Portal O Debate
Grupo WhatsApp


7 dicas para fazer uma boa apresentação!

7 dicas para fazer uma boa apresentação!

26/04/2018 Reinaldo Passadori

Alguns segredos de preparação para dar uma palestra.

Quem já realizou uma apresentação ou palestra possivelmente tem passado por um sério nervosismo antes, durantes e depois do evento.

O que ocorre é que falta treinamento, sendo que, para que esse momento de contato com o público seja um sucesso são precisos vários aspectos, como interação com o público, visibilidade, conforto e segurança, mas, muitas pessoas ainda se sentem nervosas e ansiosas diante de uma plateia.

Mas, nada de pânico, existem alguns segredos de preparação para dar uma palestra, os quais os quais ajudam a estar organizado e calmo na hora de se apresentar. Vamos conhecer alguns:

1 - Conheça seu público-alvo

Conhecer o público-alvo é o primeiro passo. Saiba se eles são adolescentes, jovens ou adultos e, nesse caso, qual é o seu ramo de trabalho. É preciso ter clareza sobre em quem você focará as suas estratégias de comunicação e, obviamente, cada auditório exigirá estratégias e dinâmicas diferentes.

2 - Saiba qual suporte de multimídia usar

É importante saber previamente qual suporte tecnológico estará à sua disposição, para que o planejamento ocorra de acordo com o material disponível. Muitos palestrantes preparam grandes apresentações em slides e quando chegam no local descobrem que não há computador ou o projetor não funciona.

3 - Planeje o conteúdo a ser apresentado

É importante seguir um esquema linear para a organização do conteúdo:

- apresentação;

- exemplificação;

- demonstração do tema;

- argumentação;

- e conclusão.

Isso vai garantir que sua palestra seja compreendida pela plateia. Então, em primeiro lugar, coloque seu esquema em um papel no formato de tópicos e desenvolva-os de acordo com suas necessidades e o perfil do público.

4 - Planeje a interação com a plateia

A interação com o público é essencial: uma apresentação instigante carrega o público para uma viagem. A plateia precisa ser conquistada desde o início, essa é a principal tarefa do palestrante, e uma das maneiras mais eficazes de promover a atenção é contar histórias.

Comece sua comunicação com um assunto que todos da plateia dominam. Depois, relacione sua história com o tema da palestra e explique a importância do assunto tratado, para que o público entenda a aplicação prática do que você está dizendo em seu próprio cotidiano.

Outra boa estratégia é apresentar um problema e, em seguida, desenvolver a solução para esse impasse. Por fim, dê exemplos, resuma a conferência àquilo que pode ser explicado, levando em consideração o público e o tempo disponível.

5 - Revise o conteúdo antes da palestra

Não se deve deixar o conteúdo para ser preparado de última hora, essa tarefa já foi feita em seu planejamento. Porém, antes de sair de casa ou do escritório, é importante revisar a temática para relembrar alguns pontos.

6 - Trabalhe a presença de palco

Esse é um dos aspectos mais importantes de sua apresentação. Às vezes, para quem não tem a experiência de falar em público, essa pode ser uma experiência difícil. Algumas orientações são essenciais:

- mantenha o contato visual;

- não se mexa muito, principalmente as mãos, e mantenha o equilíbrio;

- não fique preso ao papel ou aos slides;

- respire corretamente.

7 - Não se esqueça: o show deve continuar

Mesmo que ocorra algum equívoco ou algum erro, não se subestime. Se possível, brinque com a situação e continue sua palestra demonstrando a mesma segurança e autonomia sobre o assunto. Sempre tenha um plano B para driblar os imprevistos e aprenda a lidar com o inesperado.

Lógico que o apresentado é só o começo, mas já é um grande passo, vamos lá, colocar em prática é o segredo!

* Reinaldo Passadori é fundador e CEO do Instituto Passadori - Educação Corporativa, já treinou mais de 80 mil profissionais.

Fonte: Ponto Inicial Comunicação



Gestão pública é o caminho contra a corrupção

A corrupção é pré-requisito do desenvolvimento, já dizia Gunnar Myrdall, Prêmio Nobel de Economia, em 1974.


Quando a desinformação é menos tecnológica e mais cultural

Cenário é propício para o descrédito de pesquisas, dados, documentos e uma série de evidências de veracidade.


Igualdade como requisito de existência

Na última cerimônia de entrega do EMMY, o prêmio da TV Norte Americana, um ator negro foi premiado, fruto de reconhecimento praticamente unânime de seu trabalho.


Liderança é comunicação, conexão e confiança

Cada dia que passa, percebo que uma boa comunicação e liderança têm total relação com conexão.


“A educação é a arma mais poderosa…” mas para quem?

Tudo o que se cria ou se ensina no mundo tem dois lados. Geralmente as intenções são boas e as pessoas as tornam ruins.


“Golpe do Delivery”

Entregadores usam máquina de cartão para enganar consumidor.


A inclusão educacional e o mês das crianças

O tema da inclusão está na ordem do dia, dominando as agendas no mês das crianças.


A velha forma de fazer política não tem fim

Ser político no Brasil é um grande negócio, uma dádiva caída do céu, visto as grandes recompensas de toda a ordem obtidas pelos políticos.


Procedimento de segurança

“Havendo despressurização…”, anuncia a comissária, em tom calmo, aos ouvidos dos senhores passageiros daquele voo atrasado, sob a umidade e a monocromia do céu de quase inverno.


Envelhecimento: o tempo passa para todos

Todos nós, em algum momento de nossas vidas, já ouvimos a frase: “o tempo passa para todos”.


Os passos para encontrar a si mesmo e a Deus

Mar da Galileia, Mar de Tiberíades ou Lago de Genesaré, um lugar significativo de tantos milagres e narrativas do Evangelho.


A babá e o beijo

Se eu tinha dúvidas, agora não tenho mais.