Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Buscando formas de se comunicar

Buscando formas de se comunicar

09/09/2017 Ana Elisa Moreira Ferreira

A importância da comunicação no mundo corporativo.

A dificuldade de falar em público é uma realidade presente na vida de muitas pessoas, são comuns os casos de quem não consegue se expressar, apresentar um trabalho ou uma palestra, se posicionar em uma reunião de trabalho, independentemente do número de ouvintes.

E se engana quem pensa que apenas “pessoas normais” podem passar por essa situação; muitas personalidades, como o produtor e diretor de cinema, Steven Spielberg; o fundador da Microsoft, Bill Gates e o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, por exemplo, já sofreram com problemas ao ter que discursar para outras pessoas.

Falar em público é muito mais do que uma simples apresentação, é escolher uma postura, um tom de voz, a forma adequada de dizer o que precisa, é gerar transformação e conexão.

Quando estamos em evidência, nossos hormônios se desregulam, ficamos nervosos e podemos sentir vários sintomas físicos, como dor de estômago, rosto queimando e suor frio, tudo isso causado por ansiedade que libera hormônios de estresse, adrenalina e nos faz ter vontade de fugir, sair correndo daquela situação negativa.

Você já se sentiu assim? Se sim, saiba que é possível controlar a ansiedade e desenvolver a autoconfiança, essas são chaves importantes para falar em público. A segurança é um sentimento construído a partir do conhecimento pessoal.

Em situações de estresse, alguns indivíduos geralmente perdem esse link interno. Nesse momento os medos e as fantasias tomam conta trazendo um espaço onde o outro (ou os outros) sempre ocupa um papel de perseguidor forte, destemido, feroz e, principalmente, cruel.

Um dos caminhos para conseguir se apresentar em público é o treinamento pessoal com orientações, exercícios e feedbacks especializados e efetivos. Esse aprimoramento também é um diferencial na vida de quem busca melhorar sua performance ao falar para pequenas, médias ou grandes plateias.

Os cursos que ofertam esse treinamento também auxiliam no desenvolvimento de autoestima e o fortalecimento de sua segurança interna, buscando identificar e desatar os mitos pessoais que interferem negativamente em sua autopercepção.

Saber falar em público é mais do que importante, é essencial! As pessoas precisam compartilhar conhecimentos, negociar, liderar e saber se expressar com competência. Falar com segurança, propriedade e objetividade faz com que o indivíduo marque presença e valorize o que sabe.

Aquele que sabe se comunicar bem ganha mais visibilidade, mais prestígio, é melhor avaliado em suas habilidades e competências, o que pode trazer um forte diferencial na vida pessoal, no trabalho e em sua a carreira.

* Ana Elisa Moreira Ferreira é Diretora Executiva da Univoz Consultoria em Comunicação Humana, Coach em Neurociência pela Results Coaching Systems.



A pandemia, as perdas e o novo mundo

Apesar de, infelizmente, ter antecipado o fim da vida de 64,9 mil brasileiros e ainda estar por levar milhares de outros e prejudicar muitos na saúde ou na economia (ou em ambos), o coronavírus pode ser considerado um novo divisor de águas na sociedade.


7 dicas para se profissionalizar na comunicação virtual

De repente, veio a pandemia, a quarentena e, com elas, mudanças na rotina profissional e na forma de comunicação.


O sacrifício dos jovens

Mais de cem dias depois, a pandemia vai produzindo uma cauda longa de desarranjos que se fará sentir por muitos anos e esses efeitos vão atingir, principalmente, os mais jovens.


A “nova normalidade”

A denominada “nova normalidade” não venha nos empobrecer em humanidade.


A inevitável necessidade de prorrogação do auxílio emergencial

Recentemente, o ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou que o governo vai prorrogar por dois meses o pagamento do auxílio emergencial.


A empatia como chave para gestão de entregas e pessoas

Uma discussão que acredito ser muito pertinente em tempos de pandemia é como ficam, neste cenário quase caótico, as entregas?


Mass-Media “mascarada”

A semana passada, aventurei-me a sair, para um longo passeio, na minha cidade. Passeio a pé, porque ainda não frequentei o transporte público.


A quarentena e as artes

Schopenhauer foi um filósofo que penetrou no âmago do mundo.


O legado da possibilidade

Quando podemos dizer que uma coisa deu certo? O que é, afinal, um sucesso?


O que diabos está acontecendo?

A crise está a todo vapor e acelerando tendências que levariam décadas para se desenrolar.


STF e o inquérito do fim do mundo

Assim que o presidente da Suprema Corte determinou a abertura do inquérito criminal para apurar ameaças, fake news contra aquele sodalício, nomeando um dos ministros da alta corte para instaurá-lo, de ofício, com base no artigo 43 do Regimento Interno, não vi nenhuma ilegalidade.


As décadas de 20

A mais agitada década de vinte de todas foi a do século XX.