhados e terrenos dobra no primeiro semestre e acrescenta mais de um megawatt a cada 24 horas.

Crescimento da energia solar fotovoltaica é suficiente para abastecer mais de 500 residências por dia no País

BH recebe o maior evento do setor elétrico brasileiro

Seminário promete estimular o debate sobre os novos desafios do setor elétrico.


Cresce uso de energia solar nas empresas

Pelo menos 1/3 dos painéis solares brasileiros estão instalados no meio corporativo.

Cresce uso de energia solar nas empresas

Inteligência para aumentar a eficiência do setor elétrico

O objetivo desse tipo de encontro é detectar e propor soluções práticas para o amanhã.