Portal O Debate
Grupo WhatsApp

A caixa-preta do BNDES

A caixa-preta do BNDES

12/05/2017 Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves

Um banco de fomento não pode servir a negociatas e nem para desenvolver outros países e neles criar empregos.

A caixa-preta do BNDES

Desde que começaram a surgir denúncias de corrupção, propinas, financiamento irregular de campanhas eleitorais e outras irregularidades apuradas pela Operação Lava Jato e similares, é comum ouvir-se dizer que isso é só a ponta do iceberg, pois o grande problema está no BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social).

Esse órgão de fomento, criado no começo dos anos 50 com a finalidade de alavancar o desenvolvimento nacional, segundo voz corrente, teria sido usado indevidamente tanto para o enriquecimento ilícito de amigos do poder quanto para o apoio ideológico a governos bolivarianos e ditaduras de esquerda nas Américas do Sul e Central e na África.

Nesta sexta-feira, a Polícia Federal mais de três dezenas de buscas e apreensões e conduções coercitivas junto à empresa JBS que, com o aporte do banco, tornou-se a maior produtora e comercializadora de proteína animal do mundo. Com aporte de R$ 8,1 bilhões do banco de fomento, a empresa montou um formidável cartel que desequilibrou a pecuária brasileira e causou até à escassez de carne no mercado nacional. Tudo isso, conforme se apura, mediante tráfico de influência e boas relações com os donos do poder.

Finalmente abrem-se, para a população, as informações sobre a caixa preta do BNDES, autarquia federal criada em 1952 (Lei n° 1628), com a finalidade de financiar a infraestrutura e as empresas de base que ao longo de seis décadas mudaram o perfil do pais de essencialmente agrícola para industrializado. Com a evolução da economia, o banco sofreu alterações de finalidade e diversificou sua atuação, passando a apoiar negócios destinados à criação de empregos.

Foi com essa argumentação, que os governos recentes concederam empréstimos a Cuba, Angola, Moçambique, Gana, Costa Rica, Guaatemala, Honduras, Peru, Venezuela e outros países. Mas, recentemente, a Operação Lava Jato identificou corrupção de empresas brasileiras naqueles países e travou parte dos negócios.

O Brasil precisa de esclarecimentos e soluções. O seu banco de fomento não pode servir a negociatas e nem para desenvolver outros países e neles criar empregos, quando temos 13 milhões de desempregados em solo pátrio. Revelem-se os segredos do BNDES e, principalmente, coloque-se o banco novamente a serviço dos brasileiros. Só dos brasileiros, como é sua finalidade...

* Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves - dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo). [email protected]  



A primeira romaria do ano em Portugal

A 10 de Janeiro – ou domingo mais próximo dessa data, dia do falecimento de S. Gonçalo, realiza-se festa rija em Vila Nova de Gaia.


Medicina Preventiva x Medicina Curativa

A medicina curativa domina o setor de saúde e farmacêutico. Mas existe outro tipo de cuidado em crescimento, chamado de Medicina Personalizada.


A importância da inovação em programas de treinamento e desenvolvimento

O desenvolvimento de pessoas em um ambiente corporativo é um grande desafio para gestores de recursos humanos, principalmente para os que buscam o melhor aproveitamento das habilidades de um time através do autoconhecimento.


Por que o 13º salário gera “confiança” nos brasileiros?

O fim do ano está chegando, mas antes de pensar no Natal as pessoas já estão de olho no 13º salário.


O gênero “neutro” ou a “neutralização” de gênero

Tenho visto algumas matérias sobre a “neutralização” do gênero na língua portuguesa, no Brasil, algumas contra e algumas a favor. Digo no Brasil, porque em Portugal não vejo isto.


O poder da gentileza

O mês de novembro traz uma comemoração muito especial e essencial para estes tempos pandêmicos e de tanta polarização política: o Dia da Gentileza.


Branco no preto

As pessoas pretas no Brasil vivem pior do que as pessoas brancas, independentemente de qualquer situação.


Politicamente Correto, Liberdade de Expressão e Dignidade Humana

Estamos vivenciando, há tempos, a dicotomia de opiniões, a divisão clássica na qual a forma de expressar, de pensar, contém apenas lados antagônicos, separados que não podem convergir ou, ao menos, serem respeitados.


Prévia tucana, um tiro no escuro

Diferente das eleições primárias norte-americanas, onde os partidos Democrata e Republicano escolhem seus candidatos e definem a plataforma eleitoral, a prévia que o PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) realizará neste domingo (21/11) está cercada de interrogações.


A imagem do Senhor Jesus de Santa Marinha de Vila Nova de Gaia

Nesta época pandémica, que parece não deixar de nos dizimar – dizem: por causa de novas variantes e à facilidade de movimentação, – é oportuno recordar como o povo de Deus se libertou de funestas calamidades, recorrendo à oração e à penitência.


Algoritmos e automação: a combinação certa para potencializar a vida na era digital

Há quinze anos, quem poderia imaginar que seria possível trabalhar, fazer compras, ter planos personalizados para treinos da academia e conseguir organizar investimentos em bolsas globais sem sair de casa?


Transformação digital: os desafios de um novo modelo

Com a chegada da Quarta Revolução Industrial, organizações dos mais diferentes portes e setores estão encarando obstáculos de toda ordem para lidar com as novas demandas do consumidor.