Portal O Debate
Grupo WhatsApp


A virtualização chegou às aplicações

A virtualização chegou às aplicações

26/02/2011 Otto Pohlmann

Para entendermos virtualização, primeiro precisamos entender que: Virtual é tudo aquilo que parece ser real, mas não é.

Na tecnologia da Informação, por exemplo, virtualização de servidores é um conceito muito conhecido e aplicado atualmente. Ele permite a criação de várias máquinas virtuais onde existe uma única ou um conjunto de máquinas físicas.

As Aplicações Virtualizadas por sua vez, também dão a ilusão de que executam no equipamento em que estão sendo acessadas, entretanto elas rodam remotamente em outro equipamento, num servidor de aplicações centralizado.

A máquina de acesso (Cliente) tem por função só mostrar a tela e permitir interagir com a aplicação que está rodando no servidor. Ela pode estar rodando remotamente, a partir de qualquer localidade física, em qualquer lugar onde haja internet.

Com a virtualização das aplicações, podemos acessá-las a partir de dispositivos móveis como Tablets, Smartphones ou Netbooks, sem que o programa esteja instalado no dispositivo de acesso.  Elas podem ser acessadas por um software cliente ou mesmo pelo browser do dispositivo móvel e interagir com o servidor remoto onde residem os dados e o programa.  Toda operação realizada no programa fica registrada instantaneamente no computador central.  Isto é, ao mesmo tempo, garantia de segurança e de agilidade.

Aplicações Virtualizadas são o futuro, pois dão mobilidade, podem ser acessadas de qualquer lugar, de qualquer equipamento com acesso à internet, seja por conexão discada, banda larga convencional ou conexão 3G, dando uma universalidade de acesso e uma flexibilidade desejada no mundo atual.

Elas são muito mais eficientes no acesso ou execução, pois não transmitem os dados e nem precisam ser sincronizadas com o dispositivo remoto. Todas as informações e processamento ficam no computador central, a salvo de vírus, hackers ou perda do equipamento ou das informações nele contidas.

Muito se tem falado em mobilidade da aplicação, mas concluímos que o acesso virtualizado a partir de dispositivos móveis à aplicação centralizada é mais importante que a aplicação móvel que roda nos próprios dispositivos, que, contudo requer uma posterior sincronização de dados com a base de dados central.

Decididamente, o acesso virtual à aplicação centralizada a partir de dispositivos móveis ganhará a batalha pela mobilidade.

* Otto Pohlmann é CEO da Centric System, empresa especializada em soluções para centralização de sistemas e distribuidora do software GO-Global no Brasil.



A humanização da tecnologia no secretariado remoto

A tecnologia deu vida a inúmeras oportunidades de negócios, como o trabalho à distância.


Bolsa vs Startups. Porque não os dois?

Vivemos um momento de grandes inovações e com os investimentos não é diferente.


Os pecados capitais da liderança

“Manda quem pode, obedece quem tem juízo.”


“Pensar Global, Agir local”: O poder do consumo consciente

A expressão “Pensar Global e Agir local” já é lema em muitas esferas de discussões políticas, econômicas, sobre sustentabilidade e solidariedade.


Vencido o primeiro desafio da LGPD

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) regulamenta o tratamento de dados de pessoas físicas nas suas mais variadas aplicações e ambientes.


Telemedicina, fortalecimento do SUS e um primeiro balanço da pandemia

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades, alertou Camões. Todo o mundo é feito de mudanças.


Médico: uma profissão de risco

Estudar medicina é o sonho de muito estudantes, desde o cursinho o futuro médico se dedica a estudar para conseguir entrar no super concorrido curso de medicina.


Como a quarentena provocou o êxodo urbano para cidades que oferecem mais qualidade de vida

A pandemia e as medidas de isolamento social fizeram com que as pessoas precisassem adaptar a rotina de trabalho, estudos, lazer e até de saúde, trazendo estas atividades para dentro de casa.


A era do fogo chegou

Pantanal, um dos biomas com maior biodiversidade do mundo, já teve 16% de todo território queimando.


Autoconhecimento: uma regra de ouro da vida

Há quem os critique, há quem os ame; eles já me resgataram do fundo poço e lhes sou grata: os livros de autoajuda.


Você tem curso universitário?

Naquela macia manhã de domingo, fui com meu pai, à missa, na igreja de Santíssima Trindade.


Voto é interesse. Não é direito, nem dever…

A partir desta quarta-feira (16), os mais de 5600 municípios brasileiros já conhecem os homens e mulheres que pretendem governá-los ou ser vereadores entre 01/01/2021 e 31/12/2025.