Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Convivência em condomínios e a inevitável gestão de conflitos

Convivência em condomínios e a inevitável gestão de conflitos

18/07/2023 João Xavier

Quando se observa um condomínio de fora, poucos têm noção dos desafios que podem surgir ao longo do tempo.

Devemos lembrar que o condomínio é um reflexo da sociedade em que vivemos. Todos os problemas que existem do lado de fora do muro também podem ser encontrados do lado de dentro, embora em uma escala menor.

Encontramos pessoas financeiramente bem-sucedidas, assim como aquelas que estão em busca de oportunidades de emprego no mercado. Há moradores que aproveitam o espaço para cozinhar e vender seus produtos dentro do próprio condomínio.

Temos vizinhos amigáveis e prestativos, que estão sempre dispostos a ajudar, mas também nos deparamos com os mal-humorados que não respondem sequer um "bom dia" no elevador.

Além disso, temos aqueles que adoram animais de estimação e aqueles que não suportam a presença deles. O condomínio também pode enfrentar problemas relacionados ao uso de drogas, muitas vezes ocorrendo até mesmo no mesmo andar de um vizinho que é policial.

São tantos os desafios de convivência que eu poderia falar sobre eles durante horas a fio. No entanto, é importante sempre lembrar que o respeito, a capacidade de se colocar no lugar do próximo, a empatia e a paciência sempre serão fundamentais na tomada das melhores decisões.

Dias atrás, deparei-me com uma publicação no grupo do condomínio que dizia: "A senhora da unidade 171 estava transportando compras no elevador social, o que é proibido pelo regulamento interno."

Minutos depois, outro morador escreveu: "Antes de reclamar ou criticar, você poderia ter perguntado o que aconteceu. Mas, se você não tem tempo para perguntar, eu tenho tempo para lhe responder: o elevador de serviços está temporariamente indisponível devido a uma manutenção preventiva."

Percebe-se que, de fato, um morador poderia ter perguntado antes de criticar, mas o outro também poderia ter respondido de forma mais receptiva.

Devido a um questionamento mal colocado e uma resposta um tanto carregada, o caos se instaurou no grupo de WhatsApp do condomínio.

Tal situação pode gerar brigas, desavenças e mal-estar, tudo isso por falta de empatia, respeito e cordialidade entre os vizinhos.

Viver em um condomínio é compreender que você faz parte de um todo e que, para que esse todo funcione adequadamente, é necessário que cada um faça a sua parte.

Recentemente, fomos confrontados com um caso grave de racismo e ameaça com uma faca, noticiado nos telejornais, envolvendo uma senhora e seu filho contra um MC, baseado unicamente na cor da pele.

Tal comportamento é absolutamente inaceitável. Todos somos iguais perante a sociedade, com os mesmos direitos e deveres.

Além disso, frequentemente nos deparamos com problemas resultantes de discussões sobre futebol na quadra do condomínio, em que as crianças se envolvem em brigas calorosas e os pais se colocam no meio para resolver, mesmo quando os usuários da quadra são menores de idade. Nesses momentos, devemos agir com bom senso.

Quando sentirmos que nossos direitos estão sendo violados, é necessário informar imediatamente o síndico e a administração para que tomem as providências necessárias, levando em consideração cada infração cometida. Nunca tente resolver o problema por conta própria, para que a situação não se agrave ainda mais.

A administração tem habilidades para mediar conflitos e evitar que o problema se intensifique. No entanto, caso se trate de algo mais sério, vale a pena não apenas registrar a ocorrência junto à administração do condomínio, mas também levar o assunto às autoridades policiais.

Elas saberão conduzir o problema e encaminhá-lo para uma solução adequada. É importante ressaltar que a melhor atitude para uma convivência harmoniosa é se colocar no lugar do próximo e questionar: "Se fosse comigo ou com algum dos meus parentes, eu gostaria dessa situação?"

Certamente, se todos exercitarem essa reflexão, poderemos desfrutar de uma vida em condomínio mais pacífica e harmoniosa.

* João Xavier é síndico profissional, especialista em gestão condominial, especialista em implantação de novos condomínios.

Para mais informações sobre condomínios clique aqui…

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Fonte: Denadai Comunicação



Para escolher o melhor

Tomar boas decisões em um mundo veloz e competitivo como o de hoje é uma necessidade inegável.

Autor: Janguiê Diniz


A desconstrução do mundo

Quando saí do Brasil para morar no exterior, eu sabia que muita coisa iria mudar: mais uma língua, outros costumes, novas paisagens.

Autor: João Filipe da Mata


Por nova (e justa) distribuição tributária

Do bolo dos impostos arrecadados no País, 68% vão para a União, 24% para os Estados e apenas 18% para os municípios.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Um debate desastroso e a dúvida Biden

Com a proximidade das eleições presidenciais nos Estados Unidos, marcadas para novembro deste ano, realizou-se, na última semana, o primeiro debate entre os pleiteantes de 2024 à Casa Branca: Donald Trump e Joe Biden.

Autor: João Alfredo Lopes Nyegray


Aquiles e seu calcanhar

O mito do herói grego Aquiles adentrou nosso imaginário e nossa nomenclatura médica: o tendão que se insere em nosso calcanhar foi chamado de tendão de Aquiles em homenagem a esse herói.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Falta aos brasileiros a sede de verdade

Sigmund Freud (1856-1939), o famoso psicanalista austríaco, escreveu: “As massas nunca tiveram sede de verdade. Elas querem ilusões e nem sabem viver sem elas”.

Autor: Samuel Hanan


Uma batalha política como a de Caim e Abel

Em meio ao turbilhão global, o caos e a desordem só aumentam, e o Juiz Universal está preparando o lançamento da grande colheita da humanidade.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


De olho na alta e/ou criação de impostos

Trava-se, no Congresso Nacional, a grande batalha tributária, embutida na reforma que realinhou, deu nova nomenclatura aos impostos e agora busca enquadrar os produtos ao apetite do fisco e do governo.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


O Pronto Atendimento e o desafio do acolhimento na saúde

O trabalho dentro de um hospital é complexo devido a diversas camadas de atendimento que são necessárias para abranger as necessidades de todos os pacientes.

Autor: José Arthur Brasil


Como melhorar a segurança na movimentação de cargas na construção civil?

O setor da construção civil é um dos mais importantes para a economia do país e tem impacto direto na geração de empregos.

Autor: Fernando Fuertes


As restrições eleitorais contra uso da máquina pública

Estamos em contagem regressiva. As eleições municipais de 2024 ocorrerão no dia 6 de outubro, em todas as cidades do país.

Autor: Wilson Pedroso


Filosofia na calçada

As cidades do interior de Minas, e penso que de outros estados também, nos proporcionam oportunidades de conviver com as pessoas em muitas situações comuns que, no entanto, revelam suas características e personalidades.

Autor: Antônio Marcos Ferreira