Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Crise de confiança?

Crise de confiança?

04/03/2015 Wenderson Wanzeller

O Brasil está em evidência por conta dos escândalos e das recentes medidas econômicas.

E por não saber o desfecho, bancos limitam o crédito, empresários se retraem e o consumidor fica mais prevenido em relação aos gastos.

Mas, se por um lado a crise assusta, por outro, ela também oferece oportunidades para o crescimento. Sobretudo para aqueles que possuem as finanças equilibradas. Em tempos de crise, a credibilidade, ou seja, a avaliação de risco, passa ser a nova moeda de mercado. Investidores avaliam melhor os investimentos. Banqueiros analisam criteriosamente os correntistas.

E correntistas refletem mais sobre o destino dos recursos. No caso de investidores e banqueiros, a avaliação de risco é coisa levada a sério. Economistas, gestores de fundos e diretores de crédito dão conta do recado. Mas e o que fazem as médias, e até mesmo as grandes empresas, em situações como as que vivemos? Geralmente nada! Apenas seguem o fluxo da correnteza. Muitos já devem ter ouvido que é no momento de crise que se cresce – o que eu ratifico neste artigo.

Enquanto algumas empresas lutam para sobreviver, outras ficam ávidas pelas oportunidades de mercado. Portanto, se sua empresa goza de credibilidade, está capitalizada e tem condições de investir, aproveite a crise para crescer. Mas, assim como os investidores e banqueiros, seja criterioso na hora de avaliar o risco de seus clientes. Poucas empresas dão importância ao departamento de crédito e cobrança. A simples consulta do CPF ou CNPJ não é suficiente para se definir um limite.

Mesmo as consultas mais elaboradas disponíveis no mercado, não substituem, nem nunca substituirão, a análise criteriosa de um profissional. Informações simples, mas fundamentais para uma tomada de decisão, geralmente são ignoradas por quem não tem uma estrutura profissional de crédito. E essa falha, lá na frente, fará a diferença entre o calote e o recebimento da venda. Então se sua empresa está consolidada e se seu negócio é promissor, estruture o seu departamento de crédito e fique atento as oportunidades que virão.

* Wenderson Wanzeller é diretor executivo da Personalbanking, empresa especializada em consultoria bancaria, análise de crédito e cobrança.



O Brasil enfrenta uma crise ética

O Brasil atravessa uma crise ética. É patente a aceitação e banalização da perda dos valores morais evidenciada pelo comportamento dos governantes e pela anestesia da sociedade, em um péssimo exemplo para as futuras gerações.

Autor: Samuel Hanan


Bandejada especial

Montes Claros é uma cidade de características muito peculiares. Para quem chega de fora para morar lá a primeira surpresa vem com a receptividade do seu povo.

Autor: Antônio Marcos Ferreira


Eleições para vereadores merecem mais atenção

Em anos de eleições municipais, como é o caso de 2024, os cidadãos brasileiros vão às urnas para escolher prefeito, vice-prefeito e vereadores.

Autor: Wilson Pedroso


Para escolher o melhor

Tomar boas decisões em um mundo veloz e competitivo como o de hoje é uma necessidade inegável.

Autor: Janguiê Diniz


A desconstrução do mundo

Quando saí do Brasil para morar no exterior, eu sabia que muita coisa iria mudar: mais uma língua, outros costumes, novas paisagens.

Autor: João Filipe da Mata


Por nova (e justa) distribuição tributária

Do bolo dos impostos arrecadados no País, 68% vão para a União, 24% para os Estados e apenas 18% para os municípios.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


Um debate desastroso e a dúvida Biden

Com a proximidade das eleições presidenciais nos Estados Unidos, marcadas para novembro deste ano, realizou-se, na última semana, o primeiro debate entre os pleiteantes de 2024 à Casa Branca: Donald Trump e Joe Biden.

Autor: João Alfredo Lopes Nyegray


Aquiles e seu calcanhar

O mito do herói grego Aquiles adentrou nosso imaginário e nossa nomenclatura médica: o tendão que se insere em nosso calcanhar foi chamado de tendão de Aquiles em homenagem a esse herói.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Falta aos brasileiros a sede de verdade

Sigmund Freud (1856-1939), o famoso psicanalista austríaco, escreveu: “As massas nunca tiveram sede de verdade. Elas querem ilusões e nem sabem viver sem elas”.

Autor: Samuel Hanan


Uma batalha política como a de Caim e Abel

Em meio ao turbilhão global, o caos e a desordem só aumentam, e o Juiz Universal está preparando o lançamento da grande colheita da humanidade.

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra


De olho na alta e/ou criação de impostos

Trava-se, no Congresso Nacional, a grande batalha tributária, embutida na reforma que realinhou, deu nova nomenclatura aos impostos e agora busca enquadrar os produtos ao apetite do fisco e do governo.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


O Pronto Atendimento e o desafio do acolhimento na saúde

O trabalho dentro de um hospital é complexo devido a diversas camadas de atendimento que são necessárias para abranger as necessidades de todos os pacientes.

Autor: José Arthur Brasil