Portal O Debate
Grupo WhatsApp

A solidão do outro lado do mundo

A solidão do outro lado do mundo

27/06/2024 João Filipe da Mata

Quem já morou no exterior sabe que a vida lá fora tem seus desafios.

Alguns aparecem nos primeiros dias em terras estrangeiras - como se diz pão de sal em inglês?, existe farmácia 24 horas? - e podem ser superados com um pouco de esforço. Mas e quando o que incomoda é a solidão?

Sempre que vou falar do assunto, eu me lembro da minha experiência no Oriente Médio. Solteiro, eu queria conhecer gente - “os árabes são tão bonitos”, um amigo havia comentado. O difícil era por onde começar se não existiam baladas gays e se os aplicativos de paquera eram proibidos.

Lembro também das movimentadas ruas de Xangai e da minha surpresa ao entender que era possível se sentir sozinho numa cidade com 25 milhões de pessoas.

Ali, o maior obstáculo era a língua. Não se aprende mandarim em pouco tempo. E nem se constrói uma relação com meia dúzia de frases.

Na Austrália, aprendi que as 13 horas de fuso-horário fazem a distância até o Brasil parecer ainda maior. E whatsapp ou redes sociais nem sempre resolvem, pois se eu ligar para os meus amigos com a espontaneidade tão boa e tão brasileira que nos conecta, vou acordar todo mundo. 

Desafios assim nem sempre têm solução. Mas da dificuldade podem surgir bons aprendizados. “Nos três primeiros meses, eu aceito todos os convites que recebo”, me aconselhou uma colega de trabalho acostumada à vida no exterior. A dica me ajudou a descobrir lugares e interagir com pessoas que eu, sozinho, não conheceria.

A distância cultural que separa oriente e ocidente me fez perceber como posso ser parecido com latinos e europeus espalhados pelo mundo. Encontrei, assim, bons amigos na comunidade de expatriados.

Saber que vou passar o final do ano com meus irmãos ou que a amiga de Brasília vem me visitar em outubro me ensinou que planejar pode ser uma forma eficaz de lidar com a saudade.

E se, mesmo com tudo isso, um pouco de solidão acaba sendo inevitável, meu maior aprendizado foi entender que o esforço de adaptação vale a pena e que, no final, o saldo é positivo.

* João Filipe da Mata é escritor e vice-cônsul em Sydney, Austrália, autor de "Filho da Mãe", publicado pela editora Much.

Para mais informações sobre solidão clique aqui…

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Todos os nossos textos são publicados também no X

Quem somos

Fonte: LC Agência de Comunicação



A desconstrução do mundo

Quando saí do Brasil para morar no exterior, eu sabia que muita coisa iria mudar: mais uma língua, outros costumes, novas paisagens.

Autor: João Filipe da Mata


Por nova (e justa) distribuição tributária

Do bolo dos impostos arrecadados no País, 68% vão para a União, 24% para os Estados e apenas 18% para os municípios.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Um debate desastroso e a dúvida Biden

Com a proximidade das eleições presidenciais nos Estados Unidos, marcadas para novembro deste ano, realizou-se, na última semana, o primeiro debate entre os pleiteantes de 2024 à Casa Branca: Donald Trump e Joe Biden.

Autor: João Alfredo Lopes Nyegray


Aquiles e seu calcanhar

O mito do herói grego Aquiles adentrou nosso imaginário e nossa nomenclatura médica: o tendão que se insere em nosso calcanhar foi chamado de tendão de Aquiles em homenagem a esse herói.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Falta aos brasileiros a sede de verdade

Sigmund Freud (1856-1939), o famoso psicanalista austríaco, escreveu: “As massas nunca tiveram sede de verdade. Elas querem ilusões e nem sabem viver sem elas”.

Autor: Samuel Hanan


Uma batalha política como a de Caim e Abel

Em meio ao turbilhão global, o caos e a desordem só aumentam, e o Juiz Universal está preparando o lançamento da grande colheita da humanidade.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


De olho na alta e/ou criação de impostos

Trava-se, no Congresso Nacional, a grande batalha tributária, embutida na reforma que realinhou, deu nova nomenclatura aos impostos e agora busca enquadrar os produtos ao apetite do fisco e do governo.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


O Pronto Atendimento e o desafio do acolhimento na saúde

O trabalho dentro de um hospital é complexo devido a diversas camadas de atendimento que são necessárias para abranger as necessidades de todos os pacientes.

Autor: José Arthur Brasil


Como melhorar a segurança na movimentação de cargas na construção civil?

O setor da construção civil é um dos mais importantes para a economia do país e tem impacto direto na geração de empregos.

Autor: Fernando Fuertes


As restrições eleitorais contra uso da máquina pública

Estamos em contagem regressiva. As eleições municipais de 2024 ocorrerão no dia 6 de outubro, em todas as cidades do país.

Autor: Wilson Pedroso


Filosofia na calçada

As cidades do interior de Minas, e penso que de outros estados também, nos proporcionam oportunidades de conviver com as pessoas em muitas situações comuns que, no entanto, revelam suas características e personalidades.

Autor: Antônio Marcos Ferreira


Onde começam os juros abusivos?

A imagem do brasileiro se sustenta em valores positivos, mas, infelizmente, também negativos.

Autor: Matheus Bessa