Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Baixaria além do limite

Baixaria além do limite

05/10/2020 Carlos Pessoa

O aguardado primeiro debate da campanha dos Estados Unidos entre Donald Trump e Joe Biden foi palco de um intenso e acalorado bate-boca dos candidatos.

Dentre os vários temas discutidos a questão ambiental foi um dos destaques. A indireta de Joe para Trump sobre o problema das queimadas na Amazônia suscitou o nosso país.

Vários temas foram discutidos, desde a indicação da nova ministra da suprema corte, o COVID-19, a questão ambiental e também a economia americana.

O debate começa com o principal assunto do momento, a indicação da nova ministra da suprema corte, a conservadora Amy Coney Barret.

O presidente americano defendeu a indicação alegando que ele é o atual presidente e também controla o senado americano.

Já o seu oponente, Joe Biden, alegou que as vésperas de uma nova eleição seria o correto esperar o resultado das urnas para que apenas o novo presidente faça essa nomeação.

O próximo assunto que gerou muito bate-boca foi a questão da Covid 19, o candidato democrata acusou o presidente americano de assassino e negligente, por outro lado, o Trump retrucou dizendo que fez um trabalho muito melhor do que o seu oponente faria. Que se fosse pelo partido democrata os EUA estariam fechados até hoje.

Como era de se esperar, o tema economia veio logo em seguida. O candidato republicano defendeu seu mandato, disse que atingiu os menores índices de desemprego e um crescimento econômico maior que o mandato de seu antecessor, Barack Obama. Biden o acusou de irresponsável e que se fosse presidente teria feito mais.

Depois de muito bate-boca, o mediador da rede de TV da Fox News Chris Wallace pediu a palavra e tentou conter os ânimos. Iniciando com o tema da Ecologia. Trump atacou o Biden falando que ele iria implementar o controverso plano ecológico da extrema esquerda, o “Green New Deal”, Biden se defendeu que não iria adota-lo e que o partido democrata teria o seu próprio plano para a ecologia.

Em seguida, ele acusou o Trump de ser um irresponsável ambiental. Ainda citou o Brasil, dizendo que tem a intenção de criar um fundo mundial de US$ 20 bilhões para a Amazônia. E completou sua fala ameaçando o país caso não se tomem atitudes, ele terá graves consequências econômicas.

O mediador ainda pergunta ao Trump porque ele resolveu sair do acordo de Paris. Em resposta, Trump ressaltou que o Acordo de Paris era um desastre e que as leis não eram justas com o EUA, pois a China e a Índia poluíam e que os EUA pagavam a conta.

A questão racial também veio à tona logo em seguida, com o Trump acusando o Biden e o partido democrata a apoiar os protesto e quebra-quebra no país.

Trump acusa o Biden de apoiar o movimento de esquerda Antifa e o Biden diz que o Antifa seria uma ideia e não uma organização. Trump chama Biden e Antifa de extremistas. Biden ainda retruca chamando de racista.

Por fim, acusações contra o filho do Biden acaloraram ainda mais o debate. Trump o acusou de corrupto e que ele fez fortuna na Ucrânia por que o seu pai era o vice-presidente americano da época. Biden faz uma defesa enfática ao seu filho olhando para a câmera.

O debate foi de baixo nível e desagradou a quem viu, ambos os lados passaram do limite, principalmente o atual presidente.

Joe Biden se mostrou melhor do que esperado, mas também gaguejou por várias vezes, errou palavras e respondeu o que não foi perguntando. O saldo final é ruim e abaixo das expectativas.

O excesso de agressividade do atual mandatário da casa branca custou caro. A rede CBS News, fez uma pesquisa após o debate, com eleitores que assistiram a disputa.

O resultado mostrou que 48% deram vitória a Biden, contra 41% que falaram que Trump foi o vencedor. E 69% dos espectadores se disseram irritados com o que viram.

O debate foi indiscutivelmente abaixo das expectativas. Como já era esperado, Donald Trump se expressou melhor que o Biden, mas foi muito agressivo e interrompeu o seu oponente 73 vezes, talvez tenha custado caro essa agressividade toda.

Que venham melhores debates pela frente!

* Carlos Pessoa é CEO da Vêneto Family Office, Gestor de Alocação, Gestão e Análise de Investimento e Fundos Exclusivos.

Fonte: Naves Coelho Comunicação



Cuidar da saúde mental do colaborador é fator de destaque e lucratividade para empresa

O Setembro Amarelo é uma campanha nacional de prevenção ao suicídio, mas que coloca em evidência toda a temática da saúde mental.


Setembro Amarelo: a diferença entre ouvir e escutar

Acender um alerta na sociedade para salvar vidas quando se fala em prevenção ao suicídio é tão complexo quanto o comportamento de uma pessoa com a intenção de tirar a própria vida.


Desafios para a Retomada Econômica

A divulgação do Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre mostrou uma leve retração da atividade produtiva de 0,1% em relação ao trimestre imediatamente anterior.


Setembro Amarelo: é preciso praticar o amor ao próximo

Um domingo ensolarado é um dia perfeito para exercitar a felicidade, passear no parque, levar as crianças na piscina ou encontrar os amigos com seus sorrisos largos e escancarados.


Setembro Amarelo: é preciso ter ferramentas para lidar com o mundo

No semáforo, a cor amarela é frequentemente associada com desaceleração. O motorista precisa reduzir a velocidade ou até mesmo parar.


Da apropriação ilícita dos símbolos da Nação

Uma nova prática vem sendo efetivada por políticos e partidos radicais em âmbito mundial, a apropriação dos símbolos da nação como se fossem bandeiras de suas filosofias.


Tecnologia é fundamental para facilitar o processo de legalização de novos negócios no Brasil

Imagine se todo o recurso humano e dinheiro envolvidos no processo de abertura e legalização de uma empresa no Brasil fossem utilizados para promover mais eficiência e valor agregado para a sociedade?


Como a tecnologia pode criar uma cultura de reciclagem

Diante das diversas transformações no mundo dos negócios e no modelo de atendimento aos consumidores, empresas de todos os segmentos estão sendo obrigadas a buscarem soluções que permitam acelerar a inovação e a eficiência de seus negócios.


As regras essenciais para o uso de vagas de garagem em condomínios

A garagem traz para o condômino segurança e comodidade para os moradores.


Como usar a sua voz para compartilhar as suas ideias?

Você já se perguntou quantas palavras fala diariamente?


A jornada de inovação dos caixas eletrônicos

Quando os primeiros caixas eletrônicos chegaram ao Brasil, no início dos anos 1980, a grande novidade era a possibilidade de retirar dinheiro ou emitir um extrato de forma automatizada.


A nota oficial do Presidente da República

Após o excesso de retórica do mandatário maior da nação ocorrida no dia de uma das maiores manifestações já realizadas e vistas pelo povo brasileiro, o Presidente da República, veio a público, através de nota oficial, prestar a seguinte declaração, da qual destaca-se os seguintes parágrafos: