Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Dicas de incentivo à leitura na escola

Dicas de incentivo à leitura na escola

27/03/2013 Erika de Souza Bueno

Desafio de muitos professores, a leitura, em muitas escolas, está em “maus lençóis”. Há alunos que, simplesmente, dormem nas aulas. Tudo isso tende a deixar muitos professores desmotivados.

Mas, acalmem-se, há meios para vencer esses obstáculos. Uma das dicas começa antes de o livro ser aberto ou até mesmo antes de o aluno pensar que a aula será dedicada à leitura. Para se ter ideia da dimensão desse assunto, pense num professor de língua portuguesa que, ao entrar na sala de aula, diz aos seus alunos que o adjetivo é a palavra que qualifica o substantivo.

Ora, desculpe-me, mas alguém perguntou alguma coisa do tipo? A resposta, nesse caso específico, é não. Não houve nenhum método para despertar interesse, curiosidade ou vontade de querer saber sobre algo. Esse modelo de aula, ou seja, essa forma de somente chegar à sala e despejar uma série de conteúdos não é mais atrativa.

Aqui, então, resumimos a primeira dica para uma aula interessante de leitura: o despertar do interesse, da vontade de conhecer e de saber sobre algum fato. Nessa mesma linha de raciocínio, não comece a aula de leitura sem verificar o local em que ela deverá acontecer. Pense em métodos para garantir que a sala tenha um ambiente fresco e agradável, de modo a não cansar o aluno leitor no meio de seu percurso.

Considere que tudo em nossa vida é assim, praticamente nada do que fazemos o fazemos sem estímulos. Para você assistir a uma novela ou a um filme do início ao final, por exemplo, muitas técnicas são utilizadas, pois, caso contrário, você troca de canal ou desliga a televisão. No processo de leitura também ocorre isso. O professor precisa entender a linguagem que há por trás dela.

Essa linguagem aqui é entendida como os meios que nos tornaram leitores assíduos de conteúdos diversos, isso se assim o formos de fato. Outra dica para descobrir algumas técnicas para ajudar seus alunos a tomarem gosto pela leitura é você dedicar-se a conhecer os processos que foram capazes de formar outros leitores. Por isso, que tal uma entrevista em bibliotecas públicas de sua cidade para, num bate-papo, descobrir o porquê e como pessoas comuns, de todas as idades, mantêm esse saudável hábito?

Por fim, dê objetivo à leitura de seus alunos, não os aprisione em textos que são bonitos apenas a você. Assim, você terá grandes chances de permitir que cada um deles descubra que, lendo, poderá ter muitas de suas próprias necessidades satisfeitas. Quando chegar a esse ponto, você vai entender que não precisará se preocupar tanto com outros pontos da vida acadêmica e social de seus alunos.

Já bem sabemos que somos seres de necessidades satisfeitas, ou seja, a cada satisfação, outro desejo se mostra a nossa frente. O aluno leitor saberá muito bem como e onde buscar suas próprias respostas, beneficiando, dessa forma, todas as áreas de sua vida.

*Erika de Souza Bueno é Coordenadora Educacional da empresa Planeta Educação e Editora do Portal Planeta Educação.



Entre a Pressa e a Preguiça

Quem já passou dos quarenta anos e viveu em algum canto do Brasil, experimentou, certamente, exercícios sistemáticos de paciência.



O “Golpe do WhatsApp” e o roubo da conta no aplicativo

Caso você seja vítima desse golpe, deve imediatamente entrar em contato com o WhatsApp para informar que alguém está utilizando a sua conta.


Reflexão sobre a democracia

Deambulava numa manhã de domingo, na Praça da Batalha, no Porto, quando perpassei por sujeito, elegantemente trajado: calça e casaco azul-marinho, camisa branca, gravata cinza.


Como não errar ao investir?

Muitas pessoas têm receio em falar sobre os seus investimentos, pois ainda é um grande tabu falar sobre dinheiro.


Para uma sociedade melhor

No tempo da minha juventude, conheci mocinha, de origem modesta, mas rica de inteligência, esperteza e perspicácia.


Fake (old) News

Tanto a existência das fake news quanto a expressão em si, já existem há muito tempo.


Por que os professores de Humanas são de “esquerda”?

Quero começar essa reflexão com uma resposta simples: não!


Como revestir a casa de forma prática e com menor custo

Nos últimos anos, uma das novidades de maior destaque se traduz no surgimento dos revestimentos inteligentes.


O livro e a cultura

29 de outubro é o Dia do Livro. 5 de novembro é o Dia da Cultura.


Os controversos e suas controvérsias

O ano de 2019 tem sido, sem dúvidas, muito fértil para os noticiários políticos internacionais.


A demora do Poder Legislativo em não regular a prisão em segunda instância

Os parlamentares federais são exclusivamente culpados por ter o STF procedido à revisão da prisão em segunda instância.