Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Advogar e administrar: como resolver essa equação

Advogar e administrar: como resolver essa equação

02/11/2020 Fernando Magalhães

É muito comum em várias profissões que na faculdade não tenham matérias dedicadas ao empreendedorismo na área ou ao menos que dê alguma noção de como administrar o seu negócio.

O recém-formado vai tentar uma colocação no mercado, iniciar sua carreira sozinho ou junto aos amigos da faculdade.

Em outra situação, depois de anos no mercado, decide montar seu próprio negócio. Dentre estas profissões podemos citar: médicos, dentistas, psicólogos, arquitetos, advogados, entre outras.

Vamos focar nos advogados que invariavelmente estudaram no mínimo durante cinco anos, estagiaram pelos menos por dois anos, estudaram para a prova da Ordem dos Advogados do Brasil e só assim podem exercer sua profissão oficialmente.

Advogar, e eu que não sou advogado posso falar sem sombra de dúvida, é um dom! São tantas matérias diferentes dentro do mesmo curso que é quase impossível dominar tudo, o que faz que cada advogado vá trabalhar na  área de sua preferência. E é neste momento que o desafio está lançado.

Além de advogar é preciso: conseguir clientes, estabelecer preço para seu trabalho, emitir relatórios e notas fiscais, pagar impostos e outras taxas, pagar seus colaboradores, contratar, resolver problemas de informática, enviar documentação para o contador e por aí vai. E advogar, quando vai ter hora para exercer a profissão?

Mas você pode estar pensando: tudo bem, alguém vai fazer tudo isso para ele e ele vai advogar. “Só que não”.

Para delegar todas estas tarefas é preciso conhecer minimamente como gerenciar o seu negócio, caso contrário ele não irá para frente.

E o advogado empreendedor só vai entender isso – na maioria das vezes – quando já estiver “voando”, quando já estiver funcionando.

Todo o escritório de sucesso precisa de uma equipe administrativa, com secretária, recepcionista, office boy, técnico em informática, auxiliar financeiro, programa de gerenciamento de processos, programa de gerenciamento financeiro, contador etc.? Depende, vamos definir o que é um escritório de sucesso.

Escritório de sucesso é o seu escritório do tamanho, no local e trazendo o retorno que você sonhou. Isso é um escritório de sucesso. Afinal, o sucesso é seu, quando você alcança os seus objetivos e não o que os outros esperam de você.

Dito isso, se você tem como objetivo um escritório pequeno, com mais um ou dois sócios, certamente não vai precisar de uma equipe administrativa grande, você mesmo pode gerenciar, com ajuda de um ou dois colaboradores.

Agora, se o seu objetivo é maior, com certeza você vai precisar ter equipe muito bem treinada para que você e seus eventuais sócios tenham o sucesso desejado e consequentemente seja um escritório de sucesso.

Aí vem outra questão: então eu não vou advogar? Vou apenas administrar?  Eu não estudei tanto tempo para cuidar de números e resolver problemas internos. Sinto informar que a vida de empreendedor é esta, composta de desafios.

Como resolver esta equação? No dicionário encontramos algumas definições para a palavra equação:

1. igualdade entre duas expressões matemáticas que se verifica para determinados valores das variáveis.

Você deve estar pensando: eu estudei humanas e não exatas! E você vem falar de equação?

Outra definição para equação:

2. redução de uma questão, um problema intrincado, a pontos simples e claros, para facilitar a obtenção de uma solução.

Agora você deve estar pesando: mas isso é um trabalho que eu faço, resolvo problemas.

O que você precisa fazer é conhecer o seu negócio, estudar o mercado, ver como os seus concorrentes estão trabalhando e apostar muito na tecnologia e em profissionais qualificados que possam auxiliar na condução do seu negócio.

Você nunca vai conseguir advogar e administrar 100% do tempo, mas você pode e deve ter uma ideia formada do todo do seu escritório, ter uma visão macro apurada e delegar a resolução de problemas e o dia a dia para quem sabe e estudou para isso.

É difícil? Não vou dizer que é uma tarefa fácil, mas com certeza você consegue. Cerque-se de bons profissionais, invista em capacitação, tenha objetivos e metas claras, converse com seus sócios, outros advogados e, principalmente, confie no seu conhecimento e sua intuição.

Mas lembre-se: advogar 100% e administrar 0%, não existe. É você quem deve resolver esta equação.

* Fernando Magalhães é fundador e CEO da OM Assessoria.

Fonte: Case Comunicação Integrada



O desserviço do senador ao STF

Como pode um único homem, que nem é chefe de poder, travar indefinidamente a execução de obrigações constitucionais e, com isso, impor dificuldades ao funcionamento de um dos poderes da República?


Anedotas com pouca graça

Uma anedota, de vez enquanto, cai sempre bem; como o sal serve para temperar a comida, a anedota também adoça a conversa ou o texto.


Cada um no seu quadrado e todos produzindo…

Muito oportunas as observações do Prof. Ary Oswaldo Mattos Filho, de que em vez dos simples projetos que visam reforçar o caixa da União – como a alteração no Imposto de Renda ora em tramitação pelo Congresso – o país carece de uma verdadeira reforma tributária onde fiquem bem definidos os direitos e obrigações da União, Estados e Municípios.


Você já respirou hoje?

Diagnóstico e tratamento corretos salvam vidas na fibrose cística.


Jogos para enfrentar a crise

O mundo do trabalho nunca mais será o mesmo.


O trabalho de alta performance no Hipismo

O que os atletas precisam para o desempenho perfeito em uma competição? Além do treinamento e esforços diários, eles precisam estar em perfeita sintonia com o corpo e a mente.


Bons médicos vêm do berço

Faz décadas assistimos a abertura desenfreada de novas escolas médicas, sem condição de oferecer formação minimamente digna e honesta.


Wellness tech e a importância da saúde mental dentro das organizações

A pandemia de covid-19 impactou a vida de todos nós, pessoal e profissionalmente.


Manifestações do TDAH

Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade em adultos e crianças.


Cuidar da saúde mental do colaborador é fator de destaque e lucratividade para empresa

O Setembro Amarelo é uma campanha nacional de prevenção ao suicídio, mas que coloca em evidência toda a temática da saúde mental.


Setembro Amarelo: a diferença entre ouvir e escutar

Acender um alerta na sociedade para salvar vidas quando se fala em prevenção ao suicídio é tão complexo quanto o comportamento de uma pessoa com a intenção de tirar a própria vida.


Desafios para a Retomada Econômica

A divulgação do Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre mostrou uma leve retração da atividade produtiva de 0,1% em relação ao trimestre imediatamente anterior.