Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Anda divagando muito? Saiba os prós e contras

Anda divagando muito? Saiba os prós e contras

19/12/2017 Prof. Dr. Mario Louzã

A divagação pode prejudicar o rendimento de algumas atividades, principalmente as intelectuais.

Anda divagando muito? Saiba os prós e contras

Quando deixamos de prestar atenção em algo e nos permitimos divagar (“mind wandering”, divagação ou devaneio da mente), algumas áreas cerebrais especificas são ativadas, constituindo a chamada “rede de modo padrão” (“default mode network”).

Grosseiramente falando, seria algo como o “ponto morto” no câmbio do carro; o motor está ligado, mas o carro está parado. A rigor, não ficamos sem pensar em nada, mas os pensamentos fluem sem uma direção especifica, de modo solto, “flutuando”, “viajando”.

Dentro de certos limites, o cérebro humano tem capacidade de fazer o sistema ligado à atenção e a rede de modo padrão funcionarem em paralelo. Eles não são mutuamente excludentes. Muitas vezes, estamos concentrados em algo e, ao mesmo tempo, nossa mente está divagando, seja de forma consciente ou não.

Por exemplo: estou escrevendo este texto e, ao mesmo tempo, pensando que daqui a alguns dias é aniversário de uma pessoa amiga, e que tenho que comprar um presente, etc. Na realidade, o cérebro é programado para funcionar por um certo período de tempo, durante o qual estamos acordados. O descanso principal do cérebro ocorre quando dormimos. Nesse período, ele se refaz, organiza e consolida memórias.

Quando estamos em um momento de lazer, por exemplo, muitas vezes não estamos concentrados em algo especifico que demanda muito do cérebro. Com isso, a possibilidade de divagações passa a ser mais possível. No entanto, a divagação pode prejudicar o rendimento de algumas atividades, principalmente as intelectuais, como estudo ou trabalho.

A possibilidade de deixar o cérebro divagar durante o período de trabalho depende muito da própria atividade que a pessoa desempenha. Além disso, há indivíduos que têm mais facilidade para se distrair com qualquer coisa. Estes devem ficar mais atentos nos momentos em que a concentração é fundamental.

Mas se você é daqueles que, quando necessário, consegue foco total no que está fazendo, não há nada de mal em tirar umas pausas para divagar um pouco, desde que consiga finalizar a tarefa a tempo! Na rotina frenética em que vivemos, fazer pausas ao longo do dia, nos momentos certos, é benéfico para mente e corpo.

O famoso “dolce farniente” (do italiano, “doçura de não fazer nada”) é como dar fôlego ao cérebro e, também, ao organismo todo.

* Prof. Dr. Mario Louzã é médico psiquiatra e psicanalista, Doutor em Medicina pela Universidade de Würzburg, Alemanha.



Igualdade como requisito de existência

Na última cerimônia de entrega do EMMY, o prêmio da TV Norte Americana, um ator negro foi premiado, fruto de reconhecimento praticamente unânime de seu trabalho.


Liderança é comunicação, conexão e confiança

Cada dia que passa, percebo que uma boa comunicação e liderança têm total relação com conexão.


“A educação é a arma mais poderosa…” mas para quem?

Tudo o que se cria ou se ensina no mundo tem dois lados. Geralmente as intenções são boas e as pessoas as tornam ruins.


“Golpe do Delivery”

Entregadores usam máquina de cartão para enganar consumidor.


A inclusão educacional e o mês das crianças

O tema da inclusão está na ordem do dia, dominando as agendas no mês das crianças.


A velha forma de fazer política não tem fim

Ser político no Brasil é um grande negócio, uma dádiva caída do céu, visto as grandes recompensas de toda a ordem obtidas pelos políticos.


Procedimento de segurança

“Havendo despressurização…”, anuncia a comissária, em tom calmo, aos ouvidos dos senhores passageiros daquele voo atrasado, sob a umidade e a monocromia do céu de quase inverno.


Envelhecimento: o tempo passa para todos

Todos nós, em algum momento de nossas vidas, já ouvimos a frase: “o tempo passa para todos”.


Os passos para encontrar a si mesmo e a Deus

Mar da Galileia, Mar de Tiberíades ou Lago de Genesaré, um lugar significativo de tantos milagres e narrativas do Evangelho.


A babá e o beijo

Se eu tinha dúvidas, agora não tenho mais.


A despolitização do Supremo Tribunal Federal

Não pode funcionar bem e com total isenção uma corte ou tribunal de indicação e nomeação política.


E o cartão caminhoneiro?

O objetivo é proteger os caminhoneiros da oscilação diária no preço do diesel, durante um serviço de frete.