Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Economia de água acessível a qualquer setor

Economia de água acessível a qualquer setor

18/03/2017 Antonio Luis Francisco

Todos os setores precisam racionalizar o consumo de água, principalmente o agropecuário.

Que a água é essencial para a vida humana não é segredo, mas, cada vez mais, são enormes os desafios para a preservação de um bem tão indispensável e finito como esse.

As necessidades nas mais variadas áreas humanas e naturais são um contraponto às influências climáticas, ao alto índice de desperdício e à poluição, que reduzem as fontes de recursos hídricos potáveis e utilizáveis no dia a dia das pessoas, na indústria, agricultura ou pecuária.

O Dia Mundial da Água, comemorado em 22 de março, traz à tona diferentes aspectos relativos ao tema, mas todos contarão com um ponto em comum: a possibilidade de consumo racional, consciente e econômico. Isto é, sem desperdícios.

A pecuária, juntamente com a agricultura, está entre os setores que mais consomem recursos hídricos – cerca de 70% -, tanto na geração de alimentos para os animais e abastecimento dos rebanhos como no processamento da carne.

No entanto, há formas de garantir a redução da quantidade de água utilizada. Modernas técnicas de manejo aliadas à tecnologia podem trazer benefícios reais ao produtor, ao meio ambiente e à população que consome os alimentos. Um exemplo prático é a utilização de lavadoras de alta pressão, recomendadas na limpeza das áreas de criação, manipulação e estocagem de carne e alimentos em geral.

O mercado disponibiliza modelos com água fria ou quente, que proporcionam uma desinfecção mais profunda e rápida, uma vez que todo o cuidado é pouco para que não haja propagação de micro-organismos que possam provocar problemas de saúde nas pessoas.

Pisos, ralos, paredes, corredores, baias, silos, móveis, divisórias, estruturas metálicas e utensílios, utilizados em criadouros, creche, comedouros, bebedouros, sala de ordenha, abatedouros, bebedouros; áreas de manipulação e estocagem de matéria-prima e de alimentos; e equipamentos e veículos usados da colheita ao transporte podem ser limpos com essas máquinas que, graças aos jatos de elevada pressão, podem economizar até 80% de água em comparação a uma torneira comum, reduzindo o esforço físico e aumentando a qualidade final do trabalho.

Cada etapa da cadeia produtiva agropecuária tem um peso significativo no consumo de água. Pode-se tomar como base dados da produção nacional de carne suína, superior a 3,6 milhões de toneladas ao ano, e de frango, mais de 13 milhões de toneladas anuais.

Desta forma, qualquer iniciativa que contribua para a economia de recursos hídricos é válida. Os esforços devem ser conjuntos, em todos os setores e etapas produtivas. É certo que a conscientização de pecuaristas, agricultores e das pessoas tem aumentado.

O país dispõe de tecnologia acessível e eficiente para a otimização das atividades de limpeza e higienização e o uso de equipamentos apropriados já é disseminado em diversas esferas, havendo a possibilidade de ampliar ainda mais esse uso. As sequentes crises hídricas registradas no Brasil e que não se limitam à região Nordeste indicam que algo deve ser feito para evitar o colapso dos recursos naturais, antes que seja tarde.

* Antonio Luis Francisco (PJ) é Diretor Geral da JactoClean – empresa do Grupo Jacto, referência nacional em equipamentos para serviços de limpeza.



Aos mestres, com carinho, nossa gratidão!

“Vivemos um tempo atípico” e “Precisamos nos reinventar” são algumas das frases mais pronunciadas nesses últimos meses.


Como a crise ajudou na popularização do Bitcoin?

Com a notícia da pandemia do coronavírus todo o mercado de investimentos tradicional e digital foi impactado com a notícia.


O receio de opinar

Antes de me aposentar, prestei serviço em empresa, que possuía e possui, milhares de trabalhadores.


Uso consciente do crédito pode ajudar a girar o motor da economia

Muita gente torce o nariz quando o assunto é tomar empréstimo, pois quem precisa de crédito pode acabar não conseguindo honrar essa dívida, tornando esse saldo devedor uma bola de neve.


Voltar primeiro com os mais velhos: mais autonomia e continência

Nunca pensei que chegaria esse dia, mas chegou! Um consenso global sobre o valor da escola para as sociedades, independentemente do seu PIB.


Adolescentes, autoestima, família: como agir, o que pensar?

A adolescência é um tempo intenso, tanto pelo desenvolvimento físico, quanto neurológico, hormonal, social, afetivo e profissional.


Digital: um tema para o amanhã que se tornou uma demanda para ontem

Durante muito tempo, a Transformação Digital foi considerada uma prioridade para o futuro dos negócios.


Compliance como aliado na estratégia ESG das organizações

A temática que atende aos princípios ambientais, sociais e de governança, ou seja, o ESG (Environmental, Social and Governance), está em forte evidência.


A humanização da tecnologia no secretariado remoto

A tecnologia deu vida a inúmeras oportunidades de negócios, como o trabalho à distância.


Bolsa vs Startups. Porque não os dois?

Vivemos um momento de grandes inovações e com os investimentos não é diferente.


Os pecados capitais da liderança

“Manda quem pode, obedece quem tem juízo.”


“Pensar Global, Agir local”: O poder do consumo consciente

A expressão “Pensar Global e Agir local” já é lema em muitas esferas de discussões políticas, econômicas, sobre sustentabilidade e solidariedade.