Portal O Debate
Grupo WhatsApp

A ciência de acreditar

A ciência de acreditar

07/06/2021 Antonio Carlos Lopes

Os médicos, em regra, enfrentam desafios e problemas no dia a dia. Aliás, isso ocorre em qualquer carreira.

Normalmente, a primeira coisa que avistamos são os obstáculos para alcançar o objetivo. Peguemos o Brasil como exemplo: a despeito de todas as dificuldades para prática da melhor Medicina, parece haver uma energia maior a nos mover, como um motor domado à vontade e à esperança.

Faço essa reflexão, pois tenho pensado demais sobre o binômio ciência e fé. A experiência de décadas como médico à beira do leito plantou em mim a quase certeza de que crer é um santo remédio no processo de cura ou para a garantia de mais qualidade de vida, em casos sem retorno.

Em épocas mais primitivas, nas quais havia escassez de estudos e pesquisas, era comum a prática da fé como suposta taboa de salvação para doentes.

Aqui e agora, quero polemizar sobre outra face da fé, aquela que baseia na crença em ciência e nas inovações.

A Medicina possui alicerce puramente científico, é praticada por quem segue com convicção a arte de salvar vidas.

Os profissionais médicos não poupam esforços para entregar tudo que podem aos pacientes, independentemente do quão difícil seja a situação.

É o que vemos hoje, quando, a totalidade deles, expõe a própria saúde no enfrentamento a Covid. Isso é ter propósito humanitário.

Daí ser inadmissível ver o sistema público enfrentar dificuldades recorrentes, como falta de vagas em leitos, de medicamentos, de profissionais e insumos, deixando o médico tão desamparado quanto a população.

Além dos inúmeros complicadores para exercer de forma adequada a profissão para qual dedicou anos de sua vida, ainda enfrenta riscos de acidentes no ambiente de trabalho.

Em cenário tão desfavorável, a fé entra como aliada. Não sob o discutível ângulo milagreiro, mas pelo poder da determinação. Acreditar naquilo que se exerce pode ser, além de esperançoso, uma resistência.

É preciso de muita força e ponderação para lidar com dificuldades que envolvem vidas de pessoas. Os valores de cuidado ao próximo são investidos de altruísmo admirável. Para lidar com a pressão e seguir entregando saúde de qualidade, crença é indispensável.

A ciência traz alternativas e soluções, enquanto a fé nos faz manter os pés no chão.

* Antonio Carlos Lopes é presidente da Sociedade Brasileira de Clínica Médica

Para mais informações sobre fé e ciência clique aqui…

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Acontece Comunicação e Notícias



O bullying retorna a sala de aula

Os últimos anos trouxeram intensa mudança para o universo escolar.

O bullying retorna a sala de aula

Ser mãe é padecer… de cansaço?

Há um ditado que afirma que “ser mãe é padecer no paraíso”, remetendo às contraditórias emoções que seriam desencadeadas pelas vivências cotidianas da maternidade.

Ser mãe é padecer… de cansaço?

Polícia liberada para trabalhar como sabe

Os contumazes amantes da desordem e defensores intransigentes dos criminosos torceram o nariz quando o governador Rodrigo Garcia determinou o aumento do número de policiais nas ruas (a cidade de São Paulo aumentou de 5 mil para 9.740 o número de policiais em ação) e declarou que quem levantar arma contra a polícia vai levar bala.


Eleições e os bélicos conflitos entre os Poderes

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, e, agora, as Forças Armadas estão aumentando a ofensiva contra a transparência e a segurança do processo eleitoral no Brasil.


Os amores de Salazar

O conceito que se tem de Salazar, é de político solitário, déspota e por vezes impiedoso. Mas seria o estadista, realmente, assim?


Expectativa de grande crescimento

Em função da pandemia causada pela covid-19, os anos de 2020 e 2021 foram bastante desafiadores, particularmente para a indústria de máquinas e equipamentos.


A importância da diversificação de investimentos em diferentes segmentos

Mesmo com os desafios impostos por dois anos de pandemia, o volume de investimentos para iniciativas brasileiras em 2021 foi expressivo.


Muito além do chip da beleza

Você, com certeza, nos últimos meses já ouviu falar do famoso “chip” da beleza.


Educação para poucos é o avesso de si

Intitulado “Reimagining our futures together: A new social contract for education”, um estudo recente da Unesco é categórico logo nas primeiras páginas: “Nossa humanidade e Planeta Terra estão sob ameaça”.


Mãe: Florescer é não se esquecer de viver!

Tenho experimentado que o “traço de mãe”, plantado por Deus no coração de cada mulher que Ele criou, vai além da capacidade de gerar filhos, biologicamente.

Mãe: Florescer é não se esquecer de viver!

Bullying: da vítima ao espectador

O bullying é um tipo particular de violência, caracterizado por agressões sistemáticas, repetitivas e intencionais, contra um ou mais indivíduos que se encontram em desigualdade de poder, gerando sofrimento para as vítimas, agressores e comunidade.


Desafios e oportunidades para o saneamento

Considerado um dos menos atrativos na infraestrutura, o setor de saneamento passa por uma profunda mudança de paradigma com a aprovação da Lei 14.026/2020.

Desafios e oportunidades para o saneamento