Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Ações que vão tornar o estudo mais produtivo

Ações que vão tornar o estudo mais produtivo

06/08/2016 Christian Barbosa

Muitas pessoas têm dificuldades de se planejar quando o assunto é estudo.

O que elas precisam entender, porém, é que, para fazer dessa atividade algo agradável, é preciso se organizar a partir de três elementos-chave: planejamento, ambiente propício e energia adequada.

A organização é a porta inicial para que o estudante entenda a importância da gestão do tempo em sua vida. Quanto mais cedo perceber que isso é imprescindível, mais ele poderá gerar e colher frutos com a sua prática.

Por isso, elaborei uma lista com ações que vão ajudar a tornar o estudo mais produtivo. Confira:

Planejamento

- Crie um plano de estudos – o ideal é elaborar um plano de estudos semanal. Não adianta deixar para olhar na segunda-feira quais são as tarefas do dia seguinte, isso deixa o seu tempo muito apertado e sem espaço para lidar com possíveis imprevistos ou urgências. Minha recomendação é que reserve um dia, como o sábado ou o domingo, e avalie a semana inteira, considerando provas e entregas de trabalhos. A partir disso, monte uma agenda para a sua semana. Você pode colocar essas atividades em um quadro branco, em uma folha de papel, agenda ou mesmo em um aplicativo de celular. O importante é deixar tudo o que deve fazer registrado para ter uma visão geral de todas as tarefas relacionadas ao estudo.

- Antecipe as atividades – ao montar a agenda, visualize o que você pode fazer antes do prazo final. Caso tenha uma prova na quarta, em vez de estudar todo o conteúdo em um único dia, dívida em três etapas, uma em cada dia, com no máximo 30 minutos. Isso vai ajudar a desenvolver um pensamento sobre a matéria e não vai te sobrecarregar.

Ambiente

- Ambiente certo – crie um ambiente que te coloque em um estado propício aos estudos, evite locais escuros, pois cansam os olhos e tornam a atividade cansativa. Tenha um espaço com uma mesa e uma boa iluminação. Com um lugar específico, você pode criar um pequeno ritual para que o cérebro se adapte a esse padrão de comportamento.

- Música nos estudos – diversas pesquisas comprovam que músicas clássica e barroca ajudam a aumentar o nível de concentração, a ampliar a percepção sobre a matéria, a reter a informação com mais facilidade e ainda contribuem com o desenvolvimento da memória.

Energia

- Nível de energia – gosto muito da frase: “a preguiça é o vício do fracassado”. Ou seja, se você está com preguiça de estudar, provavelmente, algo vai dar errado em breve. É preciso ter disposição e energia. Dormir bem para recuperar as energias e se alimentar corretamente são essenciais, pois vão servir de combustível para o cérebro e garantir uma melhora na sua performance.

Essas ações são básicas para quem deseja ter mais produtividade nos estudos. Essa atividade não precisa ser chata, basta saber se planejar para se antecipar aos problemas, ter um ambiente que te permita estudar com resultado e ter energia para fazer acontecer.

* Christian Barbosa é especialista em administração de tempo e produtividade.



A desconstrução do mundo

Quando saí do Brasil para morar no exterior, eu sabia que muita coisa iria mudar: mais uma língua, outros costumes, novas paisagens.

Autor: João Filipe da Mata


Por nova (e justa) distribuição tributária

Do bolo dos impostos arrecadados no País, 68% vão para a União, 24% para os Estados e apenas 18% para os municípios.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Um debate desastroso e a dúvida Biden

Com a proximidade das eleições presidenciais nos Estados Unidos, marcadas para novembro deste ano, realizou-se, na última semana, o primeiro debate entre os pleiteantes de 2024 à Casa Branca: Donald Trump e Joe Biden.

Autor: João Alfredo Lopes Nyegray


Aquiles e seu calcanhar

O mito do herói grego Aquiles adentrou nosso imaginário e nossa nomenclatura médica: o tendão que se insere em nosso calcanhar foi chamado de tendão de Aquiles em homenagem a esse herói.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Falta aos brasileiros a sede de verdade

Sigmund Freud (1856-1939), o famoso psicanalista austríaco, escreveu: “As massas nunca tiveram sede de verdade. Elas querem ilusões e nem sabem viver sem elas”.

Autor: Samuel Hanan


Uma batalha política como a de Caim e Abel

Em meio ao turbilhão global, o caos e a desordem só aumentam, e o Juiz Universal está preparando o lançamento da grande colheita da humanidade.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


De olho na alta e/ou criação de impostos

Trava-se, no Congresso Nacional, a grande batalha tributária, embutida na reforma que realinhou, deu nova nomenclatura aos impostos e agora busca enquadrar os produtos ao apetite do fisco e do governo.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


O Pronto Atendimento e o desafio do acolhimento na saúde

O trabalho dentro de um hospital é complexo devido a diversas camadas de atendimento que são necessárias para abranger as necessidades de todos os pacientes.

Autor: José Arthur Brasil


Como melhorar a segurança na movimentação de cargas na construção civil?

O setor da construção civil é um dos mais importantes para a economia do país e tem impacto direto na geração de empregos.

Autor: Fernando Fuertes


As restrições eleitorais contra uso da máquina pública

Estamos em contagem regressiva. As eleições municipais de 2024 ocorrerão no dia 6 de outubro, em todas as cidades do país.

Autor: Wilson Pedroso


Filosofia na calçada

As cidades do interior de Minas, e penso que de outros estados também, nos proporcionam oportunidades de conviver com as pessoas em muitas situações comuns que, no entanto, revelam suas características e personalidades.

Autor: Antônio Marcos Ferreira


Onde começam os juros abusivos?

A imagem do brasileiro se sustenta em valores positivos, mas, infelizmente, também negativos.

Autor: Matheus Bessa