Portal O Debate
Grupo WhatsApp

A Internet e as coisas…

A Internet e as coisas…

17/11/2016 Fernando Pedro de Moraes

Internet das coisas ou internet nas coisas? Tudo depende da percepção de cada um.

A Internet e as coisas…

Assim como o vento se propaga, e as coisas voam de um lugar para o outro, pois é normal e natural, como um ambiente que se comunica sem a nossa percepção, a Internet das coisas (Internet of Things – IoT) se junta, se comunica e se integra a diversos componentes e objetos, só que de uma forma racional, inteligente, resultando em respostas mais eficientes e eficazes associadas aos negócios ou a vida pessoal.

A IoT é a interação de objetos (coisas) inteligentes integrados com as diversas atividades dos seres humanos. Agora, cada vez mais a interação será automática e dinâmica com pouca influência humana, pois a atualização ocorrerá conforme a rotina do dia a dia.

Daí essa revolução, a quarta da história industrial, que acaba criando uma nova relação entre as pessoas e os seus objetos. Nesta revolução da conectividade entre os objetos e as pessoas, é possível perceber que esta relação cria um canal infinito de comunicação e um estoque de informações e conhecimentos inesgotável, que, de certa forma, refletem as relações e as formas de agir das pessoas de uma sociedade.

A IoT se torna um meio vital para interligar dispositivos e criar facilidades integradas em uma sociedade superconectada, apoiando uma sociedade que evolui, mas que também envelhece, melhorando, por exemplo a eficiência de energias e otimizando mobilidade e transporte.

Os objetos conectados, se tornam cada vez mais, ferramentas poderosas para entender coisas e atividades difíceis e complexas e assim responder a elas com inteligência e eficiência. Ao se pensar em benefícios criados pela IoT, são praticamente ilimitados e suas aplicações estão criando mudanças na forma de como trabalhamos e de como vivemos.

Haverá economia, tanto de recursos como de tempo. Novas oportunidades surgirão, nas áreas de inovação e de conhecimento. A IoT permite que as empresas façam a gestão de todos os seus ativos, otimizando desempenho e estruturando novos modelos de negócios.

A história das coisas não acaba por aqui, se complementa com propostas inovadoras, como sistemas ciberfísicos, tecnologias em nuvem, grandes dados e redes 5G. É claro, que todo o sucesso da IoT, dependerá do desenvolvimento do próprio ecossistema tecnológico, apoiado por um ambiente que regule e seja apropriado em clima de confiança e respeito, onde assuntos voltados a segurança, confiança, identificação e privacidade são fundamentais.

O grande desafio será ampliar o uso atual da IoT em uma rede de interação global, configurada automaticamente e dinamicamente, em plataformas de diversos dispositivos e suas coisas (seus objetos inteligente, ambientes inteligentes, serviços inteligente e pessoas).

* Fernando Pedro de Moraes é professor da Universidade Presbiteriana Mackenzie, campus Campinas.



Espiritualidade e alegria junina

Junho traz festas de três santos católicos: Antônio, casamenteiro. São João, profeta precursor de Jesus e São Pedro, único apóstolo que caminhou sobre as águas.


Missão do avô

Na família os avós são conselheiros dos pais e dos netos.


A importância das relações governamentais e institucionais

As relações governamentais e institucionais têm sido um instrumento de alta relevância para qualquer organização no atual momento político brasileiro.


Namoro na adolescência: fato ou fake?

O início da adolescência coincide com o final do Ensino Fundamental, fase em que desabrocham as paixões e, com elas, o convite: “quer namorar comigo?”.


Autobiografias: revelações das experiências em família

A curiosidade de muitas pessoas sobre a (auto) biografia de personalidades tem se tornado cada vez mais crescente, nos últimos anos.


What a wonderful world

Louis Daniel Armstrong foi um cantor e instrumentista nascido na aurora do século 20, e foi considerado “a personificação do jazz”.


A violência doméstica

Em Portugal, desde o início do ano, apesar de se combater, por todos os meios, a violência na família, contam-se já mais de uma dezena de mulheres, assassinadas.


O desrespeito ao teto constitucional e o ativismo judicial

O ativismo do Executivo e do Judiciário está “apequenando” o Legislativo.


Indicadores e painéis urbanos aliados à administração pública

A cidade com fatos visualizados está remodelando a forma como os cidadãos e gestores vêm a conhecê-la e governá-la.


Os perigos do Transporte Aéreo Clandestino

Os regulamentos aeronáuticos buscam estabelecer critérios mínimos a serem seguidos pelos integrantes da indústria em questão.


A agenda do dia seguinte

A reforma da Previdência será aprovada no Congresso, salvo fatos graves e imprevistos. A dúvida, hoje, se restringe a quanto será, efetivamente, a economia do governo, em dez anos, já que as estimativas variam entre 500 a 900 bilhões de reais.


Comissão de Justiça e Paz

A CJP de Vitória foi criada em 1978 pelos Bispos Dom João Baptista da Motta e Albuquerque e Dom Luís Gonzaga Fernandes.