Portal O Debate
Grupo WhatsApp

A revolução da Osteopatia no Esporte

A revolução da Osteopatia no Esporte

15/05/2017 Dr. Renan Pivetta

A Osteopatia está ganhando cada vez mais espaço no meio esportivo.

Inclusive esteve presente nos jogos olímpicos do Rio de Janeiro, sendo amplamente utilizada com atletas amadores até os maiores clubes de futebol europeu. Mas o que é a Osteopatia?

Trata-se de uma metodologia de avaliação e tratamento baseada em princípios anatômicos e fisiológicos que regem a regulação do corpo. A especialidade ajuda a aliviar, corrigir disfunções e recuperar lesões musculoesqueléticas e alterações orgânicas em geral.

Através da intervenção manual sobre tecidos (articulações, músculos, fáscias, ligamento, capsulas, vísceras, tecido nervoso, vascular e linfático), a osteopatia visa restabelecer a função das estruturas e sistemas corporais.

No esporte dá-se grande foco em melhorias biomecânicas do atleta, aos processos de recuperação pós-competições e prevenção de lesões, além de serem largamente utilizadas para tratar tendinites, bursites, entorses, hérnia de disco, dentre muitas outras.

Para isso é feita uma avaliação que visa identificar os fatores predominantes em relação à necessidade do atleta, desde restrições articulares, hábitos alimentares até problemas emocionais, e então o tratamento é realizado por técnicas de terapia manual e, quando necessário, faz-se o encaminhamento a profissionais específicos (médicos, nutricionistas, psicólogos, etc.)

Nos momentos pré-competição, a abordagem osteopática pode permitir alívio rápido de desconfortos e melhorias no desempenho competitivo, de acordo com relatos presentes em estudo publicado na American College of Sports Medicine em 2008. Além disso, é um tratamento muito seguro e que não utiliza medicamentos – o que permite ser realizado em conjunto ao tratamento médico.

* Doutor Renan Pivetta é fisioterapeuta formado pela UNESP, especialista em osteopatia e monitor da Escuela de Osteopatía de Madrid Brasil.



Missão do avô

Na família os avós são conselheiros dos pais e dos netos.


A importância das relações governamentais e institucionais

As relações governamentais e institucionais têm sido um instrumento de alta relevância para qualquer organização no atual momento político brasileiro.


Namoro na adolescência: fato ou fake?

O início da adolescência coincide com o final do Ensino Fundamental, fase em que desabrocham as paixões e, com elas, o convite: “quer namorar comigo?”.


Autobiografias: revelações das experiências em família

A curiosidade de muitas pessoas sobre a (auto) biografia de personalidades tem se tornado cada vez mais crescente, nos últimos anos.


What a wonderful world

Louis Daniel Armstrong foi um cantor e instrumentista nascido na aurora do século 20, e foi considerado “a personificação do jazz”.


A violência doméstica

Em Portugal, desde o início do ano, apesar de se combater, por todos os meios, a violência na família, contam-se já mais de uma dezena de mulheres, assassinadas.


O desrespeito ao teto constitucional e o ativismo judicial

O ativismo do Executivo e do Judiciário está “apequenando” o Legislativo.


Indicadores e painéis urbanos aliados à administração pública

A cidade com fatos visualizados está remodelando a forma como os cidadãos e gestores vêm a conhecê-la e governá-la.


Os perigos do Transporte Aéreo Clandestino

Os regulamentos aeronáuticos buscam estabelecer critérios mínimos a serem seguidos pelos integrantes da indústria em questão.


A agenda do dia seguinte

A reforma da Previdência será aprovada no Congresso, salvo fatos graves e imprevistos. A dúvida, hoje, se restringe a quanto será, efetivamente, a economia do governo, em dez anos, já que as estimativas variam entre 500 a 900 bilhões de reais.


Comissão de Justiça e Paz

A CJP de Vitória foi criada em 1978 pelos Bispos Dom João Baptista da Motta e Albuquerque e Dom Luís Gonzaga Fernandes.


A sabedoria dos mineiros em ajudar os menos favorecidos

Há quatro organizações não governamentais de assistência social situadas em Belo Horizonte que estão fazendo um trabalho maravilhoso para ajudar os menos favorecidos.