Portal O Debate
Grupo WhatsApp


A Superpoderosa Dilma

A Superpoderosa Dilma

11/11/2010 Helder Caldeira

A revista norte-americana Forbes divulgou na última quarta-feira, 03 de novembro de 2010, a tradicional lista das 68 pessoas mais poderosas do mundo. Adivinhem?! A nossa presidente recém-eleita Dilma Rousseff já está na 16ª posição, o que faz dela a figura de maior poder na América Latina e a situa entre as cinco pessoas mais poderosas das Américas, à frente da secretária de estado e ex-primeira-dama dos EUA, Hillary Clinton, do presidente da Apple, Steve Jobs, e dos fundadores do Google, Larry Page e Sergey Brin. A mulher já chegou arrebentando a boca do balão!

O cacife internacional da superpoderosa Dilma já supera, e muito, a imagem de seu padrinho político, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na lista divulgada no ano passado, ele ocupava o 33º lugar, a melhor posição de um brasileiro até então. Antes mesmo de tomar posse, Dilma já desbancou Lula (que sequer é citado na lista), o que tende a ser uma constante em seus primeiros meses de governo. Dilma Rousseff também é considerada pela revista como mais poderosa que o presidente da França, Nicolas Sarkozy, os primeiros-ministros do Japão, Naoto Kan, e de Israel, Benjamin Netanyahu, e até mesmo o fundador da Al Qaida, Osama Bin Laden.

A revista não se furtou a rasgados elogios à primeira presidenta eleita de nossa história, destacando que ela está “tomando as rédeas do Brasil” e que “ainda não é um nome familiar, mas será em breve”, já que ela “comandará a maior economia da América Latina, que se prepara para sediar a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016”, além de ser “o maior exportador de açúcar, suco de laranja, café, carne bovina e aves de criação”. Ainda sobre Dilma, a Forbes descreve-a como “ex-guerrilheira marxista que foi presa e torturada, divorciada duas vezes e que, recentemente, sobreviveu a um câncer linfático”, além, é claro, de narrar sua vitória com 56% dos votos nas eleições.

Outro dado interessante revelado pela Forbes é que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, deixou de ser o homem mais poderoso do mundo. Perdeu a primeira colocação do ranking para o presidente da China, Hu Jintao. Derrotado nas eleições legislativas norte-americanas, sofrendo forte rejeição interna e afundando na prometida “change” que nunca aconteceu, Obama já é seguido de muito perto pelo Rei Abdullah, da Arábia Saudita, por Vladimir Putin, primeiro-ministro da Rússia, e até pelo Papa Bento XVI.

Já que o poder feminino nunca esteve tão em alta no Brasil, é bom ressaltar que a lista da Forbes reservou para Dilma Rousseff o assento de 3ª mulher mais poderosa do mundo, atrás apenas da chanceler alemã Angela Merkel e da presidente do congresso indiano Sonia Gandhi. O melhor dessa história toda é ver que os grandes líderes mundiais já devem estar colocando suas barbas de molho (a exemplo de Lula), pois, nessa toada, não demora muito para Dilma assumir o topo da lista e mudar o figurino da Mulher Maravilha para verde e amarelo.

* Helder Caldeira - Escritor, Articulista Político, Palestrante e Conferencista - heldercaldeira@estadao.com.br



O que combina com a liberdade e a vida

Todo ser humano deveria ter direito, desde o berçário, à moradia, à alimentação, à saúde, aos estudos, à segurança e ao transporte.


A história sempre se repete

Quando não me apetece ler, folheio os livros da minha modesta biblioteca. Leio umas linhas e torno a fechá-los. Montaigne – se não estou em erro, – fazia o mesmo.


O marketing do Brazil com o profissionalismo do Brasil

O marketing do Brasil não é trabalho para amadores.


O coração, morada do amor e dos sentimentos, é terra que ninguém pisa

Qual coração não guarda seus segredos? Fantasias, desejos?


Achegas para obter uma biblioteca

Conta-se, que certa manhã, Camilo, estando na Praça Nova, no Porto, encontrou negociante seu conhecido, sobraçando grande quantidade de livros.


A tragédia da vida ecoa na arte

Há 75 anos, uma guerra dividia almas e famílias.


Serro: 318 anos de história

Neste mês de janeiro a tricentenária cidade do Serro chega aos seus 318 anos.


Insight sobre a sua carreira profissional

Atualmente, a taxa de desemprego em nosso país ficou em 11,8% no trimestre encerrado em setembro, atingindo 12,5 milhões de pessoas, conforme dados do IBGE.


Educação Inclusiva para quem?

Há algumas décadas, nosso país já pensa na educação de pessoas ditas como “com deficiência”.


Muita calma em 2020!

Todo fim de ano vemos o tradicional corre-corre de festas, confraternizações, as luzes decorativas iluminando as cidades e mais pessoas e veículos transitando pelas cidades.


Férias: como ficam as crianças de pais separados?

Com o fim de um relacionamento (casamento ou união estável), quando há filhos, os pais buscam constantemente dividir o tempo de convivência com as crianças, pensando no bem-estar delas.


Vaidade ou necessidade?

A cada passo lemos, nos jornais, que tal figura pública ou conhecido político, teve que corrigir o currículo, porque incluiu habilitações, que não possuía.