Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Está pensando em recolocação profissional?

Está pensando em recolocação profissional?

16/12/2014 Eduardo Ferraz

Como em todos os anos, é chegada a época de fazer o balanço das finanças, das metas e, sobretudo, da vida profissional. Será que tudo o que você planejava para a sua carreira aconteceu? Será que não é o momento de recarregar as baterias e pensar em uma recolocação?

Nesta época vai mesmo dando aquela ressaca, aquele cansaço. Se a pessoa está em um lugar bom, ela aguenta o cansaço, sai de férias e volta com a pilha nova. Mas, se está esgotada, em uma situação ruim, é comum que ela comece a pensar seriamente em procurar outro emprego. Sinais como alto nível de insatisfação, poucas oportunidades de mudança, poucas chances de crescimento a longo prazo e chefe medíocre, indicam que realmente está na hora de mudar.

O perigo está em agir em por impulso. É muito comum, especialmente no final do ano, as pessoas estarem cansadas, estressadas. Mesmo sendo uma empresa boa e o trabalho adequado, não significa que existirá pouca pressão. Por isso, é muito importante aproveitar os dias de folga para refletir bastante antes de decidir. Na prática as pessoas trocam de emprego sem pensar e acabam pulando de galho em galho e queimando o currículo. Entre outras dicas, o consultor defende que sempre é tempo de recomeçar, não há nada de errado nisso, mas é necessário prudência.

É preciso estudar uma nova opção por, no mínimo, três meses antes de tomar a decisão de mudar algo drástico na carreira. Além disso, prepare seu currículo e procure bem as opções existentes no mercado. Analise se realmente vale a pena mudar e verifique bem os benefícios da nova oportunidade, o tempo que ficará no trânsito, se há chances de crescer, de aprender. Não devemos olhar apenas o lado financeiro, precisamos levar em conta, quatro questões: a primeira delas é sim o dinheiro, em seguida a segurança e estabilidade, a terceira é a quantidade de aprendizado, seja ele formal ou informal, e a última questão são as chances de ser promovido.

Pese essas quatro coisas, se três delas são favoráveis, mude. É importante destacar ainda que os profissionais são mais valorizados quando estão empregados, por isso pense bem se é melhor pedir as contas antes de arrumar um novo emprego ou esperar conquistá-lo para então pedir demissão. O passe de um candidato desvaloriza de 30% a 40% quando está desempregado.

* Eduardo Ferraz é consultor em Gestão de Pessoas há 25 anos e especialista em treinamentos usando como base a Neurociência comportamental.



Administração estratégica: desafios para o sucesso em seu escritório jurídico

Nos últimos 20 anos o mercado jurídico mudou significativamente.


Qual o melhor negócio: investir em ações ou abrir a própria empresa?

Ser um empresário ou empresária de sucesso é o sonho de muitas pessoas.


Intercooperação: qual sua importância no pós- pandemia?

Nos últimos dois anos, o mundo enfrentou a maior crise sanitária dos últimos 100 anos.


STF e a Espada de Dâmocles

O Poder Judiciário, o Ministério Público e a Polícia Investigativa são responsáveis pela persecução penal.


Lista tríplice, risco ao pacto federativo

Desde o tempo de Brasil-Colônia, a lista tríplice tem sido o instrumento para a nomeação de promotores e procuradores do Ministério Público.


ESG: prioridade da indústria e um mar de oportunidades

Uma pesquisa divulgada recentemente pelo IBM Institute for Business Value mostra que a sustentabilidade tem ocupado um lugar diferenciado no ranking de prioridades de CEOs pelo mundo se comparado a levantamentos anteriores.


Como conciliar negócios e família?

“O segredo para vencer todas as metas e propostas é colocar a família em primeiro lugar.”, diz a co-fundadora da Minucci RP, Vivienne Ikeda.


O limite do assédio moral e suas consequências

De maneira geral, relacionamento interpessoal sempre foi um grande desafio para o mundo corporativo, sobretudo no que tange aos valores éticos e morais, uma vez que cada indivíduo traz consigo bagagens baseadas nas próprias experiências, emoções e no repertório cultural particular.


TSE, STF e a censura prévia

Sabe-se que a liberdade de expressão é um dos mais fortes pilares da democracia.


Sociedade civil e a defesa da democracia

As últimas aparições e discursos do presidente da República vêm provocando uma nova onda de empresários, instituições e figuras públicas em defesa da democracia e do sistema eleitoral no Brasil.


Para além do juramento de Hipócrates: a ética na prática médica

“Passarei a minha vida e praticarei a minha arte pura e santamente. Em quantas casas entrar, fá-lo-ei só para a utilidade dos doentes, abstendo-me de todo o mal voluntário e de toda voluntária maleficência e de qualquer outra ação corruptora, tanto em relação a mulheres quanto a jovens.” (Juramento de Hipócrates).


O sentido da educação

A educação requer uma formação pessoal, capaz de fazer cada ser humano estar aberto à vida, procurando compreender o seu significado, especialmente na relação com o próximo.