Portal O Debate
Grupo WhatsApp

A falta de semicondutores e a revitalização do PIM

A falta de semicondutores e a revitalização do PIM

10/06/2021 Márcio Kanamaru e Thiago Almeida

A crise global na produção de microprocessadores afetou o segmento metalúrgico do Pólo Industrial de Manaus (PIM), região que concentra as montadoras de motos, bem como a indústria eletrônica que vem apresentando resultados muito positivos.

Dessa forma, trata-se de uma excelente oportunidade para uma revitalização relevante da região.

Hoje, o PIM se beneficia do incentivo fiscal do processo produtivo de montagem destes equipamentos e tem um modelo criticado por alguns pelo esgotamento deste.

A perspectiva é que a região possa passar a atrair as plantas de produção dos microprocessadores que terão demandas exponencialmente crescentes nos próximos anos, trazendo um novo horizonte de desenvolvimento para o país e para a região.

Vale ressaltar que o PIM tem demonstrado pujança e resultados muito positivos. A região superou em 13,71% o faturamento do mesmo mês em 2020 e concentra grande parte da produção de microcomputadores portáteis e tablets, registrando um crescimento de 78,44% e 126,31, respectivamente, no ano passado.

Segundo dados da Suframa, esses produtos deram continuidade aos bons resultados no início deste ano e registraram, respectivamente, produção de 37.180 unidades (aumento de 25,49% ante janeiro do ano passado) e de 128.080 unidades (crescimento de 89,76%), incluindo ainda rádios e aparelhos reprodutores e gravadores de áudio portátil (MP3/Mp4 e toca disco digital a laser), com produção de 55.977 unidades em janeiro e crescimento de 22,61%, e aparelhos de barbear, com fabricação de 167.962 unidades e crescimento de 8,94%.

Também contribuíram para o resultado positivo, em especial, o desempenho dos segmentos eletroeletrônico, metalúrgico, químico, termoplástico e mecânico.

Concluímos que a vasta experiência no processo produtivo da cadeia de valor do PIM poderia ser um ativo chave para que fossem avaliadas alternativas para a implantação de fábricas de microprocessadores, diante das demandas globais.

Dessa forma, seria uma oportunidade para posicionar o país na vanguarda das novas tecnologias demandantes deste precioso produto como realidade aumentada, inteligência artificial, drones, 5G, entre outras.

Além disso, associado às práticas ESG (sigla em inglês para meio ambiente, social e governança), o PIM poderia trazer sustentabilidade aliada aos impactos sociais relevantes para melhoria dos índices do estado do Amazonas e do país e, por consequência, com a implementação de governança na prática tributária, criar mecanismos de competitividade para o Brasil em um novo cenário da economia digital.

* Márcio Kanamaru é sócio líder de Tecnologia, Mídia e Telecomunicações da KPMG.

* Thiago Almeida é sócio-diretor do escritório da KPMG em Manaus.

Para mais informações sobre microprocessadores clique aqui…

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Ricardo Viveiros & Associados - Oficina de Comunicação (RV&A)



O bullying retorna a sala de aula

Os últimos anos trouxeram intensa mudança para o universo escolar.

O bullying retorna a sala de aula

Ser mãe é padecer… de cansaço?

Há um ditado que afirma que “ser mãe é padecer no paraíso”, remetendo às contraditórias emoções que seriam desencadeadas pelas vivências cotidianas da maternidade.

Ser mãe é padecer… de cansaço?

Polícia liberada para trabalhar como sabe

Os contumazes amantes da desordem e defensores intransigentes dos criminosos torceram o nariz quando o governador Rodrigo Garcia determinou o aumento do número de policiais nas ruas (a cidade de São Paulo aumentou de 5 mil para 9.740 o número de policiais em ação) e declarou que quem levantar arma contra a polícia vai levar bala.


Eleições e os bélicos conflitos entre os Poderes

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, e, agora, as Forças Armadas estão aumentando a ofensiva contra a transparência e a segurança do processo eleitoral no Brasil.


Os amores de Salazar

O conceito que se tem de Salazar, é de político solitário, déspota e por vezes impiedoso. Mas seria o estadista, realmente, assim?


Expectativa de grande crescimento

Em função da pandemia causada pela covid-19, os anos de 2020 e 2021 foram bastante desafiadores, particularmente para a indústria de máquinas e equipamentos.


A importância da diversificação de investimentos em diferentes segmentos

Mesmo com os desafios impostos por dois anos de pandemia, o volume de investimentos para iniciativas brasileiras em 2021 foi expressivo.


Muito além do chip da beleza

Você, com certeza, nos últimos meses já ouviu falar do famoso “chip” da beleza.


Educação para poucos é o avesso de si

Intitulado “Reimagining our futures together: A new social contract for education”, um estudo recente da Unesco é categórico logo nas primeiras páginas: “Nossa humanidade e Planeta Terra estão sob ameaça”.


Mãe: Florescer é não se esquecer de viver!

Tenho experimentado que o “traço de mãe”, plantado por Deus no coração de cada mulher que Ele criou, vai além da capacidade de gerar filhos, biologicamente.

Mãe: Florescer é não se esquecer de viver!

Bullying: da vítima ao espectador

O bullying é um tipo particular de violência, caracterizado por agressões sistemáticas, repetitivas e intencionais, contra um ou mais indivíduos que se encontram em desigualdade de poder, gerando sofrimento para as vítimas, agressores e comunidade.


Desafios e oportunidades para o saneamento

Considerado um dos menos atrativos na infraestrutura, o setor de saneamento passa por uma profunda mudança de paradigma com a aprovação da Lei 14.026/2020.

Desafios e oportunidades para o saneamento