Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Veja como instalar enfeites natalinos sem correr riscos

Veja como instalar enfeites natalinos sem correr riscos

12/12/2018 Da Redação

Atenção deve ser redobrada para que não aconteçam acidentes envolvendo energia elétrica.

Veja como instalar enfeites natalinos sem correr riscos

As festas de fim de ano se aproximam, e ornamentos luminosos já estão sendo instalados nas fachadas e interiores de prédios e residências. Porém, a utilização desses enfeites requer alguns cuidados devido ao risco de choques, curtos-circuitos e incêndios.

O engenheiro eletricista Demetrio Aguiar, da Cemig, ressalta a importância da utilização de equipamentos de boa qualidade com isolamento elétrico e que sejam testados e certificados pelo Inmetro. As lâmpadas de LED são as mais recomendadas, pois são econômicas e não aquecem.

“Instalações feitas de forma incorreta são perigosas e podem provocar choque elétrico e princípios de incêndio. A instalação dos enfeites deve ser feita de forma segura, de acordo com a especificação técnica de cada aparelho e, principalmente, evitando-se as gambiarras”, alerta o engenheiro.

São consideradas gambiarras as instalações que utilizam diversos fios e adaptadores (benjamins ou “Ts”) para realizar a ligação de diversos enfeites em uma única tomada. “Esses dispositivos provocam sobrecarga e, consequentemente, o mau funcionamento dos aparelhos, podendo causar choque elétrico e princípio de incêndio”, explica Demetrio Aguiar.

A instalação de ornamentos luminosos em áreas externas merece atenção devido à exposição a elementos naturais, como vento e chuva. O engenheiro eletricista da Cemig alerta para a necessidade de proteção dos pontos das conexões e tomadas, além da distância de 1,5 metro da rede elétrica da Cemig, nos casos de instalação de lâmpadas decorativas em fachadas, muros, jardins e árvores.

“Recomenda-se, ainda, instalar enfeites em locais fora do alcance das crianças e dos animais domésticos. Em caso de árvores de Natal com iluminação instaladas no chão, uma sugestão é criar uma barreira física com caixas embrulhadas de presentes para impedir o acesso aos enfeites elétricos”, orienta o engenheiro da Cemig.

Outras recomendações

- Não instale lâmpadas decorativas fixadas aos postes e pontaletes de padrão da Cemig.

- Não utilize enfeites luminosos próximo a piscinas e em lugares úmidos. Isso evita contato acidental da instalação elétrica com a água.

- Isole os arames das árvores natalinas para impedir a energização acidental.

- Desligue os enfeites luminosos antes de dormir ou sair de casa.

- Dê preferência aos enfeites feitos com material impermeável.

- Verifique a proximidade da iluminação decorativa com a rede da Cemig, pois o vento pode fazer os enfeites tocarem a rede.

Fonte: Superintendência de Comunicação Empresarial 



Revestimento solar colorido de Dubai chega ao Brasil

Dubai tem metas audaciosas: gerar 25% de sua energia a partir de fontes limpas até 2030 e 75% até 2050, o equivalente a 42 mil megawatts.

Revestimento solar colorido de Dubai chega ao Brasil

Nas festas juninas todo cuidado é pouco

Uma das festividades mais populares do Brasil, os “arraiás juninos” tradicionalmente são os que mais deixam as ruas ornamentadas.

Nas festas juninas todo cuidado é pouco

Oportunidades de negócios no mercado energia

FIEMG realiza workshop gratuito sobre mercado livre de energia. Inscrições abertas.


Redução de gastos na conta de luz pode chegar a 95% com energia solar

O País possui 71.701 sistemas fotovoltaicos conectados à rede, trazendo economia e sustentabilidade ambiental a 88.741 unidades consumidoras.


A crise energética na Venezuela e as consequências para o Brasil

O estado de Roraima é afetado diretamente pelos sucessivos apagões que afetam a Venezuela, já que grande parte da energia consumida no estado é proveniente do país vizinho.


Energia solar fotovoltaica: a próxima onda do mercado livre de energia

A estimativa é de que a fonte ultrapasse a marca de 3.000 MW ainda em 2019.

Energia solar fotovoltaica: a próxima onda do mercado livre de energia

Contas da Cemig terão reajuste médio de 8,73%

Para clientes residenciais, impacto na conta de luz será de 6,93%

Contas da Cemig terão reajuste médio de 8,73%

Um perigo constante: acidentes com celulares e dispositivos móveis

Segundo dados da Associação Brasileira de Conscientização dos Perigos de Eletricidade (Abracopel), em 2018 foram registrados 41 acidentes com celulares no Brasil, que resultaram em 23 mortes.

Um perigo constante: acidentes com celulares e dispositivos móveis

Falta de energia elétrica pode acabar através do uso de bioprodutos

“A biomassa é uma saída muito interessante para a carência energética. Com os resíduos é possível fazer energia própria”.

Falta de energia elétrica pode acabar através do uso de bioprodutos

IX CIERTEC apresenta inovações na feira de energia

Evento reunirá empresas e especialistas para apresentar as tendências e novidades do mercado elétrico voltados à Indústria.


Acidentes com origem elétrica aumentaram em 2018

Foram registradas 622 mortes por choques elétricos no ano passado

Acidentes com origem elétrica aumentaram em 2018

Maio terá bandeira amarela na tarifa de energia elétrica

Confira dicas para evitar aumento significativo nas contas

Maio terá bandeira amarela na tarifa de energia elétrica