Portal O Debate
Grupo WhatsApp


O Autêntico Pilates no desenvolvimento de crianças e adolescentes

O Autêntico Pilates no desenvolvimento de crianças e adolescentes

14/02/2018 Monica Esper de Oliveira

Você já deve ter reparado, em algum momento, como está a postura do seu filho, neto, amigo ou de alguém conhecido.

É notório como a nossa postura vem piorando ao longo dos anos, com todas as facilidades do dia a dia, modernização dos aparelhos de comunicação, inatividade, menos brincadeiras ao ar livre, mais videogames, sofás e computadores…

Algum dia o nosso corpo nos passará a conta de todo esse “mau trato” dado a ele. E é exatamente na postura onde começam os primeiros sinais disso tudo. Os desvios posturais, quando encontrados na infância e na adolescência, têm risco de evolução e devem ser tratados precocemente. Vale o alerta: ainda é melhor prevenir!

Estudos indicam que a coluna vertebral é uma das estruturas que mais sofrem as consequências do sedentarismo e da má postura. Cerca de 80% da população brasileira, na fase produtiva da vida, sofre de alguma alteração do aparelho locomotor e os distúrbios da coluna vertebral são a segunda causa de afastamento de trabalhadores ao serviço ou de aposentadoria.

A estrutura óssea tem seu crescimento e desenvolvimento completo em torno da segunda década de vida. Pacientes com mais de 20 anos de idade e que apresentam escoliose estruturada, não terão condições de tratar a curva, apenas a sintomatologia ou possíveis complicações. Portanto, em escolioses detectadas tardiamente, o tratamento fisioterapêutico é efetuado visando a redução do quadro álgico, fortalecimento muscular, alongamento e reorganização postural.

Durante o período escolar, a criança pode sofrer um aumento de tensão em determinados grupos musculares, causado pelo rápido crescimento ósseo, entre sete e dez anos de idade. É importante que os pais aumentem a atenção na postura das crianças e adolescentes nessa fase, para que não haja danos futuros.

O sistema músculo esquelético, além de fatores genéticos e hereditários, sofre influência de fatores externos, principalmente durante a infância. Cada indivíduo apresenta particularidades influenciadas pelo seu biótipo e a coluna vertebral sofre alterações quando submetida a vícios posturais, sobrepeso corporal, deficiências nutricionais, atividades físicas insuficientes ou incorretas, alterações respiratórias e musculares, distúrbios psicológicos ou anomalias congênitas adquiridas.

Como alguns desvios posturais são detectáveis ainda na infância, consideramos a sua prevenção como uma estratégia facilmente aplicável, levando a criança à prática de movimentos saudáveis, os quais são facilmente incorporados quando iniciados precocemente.

Nossa proposta no Autêntico Método Pilates é trabalhar com a prevenção das alterações posturais e tratamento dos desvios laterais, cifoses, fraquezas musculares e atuar evitando a má postura e suas consequências. Os exercícios oferecidos pelo Método são realizados em sessões individuais com instrutores capacitados a lidar com desvios posturais, dores e, também, na prevenção, considerando todas as características e necessidades individuais de cada um.

* Monica Esper de Oliveira é Fisioterapeuta



A pandemia, as perdas e o novo mundo

Apesar de, infelizmente, ter antecipado o fim da vida de 64,9 mil brasileiros e ainda estar por levar milhares de outros e prejudicar muitos na saúde ou na economia (ou em ambos), o coronavírus pode ser considerado um novo divisor de águas na sociedade.


7 dicas para se profissionalizar na comunicação virtual

De repente, veio a pandemia, a quarentena e, com elas, mudanças na rotina profissional e na forma de comunicação.


O sacrifício dos jovens

Mais de cem dias depois, a pandemia vai produzindo uma cauda longa de desarranjos que se fará sentir por muitos anos e esses efeitos vão atingir, principalmente, os mais jovens.


A “nova normalidade”

A denominada “nova normalidade” não venha nos empobrecer em humanidade.


A inevitável necessidade de prorrogação do auxílio emergencial

Recentemente, o ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou que o governo vai prorrogar por dois meses o pagamento do auxílio emergencial.


A empatia como chave para gestão de entregas e pessoas

Uma discussão que acredito ser muito pertinente em tempos de pandemia é como ficam, neste cenário quase caótico, as entregas?


Mass-Media “mascarada”

A semana passada, aventurei-me a sair, para um longo passeio, na minha cidade. Passeio a pé, porque ainda não frequentei o transporte público.


A quarentena e as artes

Schopenhauer foi um filósofo que penetrou no âmago do mundo.


O legado da possibilidade

Quando podemos dizer que uma coisa deu certo? O que é, afinal, um sucesso?


O que diabos está acontecendo?

A crise está a todo vapor e acelerando tendências que levariam décadas para se desenrolar.


STF e o inquérito do fim do mundo

Assim que o presidente da Suprema Corte determinou a abertura do inquérito criminal para apurar ameaças, fake news contra aquele sodalício, nomeando um dos ministros da alta corte para instaurá-lo, de ofício, com base no artigo 43 do Regimento Interno, não vi nenhuma ilegalidade.


As décadas de 20

A mais agitada década de vinte de todas foi a do século XX.