Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Beacons: informação, marketing e inovação

Beacons: informação, marketing e inovação

02/12/2014 Gerardo Wisosky

O sistema pode ser utilizado por qualquer organização e estreita o relacionamento com o consumidor.

As portas e as janelas já se abrem e fecham através de um clique no smartphone, as luzes se acendem com um bater de palmas e a água começa a esquentar para o banho 15 minutos antes de você chegar a casa.

Com isso podemos ver que realmente a tecnologia avançou muito e a internet das coisas está prestes de se tornar algo comum e presente no dia a dia das pessoas.

Nesse cenário, outra tecnologia que chegou e já está sendo utilizada no Brasil são os aparelhos de proximidade, nomeados como beacons.

Trata-se nada mais nada menos, do que um sensor indicado para espaços internos, com um custo relativamente baixo e que pode ser colado em paredes, vitrines e em produtos.

Os beacons trabalham em conjunto com um aplicativo que está instalado no smartphone do consumidor. Para que funcione, o aparelho móvel deve estar com o Bluetooth ativado e com um app da loja instalado.

A novidade não tem acesso a nenhuma informação do usuário, a não ser o código do celular. O trabalho de inteligência é todo feito pelo aplicativo que está hospedado no device.

Não só em celulares, a tecnologia pode ser utilizada por qualquer aparelho que ofereça o uso do Bluetooth.

Por exemplo, em uma loja de confecções, os beacons podem se instalar nos manequins da vitrine. Quando um cliente se aproxima do estabelecimento este, por sua vez, recebe um sinal pelo aplicativo do cliente e do Bluetooth do smartphone.

Desta forma, o consumidor começa a receber informações sobre a peça exposta no mostruário, como: detalhes dos tecidos, preços, opções de cores, entre outras.

Na saúde, o beacon também é uma grande aposta. Sabe os prontuários médicos, que são formados por diversas folhas onde os médicos precisam preencher os dados e informações dos pacientes manualmente?

Agora, os papéis podem ficar de lado e o armazenamento dos dados feito no sistema. Para isso, basta inserir em cada leito um beacon que transmitirá para um tablet do médico todas as informações sobre aquele paciente.

O que pode evitar erros, facilitar o acesso aos arquivos e otimizar o processo.

Ainda nesta área, podemos citar a facilidade que os enfermeiros podem ter ao saber em quais leitos o médico já visitou e quais medicamentos precisam ser aplicados em determinado paciente.

É uma forma inovadora de trabalhar, que pode resultar em melhores ações e agilizar a comunicação entre médicos e enfermeiros.

O beacon é uma das grandes tendências para os estabelecimentos que contam com grande circulação de público e precisam conhecer melhor o seu cliente e ainda oferecer informação.

Se a sua empresa visa realizar uma ação de marketing, o beacon pode ser o caminho mais fácil. Quando um cliente assíduo se aproxima do seu estabelecimento, o sensor já reconhece o smartphone do consumidor e registra as ações dele dentro do seu estabelecimento.

Por exemplo, o tempo que ele passou na seção de cama, mesa e banho, quais produtos comprou e quando foi a última visita do cliente à loja. Com essas informações, fica muito mais simples o empresário saber qual artigo oferecer aquela pessoa e, desta forma, fazer ofertas mais assertivas.

O beacon pode ser utilizado por qualquer organização, a grande vantagem do recurso é o preço acessível, a facilidade de utilização e, ainda, por estreitar o relacionamento com o consumidor, que tem acesso a informações na palma da mão.

Esta é uma dos benefícios que o produto oferece para o público, receber conteúdo de interesse sem precisar perguntar as vendedoras, além de ter acesso a promoções e ofertas de maneira rápida e interativa.

As fabricantes já distribuem o aparelho em diversos formatos e tamanhos, que podem ser customizados para cada nicho. Em uma era em que a tecnologia e o uso dos smartphones estão em alta, nada melhor que usá-los a favor do nosso negócio.

Acho que os beacons chegaram com uma proposta inovadora e simples. Que tal ver como é?

* Gerardo Wisosky é country manager Brasil do GeneXus International



O Brasil enfrenta uma crise ética

O Brasil atravessa uma crise ética. É patente a aceitação e banalização da perda dos valores morais evidenciada pelo comportamento dos governantes e pela anestesia da sociedade, em um péssimo exemplo para as futuras gerações.

Autor: Samuel Hanan


Bandejada especial

Montes Claros é uma cidade de características muito peculiares. Para quem chega de fora para morar lá a primeira surpresa vem com a receptividade do seu povo.

Autor: Antônio Marcos Ferreira


Eleições para vereadores merecem mais atenção

Em anos de eleições municipais, como é o caso de 2024, os cidadãos brasileiros vão às urnas para escolher prefeito, vice-prefeito e vereadores.

Autor: Wilson Pedroso


Para escolher o melhor

Tomar boas decisões em um mundo veloz e competitivo como o de hoje é uma necessidade inegável.

Autor: Janguiê Diniz


A desconstrução do mundo

Quando saí do Brasil para morar no exterior, eu sabia que muita coisa iria mudar: mais uma língua, outros costumes, novas paisagens.

Autor: João Filipe da Mata


Por nova (e justa) distribuição tributária

Do bolo dos impostos arrecadados no País, 68% vão para a União, 24% para os Estados e apenas 18% para os municípios.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Um debate desastroso e a dúvida Biden

Com a proximidade das eleições presidenciais nos Estados Unidos, marcadas para novembro deste ano, realizou-se, na última semana, o primeiro debate entre os pleiteantes de 2024 à Casa Branca: Donald Trump e Joe Biden.

Autor: João Alfredo Lopes Nyegray


Aquiles e seu calcanhar

O mito do herói grego Aquiles adentrou nosso imaginário e nossa nomenclatura médica: o tendão que se insere em nosso calcanhar foi chamado de tendão de Aquiles em homenagem a esse herói.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Falta aos brasileiros a sede de verdade

Sigmund Freud (1856-1939), o famoso psicanalista austríaco, escreveu: “As massas nunca tiveram sede de verdade. Elas querem ilusões e nem sabem viver sem elas”.

Autor: Samuel Hanan


Uma batalha política como a de Caim e Abel

Em meio ao turbilhão global, o caos e a desordem só aumentam, e o Juiz Universal está preparando o lançamento da grande colheita da humanidade.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


De olho na alta e/ou criação de impostos

Trava-se, no Congresso Nacional, a grande batalha tributária, embutida na reforma que realinhou, deu nova nomenclatura aos impostos e agora busca enquadrar os produtos ao apetite do fisco e do governo.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


O Pronto Atendimento e o desafio do acolhimento na saúde

O trabalho dentro de um hospital é complexo devido a diversas camadas de atendimento que são necessárias para abranger as necessidades de todos os pacientes.

Autor: José Arthur Brasil