Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Três receitas de Natal boas para cachorro

Três receitas de Natal boas para cachorro

17/12/2019 Da Redação

DogHero ensina a montar uma ceia completa (entrada, prato principal e sobremesa) com ingredientes que o seu cãozinho pode consumir.

Três receitas de Natal boas para cachorro

As festas de fim de ano são marcadas pela mesa farta de alimentos salgados e doces. Comidas que enchem os olhos dos cachorros (sempre atentos), mas que não podem ser consumidas por eles pelo risco de intoxicação e outros problemas de saúde. Pensando nisso, Thaís Matos, veterinária da DogHero , maior empresa de serviços para pets da América Latina que, através do site e app, conecta quem tem animal de estimação a uma comunidade de passeadores, pet sitters e anfitriões amorosos e confiáveis que hospedam em casa, separou o passo a passo de três receitas simples que os pais e mães de cachorro podem preparar para seus filhotes de quatro patas aproveitarem a ceia natalina.

As indicações são para um menu completo (entrada, prato principal e sobremesa) e envolvem apenas ingredientes que podem ser consumidos pelos cães, sem risco à saúde. Pratos práticos e saborosos para cachorro nenhum botar defeito. Lembrando que no caso de cães com restrições alimentares ou alergias é recomendável consultar o veterinário.

Confira abaixo as receitas:

ENTRADA: Patê caseiro para cachorro

Ingredientes:

Um pedaço de fígado bovino

250g de carne moída

Dois pacotes de gelatina incolor sem sabor

Água

Modo de preparo:

Primeiro, siga as instruções dadas na embalagem da gelatina comprada. Normalmente, é preciso dissolvê-la com água e levar ao fogo em seguida. Depois, bata o fígado e a carne moída no liquidificador e, então, quando eles virarem uma espécie de pasta, misture a gelatina a ela com uma colher. Coloque tudo em um pote e leve à geladeira. Em aproximadamente quatro horas, sua consistência estará menos líquida. Quando isso acontecer, o patê caseiro para cachorro já pode ser servido!

"Essa receita é uma boa alternativa para dias festivos, como os dessa temporada de fim de ano, em que você deseja oferecer algo de diferente, como forma de agrado, para seu filhote de quatro patas. Mas ele não deve substituir sua alimentação regular, ok? Em vez disso, o patê caseiro para cachorro pode ser dado em pequenas quantidades junto à ração", orienta Thaís.

A veterinária acrescenta também que não é recomendado que cães comam fígado diariamente. Por isso, o patê deve ser oferecido somente de vez em quando, como na ceia de Natal, por exemplo. "Se seu cachorro não está acostumado a comer carne com frequência, dê porções pequenas para que ele não apresente algum distúrbio gastrointestinal, a famosa dor de barriga. Cachorros com doenças hepáticas ou renais não devem receber esse tipo de comida", afirma a profissional.

Curiosidade: a gelatina sem sabor é ótima para a saúde das articulações, sendo indicada por alguns médicos veterinários como um "plus" para cães que possuem tendência a apresentar problemas como a displasia, por exemplo.

PRATO PRINCIPAL: Almôndega de carne

Ingredientes:

500g de carne moída

½ xícara de farinha de aveia

Uma pitada de sal

Um fio de azeite

Modo de preparo:

Misture a carne com o sal e a farinha de aveia até que ela ganhe uma consistência mais uniforme. Forme as bolinhas de almôndega e deixe descansar por 10 minutos. Unte uma assadeira com um fio de azeite e leve ao forno a 180ºC. O tempo de preparo vai depender principalmente do tamanho das almôndegas. Quando estiverem prontas, espere esfriar e dê ao seu cãozinho um pouco por dia como petisco ou junto à ração.

Essa receita rende várias porções. Depois de prontas, as almôndegas podem ser guardadas na geladeira por até três dias. Se seu cão é de porte pequeno, vale diminuir a receita para evitar exageros. Agora, para os grandões, pode seguir a receita com as sugestões acima.

Importante: antes de oferecer para os seus cachorrinhos alimentos que estavam guardados, verifique se os itens ainda estão com uma boa aparência e aptos para ingestão.

"Apesar de não serem mais carnívoros estritos como os gatos, os cães também gostam muito desse alimento e podem, sim, comê-lo de vez em quando. É claro que oferecer porções de carne diariamente não é muito indicado porque desbalanceia sua dieta. Mas como um agrado, vez ou outra, numa ocasião especial, como as festas de fim de ano, não há problema algum", explica Thaís.

SOBREMESA: Cupcake de banana e cenoura

Ingredientes:

1 ovo grande

1 banana

⅓ xícara de chá de manteiga de amendoim sem açúcar

1 xícara de cenoura ralada

⅓ xícara de chá de óleo vegetal

¼ xícara de chá de mel

1 xícara de chá de farinha de trigo integral

⅓ xícara de chá de farinha de aveia

¼ colher de chá de bicarbonato de sódio

Pasta de amendoim cremosa sem açúcar

Modo de preparo:

Preaqueça o forno em 170° C por 10 minutos. Misture ovo, banana, cenoura, manteiga de amendoim, óleo e mel em uma tigela grande. Em outro recipiente, misture a farinha, o bicarbonato e a aveia. Misture os ingredientes úmidos e secos em uma única tigela. Preencha cada forminha de cupcake e coloque para assar por 15 a 20 minutos. Retire do forno, deixe esfriar. Desenforme cada um e finalize com a pasta de amendoim em cima do cupcake.

"Essa receita reúne ingredientes bastante nutritivos. A banana é uma fruta rica em vitaminas (A, B6 e C), fibras e minerais (cálcio, ferro, fósforo, magnésio e potássio) e pode ser oferecida sem excesso. A farinha de aveia é uma importante fonte de fibras que auxilia o sistema digestivo e a cenoura é rica em vitamina A", explica Thaís. A veterinária reforça que nenhuma receita é recomendada para cães alérgicos ou intolerantes a um ou mais ingredientes. Na dúvida, consulte um veterinário.

Sobre a DogHero

A DogHero é a maior empresa de serviços para cães da América Latina. Pelo seu app e site, conecta pais de cachorro a passeadores e anfitriões que hospedam cães em casa. Atualmente, a comunidade de cuidadores conta com mais de 20 mil anfitriões em 750 cidades no Brasil, Argentina e México que passam por um extenso e rigoroso cadastro e recebem orientação adequada. A DogHero foi fundada em 2014 por Eduardo Baer e por Fernando Gadotti.

Fonte: DogHero



10 curiosidades que você provavelmente não sabe sobre os gatos

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação, o mercado pet brasileiro é o segundo maior do mundo em faturamento, atrás apenas da China.

10 curiosidades que você provavelmente não sabe sobre os gatos

Planos de saúde para pets, vale a pena ter um?

O gasto dos brasileiros com a saúde de seus animais de estimação ultrapassa 2 mil reais por ano.

Planos de saúde para pets, vale a pena ter um?

Saúde bucal canina: saiba como escovar os dentes do seu cão

Você escova os seus dentes periodicamente? E os dentes do seu cachorrinho?

Saúde bucal canina: saiba como escovar os dentes do seu cão

Cuidados com a saúde do seu pet idoso

Especialista da MSD Saúde Animal traz dicas para a manutenção da saúde de animais mais velhos.

Cuidados com a saúde do seu pet idoso

Férias: como viajar com meu cachorro?

A veterinária responsável pela Monello Select, Luana Sartori, dá algumas dicas para que a experiência seja agradável para o bichinho.

Férias: como viajar com meu cachorro?

Seis dicas para proteger o Pet do barulho dos fogos no Reveillón

Tutores podem tomar alguns cuidados simples para evitar acidentes domésticos.

Seis dicas para proteger o Pet do barulho dos fogos no Reveillón

Depressão: Cães e gatos também sofrem com a doença

Às vezes, a mudança de ambiente pode desencadear o problema.

Depressão: Cães e gatos também sofrem com a doença

Cuidados essenciais com o cachorro no fim do ano

Um guia com as principais dicas para garantir que o seu filhote de quatro patas tenha um Natal e um Ano Novo seguros.

Cuidados essenciais com o cachorro no fim do ano

Pets como presente de Natal? Veterinário lista os prós e os contras

Responsabilidades e tempo médio de vida dos bichos devem ser levados em conta antes da compra ou adoção.

Pets como presente de Natal? Veterinário lista os prós e os contras

Decoração de Natal pode ser um perigo para os pets

Pisca-piscas e bolas de vidro estão entre os itens mais prejudiciais à saúde dos animais domésticos, alerta veterinário.

Decoração de Natal pode ser um perigo para os pets

Devo levar meu cão ao shopping?

Estamos falando do local mais frequentado nos finais de semana: o shopping.

Devo levar meu cão ao shopping?

Conheça as plantas venenosas para seu cãozinho

Você já se perguntou quais são as plantas tóxicas para seu melhor amigo?

Conheça as plantas venenosas para seu cãozinho