Portal O Debate
Grupo WhatsApp

É erro avaliar os outros por nós

É erro avaliar os outros por nós

10/12/2021 Humberto Pinho da Silva

Em "Crime e Castigo", diz Dostoieweky: "(…) Para se conhecer uma pessoa é necessário conviver com ela, tê-la observado cuidadosamente."

Dificilmente, digo eu, se conhece verdadeiramente seja quem for, mesmo o nosso conjugue, porque há segredos bem guardados, nunca revelados, hábitos e vícios, pensamentos doentios e desejos escondidos.

Bem dizia Raul Brandão, em: "Humus": (…) "Em todas as almas (…) há um interior escondido." Há quem saiba encobrir com tanta perfeição, quem engane, com atenções que parecem sinceras, que ingenuamente acreditamos.

Decorrido meses (anos?) é que descortinamos, atónitos, as dissimulações. Já Goeth, em: "Werther", advertia: "Não é fácil uma criatura entender outra."

Fui amigo íntimo de condiscípulo. Trocávamos confidencias e realizamos aprazíveis passeatas, em conjunto.
Bastou noivar com moça licenciada, da "alta", para se afastar.

Encontrei-o, um dia, acompanhado da mocinha, jovem graciosa, de boas famílias. Aproximei-me. Para meu espanto, disfarçou e continuou seu caminho. Razões? Desconheço. Acanhamento? Vaidade? Talvez orgulho.

Muitos que se declaram nossos amigos, e os consideramos como tal, surpreendem-nos pelas atitudes e comportamentos, mormente após têm recebido benesses nossas.

Pensam lá consigo: já não preciso dele para nada. Estou servido. É falta de carácter e ingratidão. Admiramo-nos, então, como conseguiram enganar-nos. 

Bem observou Goethe: "Cada dia vou notando que é tolice avaliar os outros por nós" – "Werther".

É tolice e é errado, porque pensamos que os outros são honestos e sinceros – como nós, – e não procuram amizade com segundas intenções. Como andamos, quantas vezes, enganados.

* Humberto Pinho da Silva

Para mais informações sobre ingratidão clique aqui…

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!



Mortes e lama: até quando, Minas?

Tragédias no Brasil são quase sempre pré-anunciadas. É como se pertencessem e integrassem a política de cotas. Sim, há cotas também para o barro e a lama. Cota para a dor.


Proteção de dados de sucesso

Pessoas certas, processos corretos e tecnologia adequada.


Perspectivas e desafios do varejo em 2022

Como o varejo lida com pessoas, a sua dinâmica é fascinante. A inclusão de novos elementos é constante, tais como o “live commerce” e a “entrega super rápida”.


Geração millenials, distintas facetas

A crise mundial – econômica, social e política – produzida pela transformação sem precedentes da Economia 4.0 coloca, de forma dramática, a questão do emprego para os jovens que ascendem ao mercado de trabalho.


Por que ESG e LGPD são tão importantes para as empresas?

ESG e LGPD ganham cada vez mais espaço no mundo corporativo por definirem novos valores apresentados pelas empresas, que procuram melhor colocação no mercado, mais investimentos e consumidores satisfeitos.


O Paradoxo de Fermi e as pandemias

Em uma descontraída conversa entre amigos, o físico italiano Enrico Fermi (1901-1954) perguntou “Onde está todo mundo?” ao analisarem uma caricatura de revista que retratava alienígenas, em seus discos voadores, roubando o lixo de Nova Iorque.


Novo salário mínimo em 2022 e o impacto para os trabalhadores autônomos

O valor do salário mínimo em 2022 será de R$ 1.212,00.


2021 – A ironia de mais um ano que ficará marcado na história

Existe um elemento no ano de 2021 que imputou e promoveu uma verdadeira aposta de cancelamentos e desejos para que ele seja mais um ano apagado da memória de milhares de pessoas: A pandemia, que promoveu o desaparecimento definitivo de milhares de pessoas.


Negócios do futuro: por que investir em empreendedorismo no setor financeiro

Você sabia que 60% dos jovens de até 30 anos sonham em empreender?


A importância de formar talentos

Um dos maiores desafios das empresas tem sido encontrar talentos com habilidades desenvolvidas e preparados para contribuir com a estratégia da empresa.


Sustentabilidade em ‘data center’: setor se molda para atender a novas necessidades

Mesmo que a sustentabilidade ainda seja um tema relativamente novo no segmento de data center, ele tem se tornado cada vez mais necessário para as empresas que querem agregar valor ao seu negócio.


Tendência de restruturações financeiras e recuperações judiciais para o próximo ano

A expectativa para o próximo ano é de aumento grande no número de recuperações judiciais e restruturações financeiras, comparativamente, aos anos de 2021 e 2020.