Portal O Debate
Grupo WhatsApp

8 de janeiro

8 de janeiro

20/06/2024 Bady Curi Neto

Venho aqui versar a defesa dos patriotas do “mal”

Coloco a beca sobre a mesa
Um pouco que constrangido
Em um país que a censura impera
Antes que versos sejam proibidos

Quem eram todos estes patriotas
Que ousaram contra a democracia?
Manifestantes a destempo
Postaram-se nas portas da caserna
Com barracos improvisados no tempo

Agasalhados pela Constituição
Clamando por um Brasil Melhor
Senhoras, idosos e famílias
Em seu lidimo direito da manifestação
Foram tratados como bandidos
E levaram todos para a Prisão

Vândalos, famílias ou arruaceiros?
Golpistas desarmados de 8 de janeiro
Em turbilhões desorientados
Alguns invadiram as sedes do Estado
Eram simplesmente baderneiros

O que se deu depois daquele instante?
Com aquelas senhoras e senhores
que não invadiram os Palácios da República?
Impedidos expressar suas ideias   
Foram tratados como malfeitores
Levando todos para a Colmeia

A Democracia deu lições de traição
Autoridades disponibilizaram ônibus
Para por fim ao acampamento

Com forma de condução
Erraram o caminho de proposito
conduzindo-os a prisão

Fechou-se o tempo
Deu-se início a tempestade
Famílias restaram abandonadas
Por pais encarcerados
Em malditas celas com cadeados

Prisões preventivas sem fim
Enceta-se um processo judicial
Em competência duvidosa
Pelo Supremo Tribunal Federal
Avoca-se Jurisdição que não pertencia
Ao menos pelo texto Constitucional

Themis tirou as vendas
A balança não tangia
Manchando a toga isenção
Espada transmutada em punhal
Postando a beca da acusação

Um empresário Baiano
Que há tempos passava mal
Na madura idade de 46 anos
E parecer pela liberdade provisória
De um Procurador do órgão Ministerial
Morreu na Papua, findando sua história

Outra presa, simples cabelereira
Mae de duas crianças, intitulada Terrorista
Não invadira os Palácios, mas em ato infame
Escrevera, com batom vermelho,
“Perdeu mané” na estátua da Justiça

Inibido de falar sobre o alheio
Não irei versificar caso a caso
Para que neste triste momento
Não avolume a indignação
O magistrado deve aplicar a lei
O perseguidor o justiçamento

Recuso, apenas, a ficar-me silente
Diante de Julgamentos de persecução
Onze togados impolutos, arautos da moral
Esquecem que Justiça exige bom senso
Consideram-se acima do bem e do mal

Julgamentos em blocos,
Sem separação das condutas
Como se fossem manadas
Malabarismos jurídicos, processos acelerados
Condenando réus a penas exacerbadas

Triste passagem da jurídica história
Na qual misturaram vândalos, famílias e senhoras
Pessoas sem liderança e desarmados
Uns destruíram patrimônio público e crime de invasão
Outros apenas se apresentaram na manifestação
Mas todos como golpistas foram apenados.

* Bady Curi Neto é advogado fundador do Escritório Bady Curi Advocacia Empresarial, ex-juiz do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) e professor universitário.

Para mais informações sobre 8 de janeiro clique aqui…

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Todos os nossos textos são publicados também no X

Quem somos

Fonte: Naves Coelho Comunicação



A desconstrução do mundo

Quando saí do Brasil para morar no exterior, eu sabia que muita coisa iria mudar: mais uma língua, outros costumes, novas paisagens.

Autor: João Filipe da Mata


Por nova (e justa) distribuição tributária

Do bolo dos impostos arrecadados no País, 68% vão para a União, 24% para os Estados e apenas 18% para os municípios.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Um debate desastroso e a dúvida Biden

Com a proximidade das eleições presidenciais nos Estados Unidos, marcadas para novembro deste ano, realizou-se, na última semana, o primeiro debate entre os pleiteantes de 2024 à Casa Branca: Donald Trump e Joe Biden.

Autor: João Alfredo Lopes Nyegray


Aquiles e seu calcanhar

O mito do herói grego Aquiles adentrou nosso imaginário e nossa nomenclatura médica: o tendão que se insere em nosso calcanhar foi chamado de tendão de Aquiles em homenagem a esse herói.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Falta aos brasileiros a sede de verdade

Sigmund Freud (1856-1939), o famoso psicanalista austríaco, escreveu: “As massas nunca tiveram sede de verdade. Elas querem ilusões e nem sabem viver sem elas”.

Autor: Samuel Hanan


Uma batalha política como a de Caim e Abel

Em meio ao turbilhão global, o caos e a desordem só aumentam, e o Juiz Universal está preparando o lançamento da grande colheita da humanidade.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


De olho na alta e/ou criação de impostos

Trava-se, no Congresso Nacional, a grande batalha tributária, embutida na reforma que realinhou, deu nova nomenclatura aos impostos e agora busca enquadrar os produtos ao apetite do fisco e do governo.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


O Pronto Atendimento e o desafio do acolhimento na saúde

O trabalho dentro de um hospital é complexo devido a diversas camadas de atendimento que são necessárias para abranger as necessidades de todos os pacientes.

Autor: José Arthur Brasil


Como melhorar a segurança na movimentação de cargas na construção civil?

O setor da construção civil é um dos mais importantes para a economia do país e tem impacto direto na geração de empregos.

Autor: Fernando Fuertes


As restrições eleitorais contra uso da máquina pública

Estamos em contagem regressiva. As eleições municipais de 2024 ocorrerão no dia 6 de outubro, em todas as cidades do país.

Autor: Wilson Pedroso


Filosofia na calçada

As cidades do interior de Minas, e penso que de outros estados também, nos proporcionam oportunidades de conviver com as pessoas em muitas situações comuns que, no entanto, revelam suas características e personalidades.

Autor: Antônio Marcos Ferreira


Onde começam os juros abusivos?

A imagem do brasileiro se sustenta em valores positivos, mas, infelizmente, também negativos.

Autor: Matheus Bessa