Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Mercado de carros elétricos avança, mas com público masculino

Mercado de carros elétricos avança, mas com público masculino

25/06/2024 Divulgação

No Dia Internacional das Mulheres na Engenharia, especialista pontua o que é favorável e o que pode ser melhorado sobre eletrificação.

Mercado de carros elétricos avança, mas com público masculino

Embora a frota de veículos elétricos no país ainda seja pequena, o mercado tem mostrado que os eletrificados vêm ganhando cada vez mais espaço. Essa mudança se deve principalmente à crescente conscientização sobre as mudanças climáticas e a necessidade de reduzir a emissão de gases de efeito estufa, além da vantagem frente aos combustíveis tradicionais.

Seguindo tendências mundiais, o Brasil segue com números crescentes e favoráveis aos carros elétricos. De acordo com levantamento da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE) em abril deste ano, as vendas chegaram a 15.206 unidades, com crescimento de 12% em relação a março (13.613) e de 217% sobre abril de 2023 (4.793).

Dia Internacional das Mulheres na Engenharia

Comemorado em 23 de junho, o Dia Internacional das Mulheres na Engenharia ressalta que o público feminino ainda tem um grande espaço para explorar no mundo dos modais elétricos, pois as mulheres ainda são menos propensas a comprar um carro elétrico do que os homens. Um estudo feito nos Estados Unidos pela S&P Global Mobility mostra que as mulheres representam 41,2% dos compradores em uma média geral da indústria, mas esse percentual cai para 28% quando se tratam de veículos eletrificados. 

A redução das emissões associadas ao uso de combustíveis fósseis é um fator crucial ao avaliar o impacto ambiental, ressalta a engenheira e pesquisadora da área de Sistemas Elétricos do Lactec, Ana Paula Oening. “Além disso, são veículos modernos, com bastante tecnologia e segurança embutida. Outro grande ponto a favor é a ausência de ruído. Dirigir um carro elétrico é muito gostoso nesse sentido e contribui para reduzir o estresse sonoro a que somos submetidos”, avalia.

A engenheira do Lactec considera que o alto custo do veículo e a reduzida   infraestrutura de carregamento são pontos que geram insegurança. No entanto, a especialista reforça que os pontos positivos tendem a melhorar esses indicadores. 

“As mulheres não são tão motivadas por performance, então considerar os pontos positivos, principalmente a segurança e o aspecto ambiental, pode motivá-las no uso desses veículos. De forma geral, os carros elétricos ainda tem um público muito seleto, que é mais antenado com novidades e tecnologias e preocupado com questões ambientais”, pontua.

Além disso, a engenheira enfatiza que uma entrada mais massiva desses veículos no mercado geraria maior concorrência, o que resultaria em preços menores para viabilizar a aquisição por parte da população. “Também é necessário aumentar a infraestrutura de carregamento, para que as pessoas não tenham receio de ficar sem ´combustível´, principalmente em viagens”, completa.

Foto: Gustavo Fring no Pexels

Para mais informações sobre carros elétricos clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Todos os nossos textos são publicados também no X

Quem somos

Fonte: Pg1 Comunicação



Acasos, cascas e camadas da vida de uma mulher

Em antologia de contos e poemas, Lorena Nery expõe as emoções que borbulham no íntimo feminino na contemporaneidade.

Autor: Divulgação


Confira 5 dicas para aliviar as cólicas menstruais no frio

Ginecologista traz dicas de como amenizar as dores e desconfortos durante o período menstrual.

Autor: Divulgação

Confira 5 dicas para aliviar as cólicas menstruais no frio

O que as mulheres maduras querem ler?

'Todas as Minhas Mortes', uma história sobre o feminino, aborto, perdas íntimas e prenúncios, Paula Klien mostra que nasceu pronta para ser um espelho feminino.

Autor: Divulgação

O que as mulheres maduras querem ler?

A nova era da mulher que conhece seu valor

As mulheres têm demonstrado coragem em denunciar um padrão comportamental prejudicial e ultrapassado, que já não cabe mais em pleno em 2024.

Autor: Gabriela Saab

A nova era da mulher que conhece seu valor

Férias: o que fazer pelo cérebro do seu filho

Ginástica para o Cérebro recomenda descanso e recuperação das exigências e estresse do ano letivo.

Autor: Livia Ciacci

Férias: o que fazer pelo cérebro do seu filho

Futebol feminino: livro resgata história de time proibido de jogar no Brasil

Obra revisita as origens do Primavera Atlético Clube, forçado a fechar sob decreto do Governo Vargas que baniu a presença de mulheres em campo por quase 40 anos.

Autor: Divulgação

Futebol feminino: livro resgata história de time proibido de jogar no Brasil

Gestantes podem treinar? Especialista esclarece benefícios e cuidados

Além dos benefícios para as mamães e para a própria gestação, a atividade física durante esse período traz inúmeras vantagens para o bebê.

Autor: Divulgação

Gestantes podem treinar? Especialista esclarece benefícios e cuidados

Stalking: especialistas analisam as consequências jurídicas do crime no Brasil

Com abordagem multidisciplinar, juristas estudam o fenômeno sob recortes históricos e contextos culturais, da perseguição de celebridades à vulnerabilidade da mulher.

Autor: Divulgação


Liderança feminina na saúde e na ciência é impacto para novas gerações

Elas ocupam cargos de liderança, desafiam estereótipos e inspiram transformações profundas.

Autor: Camila Hartmann

Liderança feminina na saúde e na ciência é impacto para novas gerações

A vida vivida (de verdade) é fora do story

Pedagoga reúne vivências em sala de aula para compor romance juvenil sobre uso excessivo de redes sociais, valorização da aparência e equilíbrio entre saúde física e mental.

Autor: Divulgação


Como doar leite materno?

Médico explica a importância do aleitamento materno e o passo a passo para fazer a coleta e armazenamento corretos.

Autor: Divulgação

Como doar leite materno?

Toda mãe merece (e precisa) conciliar maternidade com bem-estar

A dedicação aos filhos é importante, mas ela precisa ser acompanhada de hábitos que auxiliem uma mãe a permanecer emocionalmente saudável.

Autor: Celso di Lascio

Toda mãe merece (e precisa) conciliar maternidade com bem-estar