Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Afaste o sedentarismo e cuide da sua saúde

Afaste o sedentarismo e cuide da sua saúde

05/09/2016 Pedro Goyn

Você sabia que 433 mil mortes poderiam ser evitadas se as pessoas passassem três horas a menos sentadas por dia?

Esse é o resultado de uma pesquisa desenvolvida nas Universidades de São Paulo e na Federal de Pelotas com base em dados da Organização Mundial da Saúde sobre o tempo médio de permanência sentado em 54 países.

De acordo com o levantamento, os riscos de morte estariam relacionados a alterações cardiovasculares, alguns tipos de câncer, diabetes e colesterol e aumentam a cada hora que se passa a mais na cadeira.

Dizem os especialistas que ficar 4 horas, por exemplo, eleva o risco em 2%, chegando a 18% após 9 horas. Outra pesquisa diz que permanecer sentado é o novo fumar, já que o risco de ter um ataque cardíaco é aproximadamente o mesmo se comparado uma pessoa que fuma com outra que passa a maior parte do dia em cima de uma cadeira.

Até mesmo para você que faz parte do time que trabalha muito e depois vai para a academia a notícia não é boa: nem sempre os exercícios pós-escritório são o bastante para compensar os efeitos negativos de oito ou mais horas parado.

Para mudar esse cenário, é fundamental que os ambientes social e corporativo sejam alterados de forma a incentivar opções mais saudáveis. E foi justamente pensando em integrar naturalmente o movimento ao dia a dia de trabalho que nasceu a InMovement, uma linha de mobiliário e acessórios criada pela Life Fitness para trazer movimento e bem-estar ao ambiente corporativo.

Essa proposta começou pequena, nos próprios escritórios da Life Fitness. Após quase cinco décadas de estudos sobre biomecânica, uma pergunta começou a martelar nas cabeças dos executivos e colaboradores da empresa: se os benefícios de ser ativo são tão claros e fortes, o que estamos fazendo a nós mesmos passando tantas horas por dia sem nos mover?

E a resposta foi óbvia: estamos nos arriscando a sentir dor e desenvolver doenças! E assim a Life Fitness começou a pensar mais seriamente sobre o assunto e a estudar alternativas para serem implementadas nos espaços de trabalho, redesenhando os escritórios em busca de conforto e flexibilidade.

Por meio de mudanças intuitivas, as propostas passaram a proporcionar aos funcionários a liberdade de serem ativos em seus trabalhos, dando-lhes espaço adequado para se movimentar e ajudando-os a trocar os danos de sentar-se pelos benefícios de ficar mais em pé e andar.

Depois de um ano desse projeto-piloto feito também em empresas parceiras, o feedback das equipes foi positivo: aumentos significativos na energia e produtividade, maior satisfação no trabalho, reduções de stress, dor, desconforto e absentismo e até mesmo perda de peso.

88% dos colaboradores relataram ter aumentado sua produtividade e 69% deles tiveram uma redução em dores e desconfortos que sentiam. De forma resumida, podemos dizer que a missão da InMovement é combater a natureza sedentária do local de trabalho moderno por meio de produtos projetados com design exclusivo para trazer pequenos movimentos e, de forma harmoniosa, aumentar a produtividade e a saúde sem interromper o fluxo de trabalho nem sacrificar horas de convívio familiar e social.

Entre os produtos dessa nova linha estão a esteira com suporte ajustável e painel de conectividade integrado que foi projetada especificamente para o local de trabalho e permite trabalhar enquanto se caminha a uma velocidade segura (InMovement TreadMill Desk), as superfícies de trabalho reguláveis em altura para trabalhar de pé (Elevate DeskTop Series) e uma linha de acessórios que inclui tapetes anti-fadiga, faixas elásticas e bolas anti-stress, entre outros itens (Integrate).

Falando especificamente na TreadMill Desk, estudos mostram que, após um curto período de adaptação, as pessoas que usam essa mesa acoplada à esteira conseguem ter a mesma produtividade no trabalho que as que estão em uma mesa tradicional, sentadas.

É claro que a ideia não é andar e trabalhar o dia todo, mas se você conseguir reservar cerca de 30 minutos para caminhar a uma velocidade de cerca de 1,6 km/h enquanto executa as tarefas do escritório, irá conseguir adicionar mais de mil passos ao seu dia, o que te ajudará a manter o corpo e a mente em equilíbrio e até mesmo perder peso.

Essa já se mostra como uma das melhores opções para os profissionais multitarefas de hoje, que correm contra o tempo, mas que precisam otimizar seu dia e encontrar um momento para deixar o sedentarismo de lado e cuidar da saúde. Definitivamente, não é mais necessário escolher entre se dedicar à carreira e viver saudável.

* Pedro Goyn é diretor geral da Life Fitness no Brasil.



Roda de histórias

Meu avô paterno, Seu Dito, era um bom contador de histórias. Contava com a mesma ênfase, fatos e ficções.


Infodemia: a pandemia de desinformação

Todos os dias em nossos smartphones, computadores e TVs, temos uma verdadeira chuva de informações, e nem sempre é possível conferir a veracidade delas.


O problema não é a Cloroquina

Estamos diante de uma doença ameaçadora, nunca antes vivida por nossa geração.


Liderança: Arte e Ciência

O que faz uma pessoa aceitar e reconhecer a liderança de outra?


Reflexões éticas em tempos de Coronavírus

Atualmente, vivemos num cenário de turbulências e preocupações com os impactos sociais e econômicos atuais que virão em decorrência da pandemia do vírus Covid-19.


O direito de ser pedra e o direito de ser vidraça em tempos de pandemia

O pior nessa história toda, desse período de pandemia da Covid-19, tem sido a guerra violenta de versões apresentadas sobre o problema.


O oxigênio da vida

Eles moravam em um dos bairros mais violentos de São Paulo. Estavam perto dos 20 anos. Eram três amigos de infância.


Um vazio de lideranças

Qual o paradeiro dos líderes? Eles possivelmente estão por perto, mas nós não os enxergamos.


O Brasil deve um almoço a Roberto Jefferson

A esquerda diz temer pela Democracia em razão de alguns pronunciamentos do Presidente Bolsonaro.


No tempo da pandemia

Nesta época de quarentena, assisti, pela rádio, à transmissão de cerimónia religiosa: missa.


O Mal

Agostinho dizia que o mal não é um ente em si, porque não é possível que um D’us bom tenha criado o mal.


As palavras que faltam

Há muitas coisas em falta no mundo.