Portal O Debate
Grupo WhatsApp


A Internet e as coisas…

A Internet e as coisas…

17/11/2016 Fernando Pedro de Moraes

Internet das coisas ou internet nas coisas? Tudo depende da percepção de cada um.

A Internet e as coisas…

Assim como o vento se propaga, e as coisas voam de um lugar para o outro, pois é normal e natural, como um ambiente que se comunica sem a nossa percepção, a Internet das coisas (Internet of Things – IoT) se junta, se comunica e se integra a diversos componentes e objetos, só que de uma forma racional, inteligente, resultando em respostas mais eficientes e eficazes associadas aos negócios ou a vida pessoal.

A IoT é a interação de objetos (coisas) inteligentes integrados com as diversas atividades dos seres humanos. Agora, cada vez mais a interação será automática e dinâmica com pouca influência humana, pois a atualização ocorrerá conforme a rotina do dia a dia.

Daí essa revolução, a quarta da história industrial, que acaba criando uma nova relação entre as pessoas e os seus objetos. Nesta revolução da conectividade entre os objetos e as pessoas, é possível perceber que esta relação cria um canal infinito de comunicação e um estoque de informações e conhecimentos inesgotável, que, de certa forma, refletem as relações e as formas de agir das pessoas de uma sociedade.

A IoT se torna um meio vital para interligar dispositivos e criar facilidades integradas em uma sociedade superconectada, apoiando uma sociedade que evolui, mas que também envelhece, melhorando, por exemplo a eficiência de energias e otimizando mobilidade e transporte.

Os objetos conectados, se tornam cada vez mais, ferramentas poderosas para entender coisas e atividades difíceis e complexas e assim responder a elas com inteligência e eficiência. Ao se pensar em benefícios criados pela IoT, são praticamente ilimitados e suas aplicações estão criando mudanças na forma de como trabalhamos e de como vivemos.

Haverá economia, tanto de recursos como de tempo. Novas oportunidades surgirão, nas áreas de inovação e de conhecimento. A IoT permite que as empresas façam a gestão de todos os seus ativos, otimizando desempenho e estruturando novos modelos de negócios.

A história das coisas não acaba por aqui, se complementa com propostas inovadoras, como sistemas ciberfísicos, tecnologias em nuvem, grandes dados e redes 5G. É claro, que todo o sucesso da IoT, dependerá do desenvolvimento do próprio ecossistema tecnológico, apoiado por um ambiente que regule e seja apropriado em clima de confiança e respeito, onde assuntos voltados a segurança, confiança, identificação e privacidade são fundamentais.

O grande desafio será ampliar o uso atual da IoT em uma rede de interação global, configurada automaticamente e dinamicamente, em plataformas de diversos dispositivos e suas coisas (seus objetos inteligente, ambientes inteligentes, serviços inteligente e pessoas).

* Fernando Pedro de Moraes é professor da Universidade Presbiteriana Mackenzie, campus Campinas.



Woody Allen e Dylan Farrow

A possível síndrome de falsas memórias.


A CPMF e a saída do seu autor

A CPMF foi mal porque, em vez de substituir outros impostos, constituiu-se em mais um.


CPMF: o que foi e como poderá ressurgir na reforma tributária

O Imposto sobre Transações Financeiras (ITF) poderá ser a recriação antiga CPMF.


O Brasil e a agropecuária sustentável

A pecuária brasileira tem se pautado ao longo dos anos pela sustentabilidade em toda cadeia produtiva e pela qualidade e segurança dos alimentos.


“Tô de férias, cadeia é férias pra mim”

É uma vergonha que delinquentes ainda venham desdenhar do sistema carcerário e das autoridades penais.


Locações de curta temporada em aplicativos

Saiba os direitos e deveres da propriedade imobiliária.


O Século das Cidades

“Não somos melhores, nem piores, somos iguais… melhor mesmo é a nossa causa…” (Thiago Mello)


Hollywood e o mundo real

Uma abordagem psiquiátrica do filme Gente como a Gente.


A liderança feminina e seus potenciais

Companhias que possuem, pelo menos, uma mulher em seu time de executivos são mais lucrativas.


A bolsa brasileira é a bola da vez

O ano de 2019 tem sido de recordes para o investidor brasileiro.


Dia do Profissional de Educação Física

No dia 1º de setembro é comemorado o dia do profissional que promove a saúde e a qualidade de vida da população, o profissional de educação física.


A complexidade do saneamento

O Congresso Nacional tem a grande missão de dar um rumo certo para o saneamento brasileiro.