Portal O Debate
Grupo WhatsApp


10 lições que aprendi com meu pai

10 lições que aprendi com meu pai

06/08/2015 Bibianna Teodori

Os pais de hoje estão, cada vez mais, perdendo força e identidade. Vejo isso quando comparo os atuais com meu pai, por exemplo.

As gerações vêm mudando muito, dando a sensação que não existe mais aquela determinação do lindo e importante papel de genitor. Um indicativo da falta de identidade é que alguns pais têm problemas em saber se podem ou não desenvolver certas tarefas. É uma grande crise, pois eles demonstram que não têm raízes nem sabem como agir, o que fazer com os próprios filhos.

A diminuição da função paterna tem consequências sobre a estruturação psíquica dos indivíduos na infância e juventude e, indiretamente, sobre a sociedade, que valoriza muito mais a figura materna. Sem dúvida a mãe é uma fonte de segurança para os filhos, contudo, a relação entre mãe e filho necessita da complementação decorrente da função paterna. O pai é aquele que diz não, que declara os limites do possível. Ou pelo menos fazia isso.

A imagem do pai é imprescindível para o desenvolvimento psicológico equilibrado dos filhos e desempenha, com efeito, uma espécie de mediador entre o filho e a realidade. Permite a criança ou adolescente tomar iniciativas, aprender a distinguir entre o certo e o errado e, a partir disso, entender as consequências de uma ou outra escolha.

Às vésperas do Dia dos Pais, quero compartilhar parte de minha história, os ensinamentos que meu pai deixou. Compartilho com vocês 10 lições que aprendi com ele:

1) Um gesto vale mais de mil palavras. Demonstre através do seu comportamento. Se você acha que uma pessoa é importante na sua vida, não basta somente dizer isso; faça algo de concreto.

2) Cada um tem o próprio jeito de expressar o amor. Não existe um jeito mais justo que o outro. Seja você mesmo e compreenda a forma do outro. Há quem saiba dizer “gosto de você” sem grande emoção enquanto há os que fazem isso com um sorriso, com os olhos brilhando. Há quem te dê um abraço de paz e quem, com uma frase simpática, te dará uma tapinha nas costas. Receba o amor na forma na qual é dado. O seu coração saberá reconhecer lo sempre.

3) Falência não existe. Vá além! No final, você simplesmente descobre o que não quer e o que não funciona.

4) Todos os problemas têm solução. Eu aprendi que para um problema há três soluções, cabe a você escolher a certa. Use o problema como uma oportunidade para crescer, aprender e melhorar dia após dia.

5) Seja curioso. Aquela curiosidade que te faz sentir vivo e apaixonado, te faz ver o mundo a cores e te deixa descobrir mil lugares. Leia, leia e leia ainda mais. Seja apaixonadamente curioso. Existem tantas coisas na vida a serem descobertas!

6) Caímos, mas podemos levantar novamente. Lembro muito bem quando aprendi a andar de bicicleta. Meu pai queria me ensinar, mas eu era bem desastrada. Era difícil manter o equilíbrio e acabava sempre no chão, geralmente em lágrimas, com os vestidos sujos e os joelhos ralados. Lembro que meu pai me colocava novamente na bicicleta e, cada vez que eu dizia “não consigo”, ele respondia “você consegue”; a cada meu choramingar de dor, ele falava “passará”. Os machucados físicos passam, mas as lições são aprendizados para sempre.

7) A opinião dos outros não deve plasmar o que você é. As pessoas continuarão a te criticar em qualquer coisa faça. Em vez disso, pergunte-se qual é o primeiro passo que pode dar agora para criar a vida que deseja e ser feliz. Não se sacrifique pelos outros! Nunca!

8) Não existe luz sem sombras. Isso quer dizer que você não é perfeito nem nunca será, mas poderá ser perfeitamente você mesmo com a luz e as suas sombras. As pessoas verdadeiras da sua vida te amarão por tudo aquilo que você é. Com as outras, não se preocupe.

9) A coragem de fazer uma escolha. Você sabe que faz uma escolha quando renuncia a outra. Explore novas oportunidades, mude de ideia, mas escolha sempre! Seja o protagonista de sua vida.

10) Seja presente com as pessoas que você ama. Há momentos em que a vida é mais dura e outros nos quais você coloca tudo a perder. Haverá dias nos quais os joelhos ficarão doloridos, a dor será mais intensa e a vontade de deixar tudo será forte. Momentos nos quais terá desesperadamente a necessidade de um abraço, de sentir aquela voz que te deixa segura e que te acalma.

Aquela presença que te traz paz. Lembre-se: conseguimos receber o amor que somos capazes de doar. Esta é a lição que aprendi do meu pai, porque, no fundo, a capacidade de doar amor é a coisa mais bonita que existe.

Parabéns a todos os pais do mundo!

Fonte: RZT Comunicação

* Bibianna Teodori é Executive e Master Coach, idealizadora e fundadora da Positive Transformation Coaching.

 



A angústia da inovação

Inovação é a bola da vez.


A importância da Cultura Organizacional para a Transformação Digital

A Transformação Digital é uma realidade. Mais do que isso, a tecnologia já é um fator imprescindível para os negócios, acelerando e alterando completamente as atividades de empresas de todos os segmentos.


Os limites da ciência e o renascer da filosofia

A palavra “filosofia” vem da junção de duas palavras gregas: philo (amizade, amor) e sofhia (saber, sabedoria). Logo, filosofia é o amor ao saber.


Inovação alinhada à computação em nuvem e segurança da informação na economia de Minas Gerais

O Estado de Minas Gerais possui a terceira maior participação na economia brasileira, atrás apenas de Rio de Janeiro e São Paulo.


Por que a Lei de proteção de dados é bem-vinda nos dias atuais?

Nestes últimos dias você provavelmente ouviu falar sobre a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), a legislação brasileira que regula o tratamento de dados pessoais no Brasil.


Pandemia deve intensificar transações de M&A no ensino superior privado no Brasil

O uso recorrente da tecnologia das comunicações on-line deve acelerar o processo de seleção natural corporativa na educação.


Que saudades de gritar “gol” no estádio

A maior lacuna que a ausência de público deixa no espetáculo futebolístico é a sonora.

Que saudades de gritar “gol” no estádio

Soluções sustentáveis para impulsionar a economia

Em grego, oikos (eco) significa casa e nomos (nomia) significa lei/ordem.


Aos mestres, com carinho, nossa gratidão!

“Vivemos um tempo atípico” e “Precisamos nos reinventar” são algumas das frases mais pronunciadas nesses últimos meses.


Como a crise ajudou na popularização do Bitcoin?

Com a notícia da pandemia do coronavírus todo o mercado de investimentos tradicional e digital foi impactado com a notícia.


O receio de opinar

Antes de me aposentar, prestei serviço em empresa, que possuía e possui, milhares de trabalhadores.


Uso consciente do crédito pode ajudar a girar o motor da economia

Muita gente torce o nariz quando o assunto é tomar empréstimo, pois quem precisa de crédito pode acabar não conseguindo honrar essa dívida, tornando esse saldo devedor uma bola de neve.