Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Aumentando a Tolerância

Aumentando a Tolerância

14/05/2007 Divulgação

Existe um provérbio que diz: "Se uma pessoa disser que você é um cavalo, sorria. Se duas pessoas disserem que você é um cavalo, reflita a respeito. Se três pessoas disserem que você é um cavalo, compre uma sela."

Levando para o mundo corporativo, este provérbio faz lembrar como é importante as empresas entenderem muito bem o que os seus Clientes pensam e dizem a seu respeito. Para isso é preciso saber "conversar" com eles. Quanto mais eficaz for a interação Empresa - Cliente, maior a probabilidade de vários problemas desaparecerem ou até mesmo não existirem.

Um dos grandes benefícios de saber "conversar" com os Clientes é que acumulam-se créditos para serem usados nos momentos mais difíceis. Enquanto eles souberem, exatamente o que está acontecendo e o que podem esperar, enquanto sentirem que não estão abandonados menos espaços sobrarão para desilusões. Não há motivos para esperar que algo fora do previsto ocorra para que a empresa diga a eles "estamos aqui".

Uma "conversa" constante com os Clientes, não só alimenta suas expectativas como também aumenta a sua tolerância. Uma pessoa que recebe um telefonema informando com antecedência que sua encomenda não chegará no prazo combinado, com explicação clara do motivo, tem a oportunidade de rever as suas expectativas e sua tolerância. Seguramente sua reação será diferente se simplesmente no dia combinado sua encomenda não chegar.

Esta "conversa" com os Clientes não acontece somente através de pesquisas e campanhas, mas principalmente em "todas" as relações dos mesmos com a organização, independentemente de época, motivo, profissional envolvido, departamento, produto, serviço, etc.. Não faz muito sentido declarações de profundo comprometimento com os clientes se internamente tudo ainda não passa de apenas boas intenções.

Nesta situação, grandes investimentos em pesquisas e campanhas relacionadas a produtos e serviços medíocres deveriam ser direcionados para implementar mudanças e melhorias internas, utilizando-se a percepção dos Clientes como ferramenta de monitoramento e e divulgação.



Setembro Amarelo: a diferença entre ouvir e escutar

Acender um alerta na sociedade para salvar vidas quando se fala em prevenção ao suicídio é tão complexo quanto o comportamento de uma pessoa com a intenção de tirar a própria vida.


Desafios para a Retomada Econômica

A divulgação do Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre mostrou uma leve retração da atividade produtiva de 0,1% em relação ao trimestre imediatamente anterior.


Setembro Amarelo: é preciso praticar o amor ao próximo

Um domingo ensolarado é um dia perfeito para exercitar a felicidade, passear no parque, levar as crianças na piscina ou encontrar os amigos com seus sorrisos largos e escancarados.


Setembro Amarelo: é preciso ter ferramentas para lidar com o mundo

No semáforo, a cor amarela é frequentemente associada com desaceleração. O motorista precisa reduzir a velocidade ou até mesmo parar.


Da apropriação ilícita dos símbolos da Nação

Uma nova prática vem sendo efetivada por políticos e partidos radicais em âmbito mundial, a apropriação dos símbolos da nação como se fossem bandeiras de suas filosofias.


Tecnologia é fundamental para facilitar o processo de legalização de novos negócios no Brasil

Imagine se todo o recurso humano e dinheiro envolvidos no processo de abertura e legalização de uma empresa no Brasil fossem utilizados para promover mais eficiência e valor agregado para a sociedade?


Como a tecnologia pode criar uma cultura de reciclagem

Diante das diversas transformações no mundo dos negócios e no modelo de atendimento aos consumidores, empresas de todos os segmentos estão sendo obrigadas a buscarem soluções que permitam acelerar a inovação e a eficiência de seus negócios.


As regras essenciais para o uso de vagas de garagem em condomínios

A garagem traz para o condômino segurança e comodidade para os moradores.


Como usar a sua voz para compartilhar as suas ideias?

Você já se perguntou quantas palavras fala diariamente?


A jornada de inovação dos caixas eletrônicos

Quando os primeiros caixas eletrônicos chegaram ao Brasil, no início dos anos 1980, a grande novidade era a possibilidade de retirar dinheiro ou emitir um extrato de forma automatizada.


A nota oficial do Presidente da República

Após o excesso de retórica do mandatário maior da nação ocorrida no dia de uma das maiores manifestações já realizadas e vistas pelo povo brasileiro, o Presidente da República, veio a público, através de nota oficial, prestar a seguinte declaração, da qual destaca-se os seguintes parágrafos:


Combate ao terrorismo após 11 de setembro: incertezas e desafios

Faz 20 anos que acompanhamos, principalmente pela televisão, o maior ataque terrorista da história contemporânea.