Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Despertar da civilização

Despertar da civilização

20/05/2015 Floriano de Lima Nascimento

É um tema que merecia ser estudado, com profundidade, como um marco da existência humana.

O surgimento do “homo sapiens”, no globo terrestre foi uma grande revolução, pois deu início à civilização humana que, mesmo não sendo o que se esperava, (conclusão a posteriori) ocupou, devido a sua inteligência e habilidade, uma posição de importância incomum, à frente dos seres que habitavam o nosso Planeta.

As dificuldades foram tremendas, quase intransponíveis, pois foi necessário enfrentar obstáculos para vencer os desafios de luta pela sobrevivência, fosse devido à ação dos predadores, ou até mesmo causadas pela uma natureza adversa, resultado de problemas climáticos.

Cavernas, buracos e galhos de árvores serviram, no despertar do mundo, de proteção aos frágeis seres que, pouco a pouco, começarem a povoar a terra.

Nunca houve viagem tão longa e acidentada. Mas o ser humano conseguiu, mesmo a duras penas, sobreviver, em grande parte devido a sua habilidade de construir abrigos mais seguros e moradas que os protegiam de muitos dos seus predadores, naquela era distante.

Dentro desse contexto, o tema “As moradas do homem” passaram a ter um importantíssimo sentido, pois foi o que possibilitou a evolução do “homo sapiens” na terra.

A casa em que morava lhe dava, além de aconchego, a segurança de que necessitava para criar a prole e desenvolver-se.

É um tema que merecia ser estudado, com profundidade, como um marco da existência humana.

*O autor é Redator-chefe de O Debate, escritor e professor de Direito Econômico,  Membro do  Instituto Histórico e  Geográfico e da Arcádia de Minas Gerais e ex-presidente da Fundação Brasileira de Direito Econômico.



Habilidades socioemocionais podem ser aprendidas

Desde o início da infância, as pessoas aprendem um conjunto de comportamentos que são utilizados nas diferentes interações sociais.


Entenda porque amor é diferente de paixão

Você sabe diferenciar o amor da paixão?


A finalidade e controle das ONGs

O mais adequado não é combatê-las, mas manter sob controle as suas ações como forma de evitar desvio de finalidade, corrupção e outras distorções.


A reforma da máquina pública

A aprovação da reforma da Previdência, pela Câmara dos Deputados, é um avanço do governo.


Os desafios da maternidade e do mercado de trabalho

Ter filhos não é fator de impedimento para uma mulher trabalhar.


Todos querem ser ricos…

Mais vale pobreza, com paz e consciência limpa, que riqueza, sem sossego, alma escurecida, e pesados de remorsos.


A importância de empoderar nossas meninas

Fatores culturais de valorização do masculino, enraizados desde sempre na nossa sociedade, afetam a autoestima e a confiança feminina.


Advogados e Cursos jurídicos

Onze de Agosto é o Dia da Fundação dos Cursos de Direito e é também o Dia do Advogado.


Empresas e paternidade: uma mudança a ser nutrida

Daqui a cinco ou dez anos, nem você nem ninguém se lembrará com precisão da tarefa que está fazendo no trabalho neste minuto.


Ética de advogados e juízes

A advocacia e a magistratura têm códigos de ética diferentes.


Quem se beneficia da coisa pública é corrupto

Coisa pública não pode ser confundida com coisa privada.


Pai é quem ama e cuida

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, pai não é somente quem nos gerou.